| Tiago Amorim |

Mulher Maravilha é feminista, supere.

Estamos vivendo uma época onde qualquer tipo de movimento social é usado para representar partidos políticos, isso é no mínimo vergonhoso e estúpido. Lá em 1941, quando ela teve sua primeira aparição em quadrinhos, ainda seria aceitável ver certos comentários sobre a personagem, mas estamos em 2016 e muitos ainda vivem com a visão de que se a Mulher Maravilha for feminista, ela é comunista, partidária e por aí vai.

Advertisement

A nossa Princesa Diana foi criada para ser um ícone do feminismo. Imaginem uma sociedade inteiramente patriarcal e machista onde a mulher é dona de casa, foi nessa realidade que a Mulher Maravilha foi lançada e isso quebrou toda a imagem de que toda mulher é dependente do marido ou necessariamente dona de casa.

Muitos fãs preferem fechar os olhos e até mesmo tapam os ouvidos quando alguém fala sobre Mulher Maravilha e Feminismo, isso com certeza se dá ao fato de que para eles ela ainda é apenas uma mulher que vive na cola do Batman e do Superman.

Ela está tomando conta dos quadrinhos e dos filmes, com o seu filme solo para ser lançado em 2017 ela está sendo vista como um marco para o cinema de quadrinhos atuais, pois diferente de sua concorrente a DC Comics não teve medo algum em lançar um filme solo de uma personagem feminina.

Se mesmo assim você ainda não acha que ela é importante para o empoderamento feminino, vou deixar algumas “respostas” aqui.

O repórter Jill Lepore já deu a seguinte declaração:

“Mulher Maravilha foi concebida pelo Dr. Marston para criar um padrão entre as crianças e jovens de uma feminilidade forte, livre e corajosa; para combater a ideia de que as mulheres são inferiores aos homens, e para inspirar as meninas a terem auto-confiança e a se realizarem no esporte e nas ocupações e profissões monopolizadas por homens’, porque ‘a única esperança para a civilização é a maior liberdade, desenvolvimento e igualdade das mulheres em todos campos da atividade humana.”

E se por algum acaso vocês ainda não entenderem ou acharem irrelevante pois é um mero repórter, aqui vai a declaração de William Marston:

“A Mulher-Maravilha é a propaganda psicológica para o novo tipo de mulher que, creio eu, deve governar o mundo”.

A mídia, o criador, a maioria dos fãs e a própria ONU assumem o papel importantíssimo que a Mulher Maravilha tem como símbolo feminista e você ainda vai ficar nessa de que ela é só uma mulher neutra que segue o Batman e o Superman? Espero que não.

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud