• Início
  • Artigos
  • O Apelo da Nostalgia – Como Devil May Cry 5 se tornou tão popular antes mesmo de seu lançamento.
Anuncio Publicitário

O Apelo da Nostalgia – Como Devil May Cry 5 se tornou tão popular antes mesmo de seu lançamento.

| Marcus Vinicius | ,
Anuncio Publicitário

A Capcom, empresa responsável por franquias que marcaram a infância de muitos, como por exemplo Megaman e Onimusha, até há pouco tempo atrás não era vista com bons olhos pelos seus fãs, mais precisamente os fãs de uma de suas franquias – a Devil May Cry. Isso começou com o lançamento do quarto game da franquia, que apesar de trazer um personagem novo, novas mecânicas de gameplay e uma história mais apelativa, também foi lançado de forma incompleta e teve seu desenvolvimento apressado, o que o deixou com maus olhos perante seu público. Para piorar, a empresa lançou alguns anos depois um Reboot, desenvolvido pela Ninja Theory e distribuído por ela e a reação dos fãs não foi das melhores.

DmC: Devil May Cry, lançado em 2013, mostrou os personagens principais desconstruídos em sua essência e também teve sua história modificada. Dante agora era um punk inglês metade anjo e metade demônio ( em contraparte ao híbrido de demônio e humano da franquia inicial ) e seu irmão gêmeo, de igual origem, era um anarquista que “hackeava” canais de televisão para espalhar sua mensagem ocultista. O roteiro era fraco, a motivação dos personagens era mal desenvolvida e o gameplay havia sido simplificado ao extremo em comparação aos jogos anteriores, e muitas falhas se tornavam vergonhosamente visíveis conforme o jogador progredia. O jogo foi um sucesso de críticas porém um fracasso entre os jogadores, e a Capcom passou anos sem mencionar uma continuação para ele ou qualquer plano em relação à franquia.

Tudo isso mudou em Junho desse ano, durante a E3, onde foi anunciado Devil May Cry 5, o mais novo jogo em desenvolvimento da empresa. À primeira vista, já pode se notar porque os fãs receberam tão bem tudo que foi anunciado até agora ( até mesmo as microtransações ); o antigo Dante está de volta e como personagem jogável, suas antigas Devil Arms retornaram e novas foram adicionadas, mesclando o sentimento de nostalgia e a ansiedade da expectativa. Uma das novas personagens, Nico, é extremamente carismática logo de cara e até mesmo Crew Cut, um soldado que parece ser apenas um personagem secundário, ganhou destaque entre a fanbase. Nero, protagonista de DMC 4, é também o protagonista deste título mas teve seu visual e personalidade alterados, se tornou mais bem humorado e faz até piadas durante as lutas, lembrando muito o amante de pizza que aprendemos a amar. V, o novo personagem que apareceu completamente durante o último trailer também deu o que falar, com sua origem misteriosa e nome fora do comum, ajuda a construir toda a expectativa que está sendo colocada neste jogo. A trilha sonora também está magnífica, com pouquíssimas exceções ( do que foi revelado até agora ) e a mecânica de jogo que define o quanto da música é ouvida com base na habilidade do jogador deixou muitos surpresos.

Anuncio Publicitário

Em resumo, Devil May Cry 5, até agora, mostrou tudo que os fãs desejavam ver e foi além, este pode ser o projeto mais ambicioso da franquia e sua popularidade tem explodido cada vez mais desde que foi anunciado. Só o tempo dirá como o jogo completo será, mas estamos com expectativas positivas em relação a ele.

Ultimas Notícias

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud