• Início
  • Cine
  • Filmes
  • Top 5 melhores filmes de super-heróis que não foram adaptados dos quadrinhos
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.
| Rodrigo Feitosa | , | Deixe um comentário

Top 5 melhores filmes de super-heróis que não foram adaptados dos quadrinhos

Atualmente, falar que os filmes de super-heróis fazem muito sucesso chega a ser bem desnecessário, principalmente se fomos considerar as estrondosas arrecadações na bilheteria que Vingadores Ultimato e Coringa tiveram durante o ano passado (2019).

Advertisement

Contudo, apesar do gênero já ter se estabelecido, existem muitas pérolas boas nesse estilo que valem a pena serem (re) lembradas. Principalmente aquelas que, diferente da maioria dos outros filmes de super-heróis já feitos, não foram adaptados de histórias em quadrinhos.

PS: Apesar de se tratar de um “Top 5”, a lista abaixo está ordenada de forma aleatória, não de qualidade ou lançamento.

Poder Sem Limites (2012)

Sinopse: Após ingerir uma substância misteriosa, três amigos: Andrew (Dane Dehaan), Matt (Alex Russell) e Steve (Michael B. Jordan) são surpreendidos ao ganhar superpoderes. De início eles os usam para brincar com conhecidos, mas aos poucos ganham a sensação de impunidade e passam a realizar feitos maiores. Sentindo-se invulneráveis, eles ultrapassam qualquer limite quando uma pessoa é morta.

Comentários: O filme é filmado na perspectiva da câmera do personagem Andrew, deixando assim com um estilo de filmagem em primeira pessoa da mesma forma que outros filmes como Cloverfield (2008) e Project X (2012) também fizeram.

Ele mostra bem como seria na vida real se jovens conseguissem ganhar poderes, mostrando que eles não ligariam para melhorar o mundo, mas sim pra conseguirem coisas que os beneficiassem.

O filme acerta ao colocar três personagens adolescentes ganhando poderes e os usando de forma irresponsável, assim ele acabou cumprindo bem o papel de apresentar a mensagem dele que é mostrar o fato de que com grandes poderes também temos grandes responsabilidades.

super-heróis

Super-Herói: O Filme (2008)

Sinopse: Após ser picado por uma libélula geneticamente alterada, Rick Riker (Drake Bell) tem sua vida alterada para sempre. Ele ganha superpoderes e passa a usá-los para combater o mal, sob a alcunha do Homem-Libélula.

Entretanto Rick enfrenta um problema: sempre que tenta salvar alguém acaba matando-o acidentalmente. Apesar disto ele precisa enfrentar o Ampulheta, um vilão que deseja roubar a fonte de vida das pessoas para alcançar a imortalidade.

Comentários: O filme é um clássico da comédia dos anos 2000, no qual faz uma paródia besteirol e non sense (no melhor estilo “Todo Mundo em Pânico”) dos filmes de super-heróis que foram lançados na época, em especial a trilogia do Homem-Aranha do Sam Raimi.

super-heróis

Hancock (2008)

Sinopse: Hancock (Will Smith) é um super-herói que perdeu a popularidade que tinha, devido às suas tentativas de resgate pouco convencionais. Após salvar Ray Embrey (Jason Bateman), um agente de relações públicas, ele se oferece para ajudá-lo a melhorar sua imagem.A idéia não é bem aceita por Mary (Charlize Theron), a esposa de Ray, que mostra ao marido que Hancock teve uma ordem de prisão contra si lançada.

Ray então sugere que Hancock se entregue, mesmo podendo escapar da prisão na hora que quisesse, para dar o exemplo e iniciar a mudança de sua imagem junto ao público. Ray acredita que, com Hancock preso, a criminalidade irá disparar e, com isso, a população chamará de volta seu herói.

Comentários: Um filme que acabou tendo bastante sucesso na época do seu lançamento, mas que depois ficou bastante esquecido durante o tempo. Ele consegue equilibrar a comédia com um drama sério, principalmente por conseguir fazer algumas críticas acidas a questões da mídia e até do gênero super-herói.

super-heróis

Os Incríveis (2004)

Sinopse: Roberto Pêra (Craig T. Nelson) já foi o maior herói do planeta, salvando vidas e combatendo o mal todos os dias sob o codinome Sr. Incrível. Porém, após salvar um homem de se suicidar, ele é processado e condenado na Justiça. Uma série de processos seguintes faz com que o Governo tenha que desembolsar uma alta quantia para pagar as indenizações, o que faz com que a opinião pública se volte contra os super-heróis.

Em reconhecimento aos serviços prestados, o Governo faz a eles uma oferta: que levem suas vidas como pessoas normais, sem demonstrar que possuem superpoderes, recebendo em troca uma pensão anual.

Quinze anos depois, Roberto leva uma vida pacata ao lado de sua esposa Helen (Holly Hunter), que foi a super-heroína Mulher-Elástica, e seus três filhos. Roberto agora trabalha em uma seguradora e luta para combater o tédio da vida de casado e o peso extra. Com vontade de retomar a vida de herói, ele tem a grande chance quando surge um comunicado misterioso, que o convida para uma missão secreta em uma ilha remota.

Comentários: Um dos maiores clássicos da Pixar, Os Incríveis conseguiu fazer sucesso em uma época que filmes do gênero de super-herói não eram tão comum assim.

O filme consegue acertar bastante em mostrar a relação familiar dos personagens principais, trazendo uma enorme verosimilhança com as relações familiares da realidade, com o adendo do fato de que deles têm poderes, que faz com que acabe ficando bastante engraçado.

Com um feeling parecido com o do Quarteto Fantástico, mas que ao contrário do grupo da Marvel, ele conseguiu obter êxito na qualidade dos seus filmes.

super-heróis

Power (2020)

Sinopse: Em Power, a notícia de que uma nova pílula capaz de liberar superpotências para cada um que a experimentar começa a se espalhar nas ruas de Nova Orleans. Poderes como pele à prova de balas, super força e invisibilidade apareceram em usuários, porém, é impossível saber o vai realmente acontecer até tomá-la.

Mas tudo muda quando a pílula acaba aumentando o crime na cidade, fazendo com que o policial local (Joseph Gordon-Levitt) se una a um traficante adolescente (Dominique Fishback) e um ex-soldado com sede de vingança (Jamie Foxx) para combater o poder com poder, chegando na origem da pílula.

Comentários: O mais novo da lista, seu lançamento aconteceu neste ano pela Netflix. Com uma trama interessante e criativa, na qual consegue misturar bem uma história com elementos de história de super-heróis – sem precisamente declarar diretamente que é uma – com uma trama criminal.

A produção se destaca bastante pela ótima atuação da jovem atriz Dominique Fishback e também pelos seus ótimos efeitos visuais.

super-heróis

Para acompanhar mais notícias e conteúdos relacionados ao mundo do super-heróis, siga o 1 Real a Hora no Facebook, Twitter e Instagram.

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud