Logan | Não seja aquilo que te fizeram

| Tiago Amorim | , , ,

Essa Sexta-Feira de Carnaval, esta pessoa humilde que vos fala passou um santo aperto para chegar a Cabine de Imprensa de Logan. Saí 6h00 da manhã com o ônibus para o Rio de Janeiro, cheguei com 1h de antecedência pra Cabine. O aplicativo de táxi deu erro duas vezes e cheguei no Cinema 10h07. A Sessão era 10h15. Corri que nem um louco pelas escadas rolantes do Shopping, ofegando, suando e torcendo para chegar lá. Consegui chegar. Ofegante, cansado, só querendo me sentar na sessão do cinema e assistir o filme, cumprir meu papel. Nunca pensei que fosse sentir (em uma versão reduzida e bem espalhafatosa) todo o sentimento que Wolverine sente em seu coração e em sua jornada durante o filme. Logan é um filme sobre um homem cansado, dolorido, sofrido e desesperado. E é o melhor filme de heróis e da Franquia X-Men.

logan2-4866298-3177343

Eu preciso, realmente PRECISO, começar esse texto comentando sobre a dinâmica Charles Xavier / Logan, assim como a química entre Hugh Jackman e Patrick Stewart. Pela primeira vez vemos uma ligação mais intimista, realmente conturbada, e um sentimento de amor e cuidado mútuo entre ambos os personagens. Aqui, temos um Charles Xavier excelente, que rouba a cena e nos arranca boas risadas durante esse filme sério e pesado. Ele é a principal válvula de escape do filme tenso e pesado que é Logan. De toda a loucura, problemas e situações absurdas que o trio de personagens principais passam, o Professor Xavier sempre nos ajuda a respirar um pouco durante as situações. Porém, alguns dos momentos mais tocantes do filme, são provocados por ele. E isso que faz o personagem ser tão incrível nesse filme, e a melhor participação em questão de atuação de Patrick Stewart na franquia X-men.

thumbnail_25047-8040521-5956118

Hugh Jackman encarna um Wolverine, cansado, triste, isolado de tudo e tentando sobreviver. E dessa vez é de VERDADE. Temos o Wolverine revoltado da vida de verdade, não o que tínhamos antes nos outros filmes dos X-men. E também temos o Carcaju, desenfreado, finalmente podendo rasgar braços de pessoas e cortar cabeças. Ou como eu apelidei carinhosamente “Fazendo Fruit Ninja de Capanga Otário”. Mas o filme não é só sangue ou dilemas do Wolverine. Ele é um clássico Road Movie como todos nós estávamos esperando. Uma história que vai do ponto A ao Ponto B, mostrando que todos os problemas que Logan enfrenta para salvar Laura, vivida espetacularmente por Dafne Keen, num papel absurdamente violento e sensacional. A X-23 nesse filme é uma das grandes surpresas desse filme e é uma das melhores coisas também. A relação Wolverine e Laura cresce bastante durante o filme e conforme Logan vai finalmente conhecendo a garota, ele vai compreendendo o que se passa com ela e o que se passa com  ele mesmo. O sentimento de igualdade perante aos problemas da garota faz com que Logan se torne também não só um filme de ação, mas um filme sobre relacionamentos, sobre pessoas, sobre como todos nós devemos entender e cuidar uns dos outros, como devemos nos importar. E como até mesmo nosso querido Carcaju também tem sentimentos e sabe que ele tem que cuidar das pessoas. Mas ele é o Wolverine. Como o Wolverine vai encontrar paz e tudo o que ele gosta acaba morrendo? Como finalmente descansar quando se é uma máquina de destruição desenfreada? Essa é uma das questões principais do filme. É até estranho pensar que um filme de herói tenha uma roupagem tão adulta, tão séria, e como esse filme consegue ser tão denso, intimista, e nem precisa de te lembrar que é um filme que tem pessoas com poderes, que é um filme da franquia X-men. Logan é uma jornada emocionante dentro dos problemas que o Wolverine enfrenta e como ele derrota seus demônios. Toda a construção do que ele passa é algo que não vemos em filmes de super heróis atualmente. É algo que se tudo der certo, se tornará um divisor de águas e vai mostrar que filmes desse tipo de franquias podem ser intimistas, sérios, sem precisar de floreios para salvar o mundo, e muitas vezes não precisa salvar o mundo, ele só precisa se salvar. Salvar quem ele ama. Nem todo super ser tem a obrigação de ter uma trama mirabolante, um vilão espalhafatoso com o plano de dominar o mundo. E é isso que Logan nos ensina.

logan-4345838-4502949

A fotografia desse filme, meu deus. Eu poderia ficar o dia inteiro falando sobre como a fotografia desse filme é INCRÍVEL. James Mangold nos entrega um excelente filme, tanto no quesito roteiro e atuação, como em fotografia. Os cenários, as tomadas, a forma que as cenas são entregadas e tudo com muito carinho, com um visual incrível e do jeito que todos nós merecíamos ver no filme. Esse filme não é só uma despedida à Hugh Jackman no papel de Wolverine, é uma carta de amor vinda do ator e do diretor para os fãs do Carcaju. Esse filme simplesmente te abraça, crava as garras no seu coração e te diz “Eu te amo”.  E você agradece com lágrimas nos olhos e diz que está tudo bem, e agradece do fundo do seu coração por aquele filme existir. Por finalmente você conseguir ver um filme do Wolverine aonde você não encontra nenhum defeito, nenhum problema, nada que você diga “Nossa, esse filme do Wolverine hein?” O fantasma dos filmes ruins do Wolverine passou, mas infelizmente. Esse é o último. Nunca mais teremos Hugh Jackman em seu papel de Wolverine, mas isso é o poético nisso tudo. Todas as coisas boas tem um final. E o final da relação entre Logan, Wolverine, James Howlett e Huck Jackman, é lindo. É intenso, é daqueles que você sai com a perna bamba do cinema e com os olhos mareados de tão impressionante que é esse filme. Se despedir do Wolverine nunca foi tão difícil e ao mesmo tempo tão recompensador. Obrigado por tudo, Hugh Jackman. Obrigado James Mangold, por finalmente nos entregar o filme do Wolverine que queríamos e precisávamos. Obrigado por essa obra maravilhosa.

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud

Adblock Detectado

Nosso website necessita exibir anúncios para poder se manter, por favor desabilite o adblock para colaborar com o 1 real a hora