Studio Ghibli na Netflix – 6 filmes para conhecer bem o estúdio

0

Pela primeira vez na história, (quase) todos os filmes dos Estúdios Ghibli estão disponíveis em um só lugar para o público brasileiro aproveitar. E esse lugar é a Netflix. Já há alguns meses, o serviço de streaming anunciou que começaria a incluir as animações do renomado estúdio japonês na plataforma e, em abril, quase todos os filmes já estão disponíveis.

O que é uma notícia maravilhosa para os fãs de longa data do estúdio pode acabar sendo um pouco confuso para quem ainda não conhece o trabalho do estúdio japonês. Com mais de 20 títulos na Netflix, é bastante coisa e suficiente para não saber por onde começar.

Por sorte, a verdade é que não existe resposta errada, principalmente considerando que Túmulo dos Vagalumes (Que é um excelente filme, não me entenda mal, mas é triste demais) não está disponível na Netfix. Mas é possível que existam respostas melhores.

Por isso, nessa lista, queremos apresentar pra vocês 6 filmes do Estúdio Ghibli disponíveis na Netflix para que você conheça diversas facetas do trabalho desses incríveis produtores. Vamos nessa!

Nota: As sinopses em itálico são traduzidas e adaptadas a partir dos textos contidos na página principal de cada anime no portal MyAnimeList.

Confira esses incríveis filmes do Estúdio Ghibli disponíveis na Netflix:

Conheça os clássicos dirigidos por Hayao Miyakazi e suas heroínas super carismáticas

Nausicaä do Vale do Vento

nausicaa ghibli netflix

Um milêncio se passou desde a catastrófica guerra nuclear chamada de “Sete Dias de Fogo”, que destruiu praticamente toda a vida na Terra. A humanidade vive agora em uma luta constante contra a traiçoeira selva que evoluiu em resposta à destruição causada pela humanidade. Repleta de esporos venenosos e insetos enormes, a selva se espalha rapidamente ao redor da terra e ameaça devorar o restante da raça humana.

Distante da selva, existe um pacífico reino agrícola conhecido como o “Vale do Vento”, cuja posição ao lado do mar deixa-o seguro do espalhamento das toxinas mortais da selva. A carismática jovem princesa do vale, Nausicaä, vê seu tranquilo reino ser perturbado quando uma aeronave do reino de Tolmekia se choca violentamente no Vale.

Quando Nausicä e os cidadãos do vale encontram um objeto pulsante sinistro nos escombros, o Vale é repentinamente invadido pelo exército Tolmekiano, que pretende reviver uma perigosa arma dos Sete Dias de Fogo. Agora Nausicä precisa lutar para evitar que os Tolmekianos joguem o mundo em um cataclisma do qual a humanidade jamais sobreviveria, enquanto protege o Vale das forças perigosas da selva tóxica.

Apesar de esse filme, oficialmente, ter sido lançado antes mesmo da fundação do Estúdio Ghibli, é o lugar certo para começar porque marca o início da história do estúdio de animação. O sucesso de Nausicaä foi o que levou a fundação do estúdio em 1985 e ainda bem que o filme está na Netflix porque, além de ser o primeiro filme, marca um estilo muito característico do que viriam a ser os sucessos de Hayao Miyazaki.

O filme é centrado em dois dos temas preferidos de Miyazaki, a relação do homem com a natureza e o conflito entre guerras e paz. A personagem principal, Nausicaä, é uma jovem e habilidosa princesa que mostra bem outra característica por qual Miyazaki é bem conhecido, suas fortes e simpáticas heroínas.

A Viagem de Chihiro

30 antes dos 30: Sen to Chihiro no Kamikakushi | Filmes studio ...

Teimosa, mimada e ingênuo, a garota de 10 anos Chihiro Ogino não está contente quando seus pais descobrem um parque de diversões abandonado no caminho para sua nova casa. Ao entrar cuidadosamente, ela percebe que há mais nesse lugar do que parece, a medida que coisas estranhas começam a acontecer quando a noite cai.

Aparições fantasmagóricas e comida que transforma seus pais em porcos são apenas o começo – Chihiro entrou sem perceber no mundo dos espíritos. Agora presa, ela deve invocar a coragem para viver e trabalhar entre os espíritos, com a ajuda do enigmático Haku e um elenco de personagens únicos que ela encontra no caminho.

Vívido e intrigante, A Viagem de Chihiro conta a história de Chihiro em um mundo nada familiar em que ela luta para salvar seus pais e voltar para casa.

Um clássico da Ghibli e provavelmente um de seus filmes de maior sucesso no Brasil, A Viagem de Chihiro é obrigatória para quem quer conhecer melhor o estúdio e o trabalho de Hayao Miyazaki.

Explorando temas como o amadurecimento e se apropriando de forma incrível de elementos da cultura japonesa para criar um fascinante mundo de fantasia, esse filme é outro grande marco na história do estúdio e, embora seja muito difícil escolher os filmes para essa lista entre os disponíveis na Netflix, não dava para não incluir esse.

Conheça as outras vozes do Estúdio Ghibli

Memórias de Ontem

GKIDS Picks Up Studio Ghibli's 'Only Yesterday' | Animation World ...

Taeko Okajima é uma mulher independente de 27 anos de idade que passou toda sua vida em Tóquio. Procurando descansar da correria da cidade grande, ela decide visitar sua família no interior para ajudá-los com a colheita.

No trem até lá, Taeko recorda vividamente suas memórias na escola nas fases iniciais da puberdade, como se ela estivesse em uma viagem junto com ela mesma na infância. Um jovem fazendeiro chamado Toshio a recebe na estação e eles desenvolvem uma amizade rapidamente. Durante a sua estadia, Taeko forma fortes laços com a família e amigos, aprendendo sobre os contrastes entre a vida urbana e a rural, além das dificuldades e alegrias da fazenda.

Nostálgico e agridoce, Omoide Poroporo mostra a viagem de Taeko como uma mulher adulta se conformando com seus sonhos de infância e comparando-os com a sua vida atual.

No ocidente como um todo, e no Brasil não é exceção, o Estúdio Ghibli é praticamente sinônimo de Hayao Miyazaki. Apesar disso, os filmes dirigidos pelo cofundador do estúdio Isao Takahata também são grandes sucessos e felizmente marcam presença no catálogo da Netflix.

Memórias de Ontem não tem os elementos explícitos de fantasia que estamos acostumados a ver nas produções da Ghibli, mas a maneira como Takahata estiliza a memória e usa a nostalgia para construir uma narrativa é intrigante e tocante ao ponto de ser mágico.

O Conto da Princesa Kaguya

the-tale-of-princess-kaguya.0.0 - Revolution Now

Escondido no campo, um homem chamado Okina trabalha como um cortador de bambu em uma floresta, derrubando as plantas vazias dia após dia. Um dia, ele descobre um pequeno bebê crescendo dentro de uma árvore brilhante. Ele imediatamente a leva pra casa, convencido de que ela é uma princesa enviada para Terra como uma bênção divina dos céus. Okina e sua esposa Ouna criam a criança como se fosse sua filha, cuidando dela a medida que ela se torna uma jovem garota cheia de energia. A ela é dado o nome de Kaguya e ela combina muito bem com a vila que ela aprendeu a chamar de lar, se aventurando com outras crianças e aproveitando o que a vida oferece.

Mas quando Okina encontra uma grande fortuna em ouro e tesouro na floresta, a vida de Kaguya muda completamente. Acreditando que esse é mais um presente dos céus, ele tenta transformar a sua filha em uma verdadeira princesa usando a fortuna que ele acabou de obter, realocando a família em uma mansão na capital. Quando ela deixa seus amigos para trás para entrar em uma vida indesejada de realeza, as origens e o propósito de Kaguya se tornam mais claros aos poucos.

O último filme de Takahata é uma adaptação baseada um conto folclórico japonês que explora temas como amadurecimento e os aspectos indesejados da nobreza.

Animado de uma maneira única e com uma direção de arte linda, O Conto da Princesa Kaguya é um filme essencial para qualquer um que queira conhecer o Estúdio Ghibli, especialmente se você quiser ir além do óbvio.

Conheça também o trabalho de Goro Miyazaki, o “herdeiro” de Hayao.

Contos de Terramar

Contos de Terramar (2006) - Miguel Serpa - Medium

Algo bizarro está acontecendo na terra. O reino está se deteriorando. As pessoas estão agindo estranho… e o que é mais estranho é que as pessoas estão começando a ver dragões, que não deveriam entrar no mundo dos humanos. Devido a esses eventos bizarros, Ged, um mago errante, está investigando a causa.

Em sua jornada, ele conhece o Príncipe Arren, um jovem e despreocupado garoto. Embora Arren possa parecer um jovem tímido, ele tem um lado negro profundo, que lhe concede força, ódio, impiedade e não tem misericórdia, especialmente quando se trata de proteger Tehanu. Para a bruxa Kumo essa é a oportunidade perfeita. Ela pode usar os “medos” do garoto contra aquele que poderia ajudá-lo, Ged.

Contos de Terramar é a estreia na direção de Goro Miyazaki, o filho de Hayao, e talvez seja um dos filmes mais controversos do Estúdio Ghibli. Embora não tenha sido recebido com unanimidade pelo público e crítica, é certamente interessante para conhecer os trabalhos mais recentes do estúdio e possui uma direção visual belíssima.

Contos de Terramar é adaptado a partir de um livro de mesmo nome, mas assim como a maior parte das adaptações da Ghibli, diverge bastante da história original.

Da Colina Kokuriko

Amazon.com: Watch From Up on Poppy Hill (Japanese Language ...

Sobre uma colina com vista para um porto marítimo, há uma pensão chamada Mansão Kokuriko. Já que a instalação é administrada por sua família, Umi Matsuzaki desempenha vários papeis necessários para gerenciar o estabelecimento, como preparar refeições para os pensionistas. Quando ela não está em casa, ela estuda em uma escola de ensino médio local, uma que está passando por uma pequena crise.

Em preparação para os Jogos Olímpicos, uma amada casa de festas antigas será demolida para dar espaço para um prédio moderno. Por isso, uma grande parte do corpo estudantil se juntou, trabalhando junto sem descansar para prevenir que isso aconteça. Umi acaba ajudando o clube de jornalismo a espalhar informação sobre essa causa quando ela acaba criando amizade com Shun Kazama, com quem ela acaba se apaixonado. Mas Shun é um órfão que não sabe muito sobre suas origens e quando os dois começam a buscar por pistas do passado do rapaz, eles descobrem que tem muito mais em comum do que pensavam.

O segundo filme de Goro Miyazaki tem temas bem diferentes do primeiro e é bem mais realista e com menos elementos fantasiosos, mas, na minha opinião, já apresenta uma grande melhora em relação a seu primeiro trabalho.

Esse é um dos filmes mais recentes do estúdio, relativamente falando, embora Hayao tenha voltado da aposentadoria (umas duas vezes) e deixado mais algumas contribuições desde então. Vale a pena conferir.

Fique ligado no 1 Real a Hora para saber mais sobre o Estúdio Ghibli e a Netflix!

Construção de parque temático do Studio Ghibli começará em breve

Obrigado por chegarem até aqui! Como falamos anteriormente, praticamente todos os filmes da Ghibli estão disponíveis na Netflix e essa lista pode não representar necessariamente os melhores filmes, mas aqueles que consideramos essenciais para ter uma boa noção do trabalho do estúdio.

Dentre todos os filmes da Ghibli na Netflix, não tem realmente nenhuma ordem “errada” para assisti-lo, então se algum dos filmes recomendados pelo serviço te interessaram enquanto procurava por eles, vá em frente e assista! Mesmo sem saber qual é, garanto que você não vai se arrepender

Fizemos o possível para trazer uma boa visão geral sobre a história e evolução do Estúdio Ghibli e esperamos que a lista te ajude a conhece-lo melhor.

Para mais novidades a respeito dos Estúdios Ghibli e da Netflix, fique ligado em nosso site e redes sociais.