• Início
  • Artigos
  • Lily deveria ter ficado em San Francisco | Desmistificando HIMYM #02
| Tiago Amorim | , ,

Lily deveria ter ficado em San Francisco | Desmistificando HIMYM #02

Vamos lá, já não bastando eu ter criado um certo hate vindo de uma galera do primeiro post sobre How I Met Your Mother, que você pode ler aqui aonde eu começo a falar um pouco sobre a persona do personagem principal da série, que não passa de um cara escroto e chorão (quase o famigerado Esquerdomacho), hoje eu vou comentar sobre uma das piores pessoas (e uma das minhas personagens preferidas de séries) do seriado, Lily Aldrin. E eu não vou só comentar sobre o principal problema da personagem, que quando ela simplesmente cancela seu casamento para sair correndo para San Francisco e depois voltar mais arrependida que qualquer outra coisa. Lily tem um dos principais problemas da série e que permeia nos personagens principais da série. Ela é egoísta e uma péssima pessoa que se mascara graças ao roteiro que nos vende eles como pessoas incríveis que queremos no nosso ciclo de amigos. Mas pelo menos comigo, não é lá muito bem assim, e eu posso falar sobre isso e vou falar agora.

Advertisement
giphy-3934380-5986197

Primeiramente, vamos lá. Durante todo esse tempo que a série acontece, Lily sempre quando pode, tenta diminuir seu namorado e depois marido, Marshall. Sempre que o pobre rapaz, claramente sendo uma pessoa insegura quanto ao seu corpo e sua beleza, tenta dizer que ambos são atraentes ou que ele tinha tanta voz quanto ela no relacionamento, ela sempre trata ele com indiferença, ironia ou sarcasmo. A personagem sempre dá indícios que numa oportunidade, trairia Marshall com Robin, ou até mesmo com Ralph Macchio no episódio em que o ator de Karate Kid aparece para fazer um cameo na série como ele mesmo. E ela claramente não trai pois o roteiro não deixaria e isso criaria um ciclo de ódio entre os fãs da série. Porém, Lily sempre que tem algum contexto aonde ela não teria que ter o vínculo matrimonial ou de relacionamento monogâmico, ela sempre adora, como no caso aonde eles fingem ser um relacionamento aberto e Marshall não aceita a ideia, porém ela comemora veementemente com a ideia de Barney. Mesmo que seja de mentira, Lily sempre parece aberta a situação de trair quem ela diz ser o amor da sua vida. Por isso, por mais que a cumplicidade dos dois fosse imensa, ela continua demonstrando que se a situação fosse diferente, não seria bem assim. E ela não é só uma pessoa complicada com o amor de sua vida, mas com seu melhor amigo, Ted.

Quando se trata de Ted e suas conquistas amorosas, a revelação mais chocante de todas, é que muitos relacionamentos dele, se bobear todos, foram sabotados por Lily em algum ponto. Além disso, Lily possui um álbum chamado de “Skank Lane”, ou “Avenida das Vadias”, provando que apesar do que eu disse sobre Ted ser um idiota, ela é tão ruim quanto. Ela apesar de falar com Ted sobre como ele é com as mulheres, ela continua fazendo isso no ano seguinte, mostrando pra ele as mulheres com quem ele se envolve como se fosse algo banal o que Ted faz, mas não é. Porém, sabotar principalmente o relacionamento entre Ted e Robin, deveria fazer com que ela nunca mais fosse amiga do casal e eles infelizmente continuam lidando com isso como se fosse ok. Isso é algo que em qualquer situação, Lily teria sido excluída do ciclo de amigos de Ted e ela separaria os dois amigos desde o primeiro dia de faculdade, que eram ele e Marshall. Sempre bom frisar que os personagens, principalmente quando se tratam desses impulsos que são colocados no roteiro para ser “engraçado” ou para movimentar a trama, num real contexto, teriam outras reações e no caso dela, a série teria acabado no momento em que Lily foi embora para São Francisco e deixou Marshall numa depressão que aonde ele só melhorou meses depois. E quando ele finalmente estava livre do que Lily havia tornado ele, ela volta para vida dele e causa ainda mais confusão para o pobre rapaz do Minnesota.  E ah, sem esquecer pelo fato de quando ela, desempregada, recebe uma oportunidade de emprego vinda de Ted, e como se fosse a coisa mais normal do mundo, ela rouba a bola de baseball autografada de Hammond, chefe de Ted e nosso eterno Walter White, Bryan Cranston. Em meio a uma crise existencial, ela só não comete um furto dentro de um local de trabalho (e como sabemos durante a série, ela é claramente uma cleptomaníaca que rouba roupas por aí) e ameaça a carreira do seu amigo, que em qualquer situação sensata, Hammond teria chamado a Polícia, eles investigariam e logo descobririam que ela havia furtado a bola, assim, como Ted a indicou, ele iria ter a credibilidade na empresa comprometida.

tedmarshall-3088684

Porém, vamos falar do principal problema da personagem e o fato pelo qual eu odiei ela durante muito tempo, foi o término do noivado e a ida para San Francisco. Lily, quando se sente sufocada com a situação de se casar jovem, mesmo namorando a anos com Marshall e já vivendo uma relação estável que era praticamente um casamento, a personagem simplesmente larga tudo, no meio do planejamento do casamento e demonstrando que ao invés de simplesmente conversar com seu noivo, ela faz tudo pelas costas dele e Marshall só descobre quando ouve a secretária eletrônica dizendo que Lily havia sido aceita, começam uma discussão que poderia ter sido evitada se ela fosse sincera com ele desde o começo. E depois que ela retorna, arrependida e tenta voltar com Marshall, o mesmo faz ela provar da mesma moeda, pedindo um tempo para poder pensar se deve ou não ficar com ela, como é a vida sem ter Lily por perto. Ela então, fica desolada e começa a conversar com ele, coisa que deveria ter sido feita desde o começo ao invés de sair correndo e tomar decisões precipitadas como ela toma. E quando Marshall finalmente consegue alguém que não seja Lily, ela surta, entra no apartamento e tenta impedir o rapaz de ser feliz, sendo que ela mesma já havia feito isso terminando com ele e cancelando o casamento. Porém, tudo isso é esquecido quando lembramos o quão Lily e Marshall melhoram seu relacionamento depois desse acontecimento e o quão bonitinhos eles são juntos. <3

s-66b8854c719b0569998d9e727381db37f3eb44dd-5718082-5193215

É isso pessoal, esse é o segundo texto, não tão grande pois eu acho que o primeiro ficou absurdo de gigante e achei que fosse começar a ficar massivo esse bando de textão assim que eu tô fazendo nessa série de textos. E ah, sempre bom lembrar que isso é só uma análise mais aprofundada dos personagens como pessoas ~de verdade~, então sem hate pra cima de mim, é só uma visão fora do escopo série dos personagens. <3

Igor Pontes

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud