Crítica: A Caçada Ao Outubro Vermelho

| Tiago Amorim |

Em meio a uma explosão de filmes de Super-Heróis salvando o mundo de ameaças em níveis apocalípticos causadas por radiação (ou não), acabamos esquecendo que o mundo real já foi palco de uma quase total obliteração nuclear no século passado. A chamada “Guerra Fria”.

Durante as décadas dessa guerra o medo de um ataque nuclear era real, noticiários não paravam de falar sobre um possível desastre e como se esperava um contra-ataque. Era esse o clima, tensão.

E é sobre tensão que The Hunt For The Red October trata o filme inteiro. Para resumir a história, o filme se trata sobre um comandante de submarinos Russo que quer desertar junto aos seus oficiais entregando para os Estadunidenses o novo submarino nuclear da URSS chamado de Outubro Vermelho (nome dado em homenagem a Revolução Russa) e sobre o agente da CIA Jack Ryan que tenta convencer a marinha americana sobre a deserção do comandante Russo que coopera junto a URSS caçando o submarino convencidos que o capitão ira deliberadamente atacar os Estudos Unidos.

Anuncio Publicitário

Como o filme se passa dentro de um submarino, a experiência claustrofóbica existe, mas infelizmente não é bem explorada. Parece que não é um submarino e sim, um navio de guerra comum. Mas isso não impede que outras coisas não sejam bem exploradas, uma delas é que em cenas em que duas pessoas de nacionalidades se encontram elas estão falando em diferentes línguas, isso dar uma realidade a toda aquela atmosfera que cerca o filme.

Por não se tratar de um filme de ação, não diria que o filme peca nas poucas cenas de luta ou tiroteio pois não é o foco do mesmo.

Outro ponto importante para se destacar é a incrível trilha sonora do filme, que te põe no clima do início ao fim. O que é um ponto importante, pois um filme sem trilha sonora boa não te prende e acaba ficando muito ruim a experiência.

Anuncio Publicitário

CONCLUSÃO: A Caçada Ao outubro Vermelho, é um filme que traz o espirito de tensão que os anos da guerra fria trouxe para a população mundial. É engraçado que por se tratar de um ficção, toda a história do filme é crível, é uma coisa que você fala pra si mesmo “Nossa, isso podia ter mesmo acontecido”. Para um amante de história do século XX, esta obra cinematográfica é uma recomendação muito forte, porém, para o público que espera encontrar um 007 contra Comunistas com cenas de ação, tiroteios e belas mulheres, este filme não é pra você.

Nota: 8.5/10

Anuncio Publicitário

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud