Resenha | Star Wars: Estrelas Perdidas

| Bruna Dorneles |

Escrito por Claudia Gray, Estrelas Perdidas é certamente um favorito dos fãs dentre os livros do novo cânone. Elogiada por fãs e críticos, a história revolve em torno de Thane Kyrell e Ciena Ree, acompanhando-os desde sua infância em Jelucan o planeta isolado da Orla Exterior onde nasceram e cresceram, até pouco depois dos eventos da batalha de Jakku. Na cronologia oficial isso se começa oito anos depois dos eventos do Episódio III (11 BBY) e termina 1 ano após os eventos do Episódio VI (5 ABY).

Se você é novo ao universo literário de Star Wars e tem pouco ou nenhum conhecimento dos materiais de Star Wars além dos filmes, esse pode ser o livro ideal pra você começar a ler. A história em si não envolve personagens ou situações que só apareceram em outros materiais como as séries animadas ou outros livros. Tudo que você precisa pra melhor aproveitar Estrelas Perdidas está nos filmes originais.

Logo no início da história Thane e Ciena são unidos pela mútua paixão por voar. Juntos os dois se alistam para a Academia Imperial onde suas respectivas crenças e valores os fazem terem perspectivas completamente diferentes sobre o governo galáctico. O livro tem como foco a relação dois, no que sentem um pelo outro e o que acontece com eles quando se vêem em lados opostos da guerra. Não só um romance bem escrito com personagens muito bem desenvolvidos, a história também é um presente pros fãs de Star Wars, oferecendo perspectivas diferentes para os grandes eventos da Trilogia Original.

Anuncio Publicitário

Já se perguntaram como a destruição de Alderaan ou da Estrela da Morte impactou os oficiais imperiais? Ou o que sequer faz alguém continuar a trabalhar para o Império? São todas questões abordadas no livro de modo com que mesmo sabendo o que vai acontecer em determinados momentos, por já conhecer os filmes, ainda nos surpreendemos com o contexto e com as reações muito humanas que esses personagens tem. Traçando mesmo fortes paralelos entre os eventos ficcionais com eventos históricos na vida real.

Na nossa resenha anterior sobre o livro Lordes dos Sith (que você pode encontrar aqui) mencionamos a recorrência nas obras do novo cânone de uma nova visão sobre a rebelião, mostrando-a como um movimento ainda que nobre, imperfeito. A nova narrativa sobre o movimento está presente mesmo em filmes como Rogue One, no qual Cassian, um piloto da Rebelião, mata se for preciso para cumprir às ordens de seus líderes e é mesmo questionado por Jyn sobre isso, que o pergunta a diferença entre fazer isso e seguir o Império. Similarmente em Rebels, vemos Ezra questionar o Saw Guerrerra da mesma forma pelas suas ‘táticas extemistas’. Estrelas Perdidas não é diferente, mas por ter fortes comparações entre o Império e a Rebelião o livro nos propõe a resposta à essa questão ilustrando não só as semelhanças mas principalmente as diferenças entre os dois e finalmente respondendo o que distingue a rebelião dos próprios imperiais.

O livro nos faz questionar tudo que já tínhamos como certo e ao mesmo tempo nos apaixonar pelos novos personagens em meio ao caos galáctico. Por conter uma parte que se passa depois do final dos eventos da Trilogia Original de Star Wars, Estrelas Perdidas faz parte dos livros de “Jornada para O Despertar da Força” pois ainda que pequena a parte que referencia os novos filmes, ela nos trás um pouquinho de informação sobre a batalha de Jakku e nos dá uma pequena peça do quebra-cabeças para entender o surgimento da temida Primeira Ordem.

Anuncio Publicitário

Pra quem já leu o livro e tem muitas perguntas, uma boa notícia: A autora Claudia Gray já informou em entrevistas que já foi abordada pela Lucasfilm com um projeto para fazer uma sequência de Estrelas Perdidas. Vamos torcer para que seja em breve para que todas as nossas dúvidas sejam finalmente respondidas.

Espero que todos vocês se divirtam com a leitura e que A Força esteja com vocês.

Anuncio Publicitário

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud