Autor: Bruno Tresbach

Diretor e desenvolvedor de “The Last Of Us 2” comenta sobre versão multiplayer do jogo “Tenham paciência, a espera valerá a pena”

Desde meados de 2013, o jogo “The Last Of Us”, da companhia de videogame Naughty Dog, tem nos dias 26 de Setembro um evento reservado para a celebração e comemoração do game em questão. Apelidado de “The Last Of Us Day” (“Dia do The Last Of Us”, em português), a empresa afiliada da Sony Computer costuma liberar, neste dia, itens exclusivos, promoções especiais e informações prestigiadas sobre a franquia para os fãs que compartilham o apreço e afeição pela saga da garota Ellie e seu amigo Joel. Neste dia 26 não foi diferente!

The Last of Us 2 vai embrulhar seu estômago. E isso é bom

Em meio á divulgação de vinis inéditos da soundtrack do jogo, posteres e estátuas dos personagens principais, além de um tema exclusivo para o layout do Play Station 4, fora revelado mais detalhes sobre a opção multiplayer do jogo, modalidade que tanto interessa grande parte dos gamers assíduos de jogos estilo fps. O vice presidente do estúdio da Naughty Dogs e diretor do jogo usou suas redes sociais para excitar os fãs com as novidades. Em seu perfil no Twitter, o desenvolvedor do jogo disse:

Anuncio Publicitário

“Thank you to all the wonderful fans for an incredible #TheLastofUsDay ! Your positivity and love is incredibly inspiring. Oh… and about that other thing… be patient. It’ll be worth it.”

— Dr. Uckmann (@Neil_Druckmann) Setembro 27, 2020

(Tradução: Obrigada a todos os maravilhosos fãs por um incrível #TheLastOfUsDay ! Seu amor e positividade são increvelmente inspiradores. Oh… E sobre aquela outra coisa… Sejam pacientes. Vai valer a pena.”)

Anuncio Publicitário

Essa modalidade de jogo para o The Last Of Us é esperada pelos fãs desde o começo da saga. Em 2019, a desenvolvedora do game havia confirmado a pretensão de criar uma versão multiplayer, porém que fosse tão elaborada quando a versão campanha single player. Pelas informações obtidas, é notável que o desejo dos envolvidos na confecção da modalidade vai além de simplesmente criar conteúdos adicionais ao modo da proposta principal single player.

Apesar de não termos datas confirmando o lançamento da modalidade multiplayer, estusiastas da franquia especulam nas redes sociais como essa poderia vir a ser aplicada. Alguns fãs acreditam que ela possa vir em forma de DLC (“Downloadable Content”, ou “Conteúdo para Download”, em português), possibilitando assim que o jogador faça download da modalidade diretamente em seu videogame, de forma gratuita, e desfrute da novidade. Outros questionam se os programadores estariam desenvolvendo um game paralelo ao da proposta principal que permita a versão multiplayer. Esse tipo de modificação já aconteceu antes no mundo dos games, como exemplo temos “Call Of Duty: Warzone” que utiliza a base sólida de seu correligionário, “Call Of Duty: Modern Warfare”, tendo em si a possibilidade de jogo online gratuito com cerca de 150 players.

Contudo, com o surgimento do Play Station 5, há os que acreditam que a modalidade estará disponível apenas para a versão mais atual do console. Deste modo, os especuladores da teoria creem que os desenvolvedores estariam criando uma versão remasterizada da saga para ser lançada junto com o extra, tão aguardado, que é a possibilidade de jogabilidade versão multiplayer.

Anuncio Publicitário

É importante salientar que nenhuma dessas especulações foram confirmadas tanto pela Watch Dogs quanto pela Sony Company, e pela resposta do Dr. Uckmann, a modalidade não estará disponível tão cedo.

E você? Já jogou a nova saga da franquia “The Last Of Us”, “The Last Of Us 2”? Qual sua expectativa para o possível lançamento da versão que permite o jogo multiplayer entre os fãs do game? Nos conte nos comentários suas opiniões sobre!

Anuncio Publicitário

Funimation: Plataforma de anime será lançada no Brasil em Dezembro

Mais uma plataforma de streaming será lançada no Brasil, agora é a plataforma Funimation que se instalará no Brasil à partir de Dezembro com mais de 200 animes – incluindo filmes, tudo legendado em Português.

Mais conhecida no Brasil pelo streaming, a Funimation é uma distribuidora de longa data no mercado americano de animês. Atualmente é associada à Sony (supostamente interessada em também adquirir a Crunchyroll).

Anuncio Publicitário

Ao todo, estão confirmados, até o momento, 9 títulos: Assassination ClassroomAttack on TitanDemon SlayerFairy Tail (última temporada), Fire ForceFruits BasketMy Hero AcademiaSword Art Online, incluindo a fase Alicization, e Tokyo Ghoul:re.

Assassination ClassroomAttack on TitanMy Hero Academia e Tokyo Ghoul:re terão opção de dublagem. Já está confirmado que as outras séries anunciadas estarão disponíveis apenas legendadas.

O preço no Brasil irá variar entre planos de R$19,90 a 29,90 no Brasil, e também contará com o serviço de catálogo.

Anuncio Publicitário

The Witcher: Henry Cavill reclama sobre covid-19 e diz que sente falta de abraços

Vestir máscara dupla, praticar o distanciamento, estocar álcool gel e muitos outros protocolos: rodar durante a pandemia não parece ser uma tarefa fácil. De volta às gravações após uma paralisação em março, elenco e equipe de The Witcher estão seguindo uma rotina cuidadosa para garantir a segunda temporada para os fãs. E está sendo fácil? Henry Cavill garante que não.

“Eu sou o tipo de pessoa que gosta de chegar no set e abraçar as pessoas, apertar as mãos, falar ‘oi’. Não tem mais nada disso por conta da segurança”, desabafou o intérprete de Geralt De Rivia. O astro conversou com o AdoroCinema para o lançamento de Enola Holmes e revelou detalhes da “nova rotina normal” do set.

Confira a entrevista:

Anuncio Publicitário

Ele também destacou que uma série de restrições foi imposta à equipe para que todos se mantenham saudáveis, e confessou que não ver os rostos dos colegas está fazendo falta.  

“Eu acho que a coisa mais desafiadora para mim é, provavelmente, o fato de não poder ver o rosto de ninguém. Todos estão usando viseiras, máscaras, e eu não consigo ver as expressões de ninguém. Eu escuto o que eles dizem, mas eu não consigo ver o rosto deles se mexendo, e existe algo muito pessoal em conseguir ver o rosto de alguém”.

Bom, se precisávamos de um super-herói para endossar o coro em prol da vacina, nosso Superman também está na torcida! “Eu estou ansioso para o Coronavírus acabar e a gente ter uma vacina, para nós voltarmos a viver uma vida cheia de conexões melhores”, completou o ator.

Anuncio Publicitário

The Boys ganhará spin-off no Amazon Prime Video

The Boys está prestes a ter o seu universo expandido no Amazon Prime Video! Isso porque, de acordo com o último relatório de produções obtido pela Variety, o diretor Craig Rosenberg (Ladrão de Diamantes) está desenvolvendo uma série derivada exclusiva para a Amazon descrita apenas como “uma mistura entre seriado universitário e Jogos Vorazes” — com censura para +18 anos, é claro.

A trama contará a história de um grupo de adolescentes que descobre ter poderes especiais e precisa fugir da Vought International para que não sejam capturados como parte do seu planejamento de soberania aos supers. Craig, vale lembrar, atualmente é produtor executivo de The Boys, enquanto Eric Kripke (Supernatural) atua como showrunner. No spin-off, os dois trocarão os papéis, mas continuarão atuando diretamente por trás dos bastidores em ambos os casos. 

The Boys' veste uma das séries mais ousadas da TV em fantasia de  super-herói | CNN Brasil

Na descrição oficial, é dito ainda que a série é “irreverente, explorando um período crucial nas vidas dos jovens super poderosos, colocando à prova as partes físicas, morais e sexuais. Misturando colegial e Jogos Vorazes, ela terá o mesmo coração e a sátira tradicional de The Boys”. Ainda não há previsão de lançamento, mas especula-se que as filmagens comecem no início de 2021.

Anuncio Publicitário

Helstrom: Série de terror ganha trailer assustador

Helstrom, a série de terror baseada em HQs da Marvel, era motivo de grande curiosidade por parte dos espectadores da versão virtual da San Diego Comic-Con

Para esquentar o público para a chegada da série, foi liberado um trailer assustador.

A proudção promete ser tão assustadora quanto os quadrinhos sombrios nos quais o show é baseado. A trama acompanha os irmãos Daimon (Tom Austen) e Ana Helstrom (Sydney Lemmon), filhos de um misterioso serial killer.

Anuncio Publicitário

Com estilos bem diferentes entre si, a dupla se une para rastrear o que há de pior na humanidade. Por fora, têm vidas normais como professor e dona de uma bem-sucedida casa de leilões, mas, na realidade, eles vão descobrir instituições secretas que lutam uma guerra entre luz e escuridão.

Austen viverá o personagem Daimon Helstrom, um professor de ética que também é exorcista, enquanto Lemmon viverá sua irmã, Ana, que administra uma casa de leilões e tenta impedir que as pessoas se machuquem como o seu pai assassino em série a machucou. Por último, Elizabeth Marvel será a intérprete da personagem Victória Helstrom, a mãe dos irmãos que é uma mulher institucionalizada literalmente assombrada pelo passado.

Ariana Guerra (Raising Dion)Robert Wisdom (Ballers), June Carryl (Mindhunter), e Alain Uy (The Passage) também foram confirmados no elenco.

Anuncio Publicitário

Helstrom, da Marvel, é produzido executivo por Paul Zbyszewski, que atuará como showrunner e Jeph Loeb, da Marvel Television.

Helstrom tem lançamento marcado para 16 de outubro nos Estados Unidos no Hulu. Por enquanto, a produção não tem previsão de estreia no Brasil.

Anuncio Publicitário

Nick Fury: Samuel L. Jackson estrelará série focada em seu personagem no Disney +

Nick Fury, personagem vivido por Samuel L. Jackson no MCU, ganhará uma série de TV no Disney+. O projeto contará com o retorno de Jackson ao papel [via Variety].

A Variety diz que é “altamente provável” que o show de Nick Fury realmente vá para a série, juntando-se às fileiras de WandaVision , Loki , Sra. Marvel , She-Hulk , Hawkeye e Falcon e o Soldado Invernal .

Jackson fez uma participação especial como Nick Fury em Agents of SHIELD, então esta não será sua primeira vez reprisando seu papel para a telinha.

Anuncio Publicitário

Embora não haja nenhuma palavra sobre os detalhes da trama da série Nick Fury, parece possível que ele poderia explorar o trabalho de Fury ao lado dos Skrulls que foi provocado durante a cena dos créditos finais do Homem-Aranha: Longe de casa.

O projeto está em fase de desenvolvimento na plataforma de streaming, mas fontes da Variety afirmam que o Disney+ deve encomendar a primeira temporada da produção em breve.

Anuncio Publicitário

Mangá Ping Pong tem lançamento confirmado no Brasil

Foi anunciada na última sexta-feira (7) a publicação no Brasil do mangá Ping Pong, de Taiyo Matsumoto. O título foi revelado durante o programa de YouTube apresentado pela editora JBC e prometeram esse elogiado título para o futuro.

Ping Pong conta a história de dois amigos que participam do clube de pingue-pongue na escola. Os dois nutrem uma competição acirrada, e passam por treinamentos para superar o adversário nas partidas. “Todo mundo acha que é só de esporte, mas na verdade o esporte serve de verniz pra contar essa história profunda entre dois amigos“, declarou Marcelo Del Greco, editor da JBC.

Mangá Ping Pong

Reprodução/ Shogakukan

Anuncio Publicitário

O mangá foi publicado originalmente na revista japonesa Big Comic Spirit entre os anos de 1996 e 1997. A história inteira foi compilada em 5 volumes, mas não se sabe ainda como será a versão brasileira.

O autor Taiyo Matsumoto já foi publicado em outras ocasiões no Brasil: no começo dos anos 2000 a editora Conrad lançou Preto e Branco, que viria a ser relançado pela Devir 15 anos depois, dessa vez com o nome original Tekkon Kinkreet.

Ping Pong ganhou muita projeção graças ao anime Ping Pong the Animation, uma produção que manteve o traço icônico do mangaká e ainda trouxe uma direção bem inspirada de Masaaki Yuasa (de Devilman Crybaby).

Anuncio Publicitário

Criadores de Game of Thrones explicam a ausência de Senhora coração de pedra

Os criadores da série de Game of Thrones David Benioff e Dan Weiss esclareceram à Entertainment Weekly por que decidiram não colocar a Senhora Coração de Pedra, uma das personagens mais adoradas dos fãs, na série.

O primeiro motivo foi tentar evitar estragar os planos de George R.R. Martin para os livros. O segundo, por sua vez, tinha relação com o que o próprio duo pensava em fazer nas temporadas 5 e 6. “Sabíamos que a ressurreição de Jon se aproximava. Muitas ressurreições começariam a diminuir o impacto da morte do personagem”, afirmou Benioff.

Vale lembrar que a Senhora Coração de Pedra é uma versão vingativa de Catelyn Stark que volta dos mortos após o Casamento Vermelho. E este evento da terceira temporada é justamente o último motivo para a decisão deles.

Anuncio Publicitário

“O momento final de Catelyn foi tão fantástico, e Michelle [Fairley] é tão boa atriz, que trazê-la de volta como uma zumbi que não fala pareceu um retorno que não estava à sua altura”, explicou Benioff.

Martin, porém, queria a personagem na série. “A Senhora Coração de Pedra é uma personagem importante”, afirmou. Segundo o autor, ela aparecerá no sexto livro, Os Ventos de Inverno, e incluí-la na série é uma das mudanças que mais gostaria de fazer na produção.

Atualmente a HBO trabalha em House of the Dragon, a primeira série derivada de Game of Thrones. Inspirada no livro Fogo & Sangue, a produção se passará cerca de 300 anos antes dos eventos da primeira temporada da série original e será focada na Casa Targaryen.

Anuncio Publicitário

Game of Thrones teve oito temporadas, exibidas entre 2011 e 2019, e está disponível no HBO Go.

Panini irá lançar Takagi-San no Brasil

A editora Panini anunciou através de suas redes sociais que publicará no Brasil o mangá Karakai Jozu no Takagi-san, que ficará conhecido por aqui como Takagi – A Mestra das Pegadinhas. A obra começa a ser publicada em novembro pela editora. Mais informações não foram divulgadas.

Karakai Jozu no Takagi-san é obra de autoria de Soichiro Yamamoto. O mangá é publicado na revista Gessan, versão mensal da Shounen Sunday, desde 2012 e, mesmo possuindo uma continuação, ainda está sendo lançado, com 14 volumes até o momento. A obra já foi adaptada para anime, com duas temporadas até o momento.

O mangá, cujo nome original é Karakai Jozu no Takagi San (ou Teasing Master Takagi-san em inglês) é de autoria de Soichiro Yamamoto e tem 14 volumes até o momento no Japão.

Anuncio Publicitário

A versão animada está espalhada em dois streamings: a primeira temporada se encontra na Crunchyroll e a segunda na Netflix.

“Hoje, eu vou provocar a Takagi-san até ela ficar envergonhada! Eu juro!” Nishikata é um jovem estudante que vive sendo provocado por Takagi-san, sua vizinha de carteira na escola. Ele tenta revidar todo santo dia, mas será que um dia ele vai conseguir? Assim começa a batalha juvenil de provocações da Takagi-san e do Nishikata!

FontePanini Mangás

Anuncio Publicitário

One Piece, Maldição da mansão Bly e muito mais estão entre as novidades da Netflix para Outubro.

A Netflix anunciou suas novidades para o mês de Outubro , com destaque para filmes e séries originais, além da estreia de um anime muito aguardado pelos fãs

Netflix anuncia Bom Dia, Verônica, nova série policial brasileira
Bom dia, Veronica/Reprodução Netflix

Logo no inicio de Outubro estreia uma série brasileira inspirada no livro policial do mesmo nome, escrito por Raphael Montes e Ilana Casoy, a sinopse da série é basicamente que Veronica trabalha como escrivã na Delegacia de Homicídios de São Paulo. Após presenciar um suicídio, ela decide investigar por conta própria dois casos esquecidos envolvendo mulheres agredidas. a série terá direção de José Henrique Fogaça.

A Maldição da Mansão Bly | Mike Flanagan diz que sequência é muito mais  assustadora - NerdBunker

Já no dia 9 de Outubro chega ao streaming, uma das grandes apostas de terror da Netflix para o ano de 2020, vindo para dar continuação a Residência Hill, a desempregada Victoria Pedretti começa a trabalhar em uma gigante mansão antiga no condado de Essex, cuidando de duas crianças aparentemente inocentes. A medida que os dias vão passando, os irmãos Flora e Miles apresentam um comportamento cada vez mais assustador.

Anuncio Publicitário

Dentre os filmes originais da plataforma o destaque é Os 7 de Chicago, novo longa de Aaron Sorkin que estreia no dia 16.

Em outubro a Netflix ainda terá a estreia dos primeiros 60 episódios do anime One Piece no dia 12. Dentre os filmes que entram ou voltam para o catálogo da plataforma estão Batman: O Cavaleiro das TrevasBlade Runner 2049DunkirkBastardos Inglórios e toda a franquia Rocky.

Confira abaixo a lista completa:

Anuncio Publicitário

1/10

  • Batman: O Cavaleiro das Trevas
  • Bom Dia, Verônica
  • How to Get Away With Murder: Temporada 6
  • Blade Runner 2049
  • O Agente da U.N.C.L.E.
  • Godzilla
  • Cemitério Maldito 1
  • Cemitério Maldito 2
  • O Albergue
  • Carmen Sandiego: Temporada 3
  • Scooby-Doo 2: Monstros à Solta
  • Tá Chovendo Hambúrguer 2

2/10

  • Emily em Paris
  • Teste de Paternidade
  • O Fascínio
  • Cory Carson e o Halloween

4/10

  • David Attenborough e Nosso Planeta

6/10

  • StarBeam Salva o Halloween

7/10

  • Cidade dos Mortos
  • O Halloween do Hubie

9/10

  • A Maldição da Mansão Bly
  • Além do Som
  • Riverdale: Temporada 4
  • The Forty-Year-Old Version
  • Velozes & Furiosos – Espiões do Asfalto: Temporada 2
  • Super Monstros: Dia de los Monstros

12/10

  • Dunkirk
  • Kipo e os Animonstros: Temporada 3
  • ONE PIECE: East Blue

13/10

  • Dando um Tempo com Bert Kreischer
  • Octonautas e a Grande Barreira de Corais

14/10

  • BLACKPINK: Light Up the Sky
  • Alice Junior

15/10

  • Distanciamento Social
  • Manual de Caça a Monstros

16/10

  • Os 7 de Chicago
  • Alguém tem que morrer
  • Grand Army
  • Star Trek: Discovery: Temporada 3
  • La Révolution
  • Da Decoração ao Makeover
  • 4 Contra o Apocalipse: Livro 3

18/10

  • It: A Coisa

19/10

  • Mistérios sem Solução: Volume 2

20/10

  • The Flash: Temporada 6

21/10

O próximo convidado dispensa apresentação com David Letterman: Temporada 3
Rebecca – A Mulher Inesquecível

22/10

  • The Alienist: O Anjo das Trevas
  • Eu, tu e ela: Temporada 5
  • Kadaver
  • Parceiros da Saúde

23/10

  • O Gambito da Rainha
  • Franquia Rocky (Rocky um Lutador, II, III, IV, V e Rocky Balboa)
  • Creed
  • Creed II: Nascido para Lutar
  • Move
  • A Caminho da Lua
  • Bastardos Inglórios

25/10

  • Lego Ninjago: O Filme

27/10

  • Arrow: Temporada 8
  • Sarah Cooper: Everything’s Fine
  • Chico Bon Bon – O Macaquinho Faz-Tudo: Temporada 4
  • O Sangue de Zeus

28/10

  • Amor com Data Marcada
  • Sem Conexão
  • Os Segredos de Saqqara

30/10

  • Suburra: Sangue em Roma: Temporada 3
  • Somebody Feed Phil: Temporada 4
  • Menéndez: El día del Señor
  • O Que Ficou Para Trás
  • Black Butler II e Black Butler II: OVA

DATA A CONFIRMAR

  • O Futuro é Azul
  • ARASHI’s Diary – Voyage: episódios 13 e 14

Minecraft receberá suporte no PlayStation VR neste mês

Os jogadores de Minecraft no PS4 poderão aproveitar o jogo de bloquinhos em realidade virtual em breve. A Microsoft confirmou que o game receberá suporte para PlayStation VR em uma atualização gratuita que sai neste mês.

A atualização foi revelada por Roger Carpenter, da desenvolvedora Mojang Studios. Em uma publicação no PlayStation Blog, a produtora de Minecraft disse que o update ainda não está pronto, mas chegará aos donos do PlayStation 4 ainda em setembro.

O suporte para PSVR chegará em uma atualização gratuita para Minecraft

“Todos que possuem Minecraft no PlayStation 4 receberão esse patch automaticamente”, explica o desenvolvedor do game. “Baixe esse patch e você terá acesso à nova função de Minecraft em realidade virtual. O único requisito para utilizar a novidade é ter o sistema PSVR. 

Anuncio Publicitário

De acordo com Carpenter, o lançamento para o PlayStation VR é um plano que está na mente do estúdio desde a chegada do game ao PS4. A experiência de jogo será a mesma presente na versão convencional, mas com o mundo de Minecraft rodando em realidade virtual.

A jogabilidade em realidade virtual será similar à versão convencional do game

Segundo a Mojang, nenhum conteúdo será retirado da edição em realidade virtual de Minecraft. Os comandos poderão ser realizados por meio do controle DualShock 4, de maneira similar ao que acontece na edição padrão do jogo.

O patch de Minecraft que traz suporte para PlayStation VR já está na fase de polimentos finais e não deve demorar para chegar. Segundo a Mojang, mesmo com a pandemia, o processo de desenvolvimento foi tranquilo e a tendência é que a atualização não sofra com adiamentos.

Anuncio Publicitário

Playstation 5: Confira a lista dos jogos do novo Console da Sony

O PlayStation 5 é o mais novo Console da Sony e chegará ao Brasil à partir do dia 19 de novembro, com preços que variam entre 4,499 e 4,999, e a pré-venda do produto já está disponível desde quinta-feira (17) para Lojas selecionadas.

Atendendo a gostos variados, a primeira rodada demonstrativa de jogos que comporão o console da próxima geração foram sendo divulgados um a um, do jeito que os ansiosos gostam: Menos gente falando, mais trailer rodando.

Entre confirmações e surpresas, os títulos do catálogo inicial prometem atender a todos os gêneros já no seu start, com esporte, terror, fantasia e sobretudo muita aventura.

Anuncio Publicitário

Alguns dos títulos mais aguardados são os da Ubisoft como Assassin’s Creed Valhalla e Watch Dogs: Legion, além de Godfall, primeiro game revelado para o console. Confira a lista dos jogos confirmados até agora para o PS5.

1. Godfall

O primeiro game revelado oficialmente para o PlayStation 5 foi Godfall, um jogo de ação multiplayer com cooperativo online para até três pessoas. O jogo pega o conceito de um “looter shooter” como Borderlands, em que o usuário está sempre em busca de equipamentos melhores para ficar mais forte, e mescla-o com ação e lutas no estilo de God of War. O resultado é algo caótico que os produtores batizaram de “Looter Slasher”.

2. Battlefield 6

A Electronic Arts anunciou durante uma conferência para investidores que pretende lançar o próximo game da série Battlefield, supostamente Battlefield 6, em 2021 ou 2022 para o PlayStation 5 e Xbox Series X. Segundo a empresa, a intenção é que os consoles tenham tempo suficiente no mercado para reunir uma boa base instalada de jogadores para a série. Não há nada revelado sobre o jogo, no entanto.

Anuncio Publicitário
Battlefield 6 | Tem ideias ambiciosas e batalhas épicas, diz diretora -  Manual dos Games

3. Assassin’s Creed Valhalla

O mais novo game da franquia Assassin’s Creed foi anunciado recentemente pela Ubisoft e confirmado também para a próxima geração de consoles. O jogo segue uma temática viking em que usuários podem acompanhar a história de Eivor em busca de um novo lar para seu clã. O trailer mostrou combates mais brutais e a progressão do personagem promete ser menos linear, mais focada em equipamentos e habilidades em vez de níveis como em um RPG tradicional. O jogo sairá também no Xbox Series X.

Assassin's Creed Valhalla trará combates brutais no PlayStation 5 com sua nova temática viking — Foto: Divulgação/Ubisoft

4. Watch Dogs: Legion

Junto com Assassin’s Creed: Valhalla, Watch Dogs: Legion será um dos vários games da Ubisoft que serão “cross-gen”, disponíveis tanto nos consoles atuais quanto na próxima geração. O terceiro capítulo na série Watch Dogs traz uma proposta interessante: todos os personagens de seu mundo serão jogáveis e terão habilidades específicas. Basta investigar bastante suas vidas, descobrir o que os convenceria a se unir a sua luta contra um governo autoritário e recrutá-los para seu movimento.

Watch Dogs Legion permitirá que jogadores controlem qualquer personagem no PlayStation 5 — Foto: Reprodução/Ubisoft

5. The Lord of the Rings: Gollum

Desenvolvido pela Daedalic Entertainment, o novo jogo da franquia de Senhor dos Anéis focado na criatura Gollum foi prometido para os consoles da próxima geração há algum tempo. Sua jogabilidade aparentemente se apoia em stealth para eliminar inimigos sorrateiramente por vários locais da Terra Média. O game será todo baseado nos livros de J. R. R. Tolkien, sem levar em consideração suas populares adaptações para o cinema.

Anuncio Publicitário
The Lord of the Rings: Gollum trará a estranha criatura dos livros de J. R. R. Tolkien em uma aventura própria — Foto: Reprodução/Eurogamer

6. Warframe

Mais um game multiplayer online de sucesso confirmado para a próxima geração foi o jogo Warframe da Leyou Technology. No jogo, usuários usam armaduras chamadas Warframe para lutar em diferentes modos. Warframe oferece conteúdo tanto para batalhas PvP (jogador vs jogador) quanto para jornadas PVE (Jogador vs Ambiente) em que players podem se unir para realizar missões.

Warframe é mais um dos jogos multiplayer online que estará disponível no PlayStation 5 — Foto: Reprodução/Steam

7. Rainbow Six Siege

O popular game tático de tiro da Ubisoft foi confirmado como um título de lançamento do PlayStation 5 pela empresa. O jogo terá suporte também a multiplayer online entre diferentes gerações, o que significa que alguns usuários podem estar no PlayStation 5 e ainda jogarem com seus amigos no PS4. Lançado originalmente em 2015, Rainbow Six Siege coloca duas equipes de cinco jogadores para se enfrentarem em cenários voltados para a estratégia com paredes que podem ser destruídas.

Rainbow Six Siege é um jogo de tiro tático popular no PS4 e jogadores do PS5 poderão jogar com amigos no antigo console — Foto: Reprodução/Ubisoft

8. Rainbow Six Quarantine

Anunciado na E3 2019, Rainbow Six Quarantine é um game para o PlayStation 5 nos moldes de Rainbow Six Siege, porém com um foco voltado para o multiplayer cooperativo. No papel de três agentes, jogadores precisam enfrentar um tipo de parasita alienígena que cria perigosas mutações em seres humanos. Há pouca informação disponível sobre o game que deveria ser lançado ainda esse ano, mas sofreu um atraso para 2021.

Anuncio Publicitário
Rainbow Six Quarantine será um game de tiro focado no modo cooperativo nos moldes de Rainbow Six Siege para o PS5 — Foto: Reprodução/Ubisoft

9. Outriders

Este é um game de RPG e tiro do estúdio People Can Fly, mais conhecidos pela série Painkiller e Bulletstorm, e publicado pela Square Enix. Outriders tem algumas semelhanças com Godfall ao trazer três amigos em multiplayer cooperativo para enfrentar seu mundo, porém ele é focado em tiroteios. Não há muitos detalhes revelados sobre o game até agora, mas ele está confirmado para o final de 2020 no PlayStation 5 e Xbox Series X.

Outriders será um jogo de tiro cooperativo para o PS5 ainda sem muitos detalhes revelados — Foto: Reprodução/Square Enix

Conheça os animes e mangás brasileiros

Você já se questionou como a cultura japonesa é presente em nosso país? Se sim, vem comigo que hoje eu vou te falar sobre a maior diversidade de cultura japonesa fora do Japão.

Que o Brasil é um grande consumidor de cultura oriental como mangas, animes e até mesmo hentais todo mundo já sabe, mas o que muita gente não sabe é que o Brasil é o maior produtor de animes fora do Japão e além disso temos a maior comunidade de nikkeis (é uma denominação em língua japonesa para os descendentes de japoneses nascidos fora do Japão) são mais de 1,5 milhão de pessoas.

Além de consumir muito da cultura oriental, também oferecemos alguns conteúdos. E mesmo que o número seja pequeno, nós provamos que temos um grande potencial nesses projetos.

Anuncio Publicitário

Os projetos normalmente são independentes e muitas vezes não são 100% de cultura nacional. Por um exemplo o light novel, No Game, no Life do brasileiro Thiago Furukawa Lucas.

Furukawa é o primeiro artista estrangeiro de mangá a ser reconhecido no Japão. O enredo criado por ele conta a história Sora e Shiro, habitantes de um mundo no futuro onde os jogos ditam as regras da sociedade. Esses dois gamers até mesmo consideram o mundo real como um jogo com péssimos gráficos.

Um dia, eles foram acordados por um menino chamado “Deus” e entraram em um mundo alternativo. Lá, Deus proíbe a guerra e declara que é um mundo em que tudo é determinado pelos jogos, e até as fronteiras nacionais. Outras raças trouxeram de volta os humanos à única cidade remanescente.

Anuncio Publicitário

Confira abaixo um trailer do anime:

Trailer No Game, No Life.

Diferenças entre cartoons e animes

Muita gente costuma confundir animes com cartoons pela sua ampla similaridade de gráficos, os famosos e tradicionais “storyboards”. Mas afinal de contas qual são suas diferenças?

Basicamente os cartoons são feitos para um público mais infantil e os animes variam muito de classificação indicativa, pois tem animes que são indicados para Adolescentes à partir dos 14 anos e vão até adultos de 18 anos.

Anuncio Publicitário

Embora ambos sejam desenhos animados, o anime costuma apresentar características visuais mais distintas. Afinal, uma das principais diferenças que podemos notar é que o anime segue um roteiro amplo e é dividido em vários episódios, não quer dizer que cartoons não sejam amplos, mas os animes tem uma extensão e seriedade notáveis.

Outra diferença entre os animes e os cartoons são os preços, enquanto um episódio de Pernalonga pode chegar a custa 450 mil dólares, um episódio de Death Note custa em média 115 mil dólares.

Animes Produzidos no Brasil

1. Holy Avenger

Esse anime é uma adaptação de um mangá com o mesmo nome. O projeto busca recursos desde 2004, ou seja, a pelo menos 15 anos, mas até agora ele não foi para frente.

Anuncio Publicitário

Mesmo tendo uma abertura rejeitada disponível no Youtube, e dublagens prontas, inclusive com a participação do dublador Guilherme Briggs.(dublador do Buzz Lightyear)

2. Magma

Um ótimo exemplo de produção nacional de anime é o Magma. Ele foi criado pelo brasileiro Robson Menezes do Santos.

O projeto Magma surgiu em meados de 2000, quando Robson tinha pouca experiência em animação, trabalhando mais com comerciais para a televisão e vídeos institucionais.

Anuncio Publicitário

Contudo, sua paixão pelo estilo anime já era bem mais longa. Ele começou apenas fazendo alguns rabiscos e criando um argumento geral. 

No início era tudo com ferramentas mais tradicionais, como desenhar no papel, escanear e colorir manualmente. Mas hoje é feito pelo computador.

Anuncio Publicitário

Animes que tem Personagens brasileiros.

1. Cavaleiros do Zodíaco

Para quem se lembra deste anime que fez muito sucesso no Brasil nos anos 90, vai se lembrar do personagem Aldebaran de Touro que é considerado um dos personagens mais fortes dos cavaleiros de ouro.

Ele recebeu suas armaduras em terras tupiniquins, ele é verdadeiramente um patriota assim se dizendo. Há uma teoria de que ele ficou com a segunda casa do santuário por que somos um dos maiores produtores e consumidores de carne bovina.

2. Pokémon

Se você é um verdadeiro fã de Pokémon, vai lembrar quando lançou o primeiro filme de Pokémon nos cinemas, seja pelos cards promocionais ou pela aventura de Ash e seus amigos, o filme arrastou uma multidão de crianças para os cinemas.

Anuncio Publicitário

Mas o que certamente chamou a atenção de muita gente foi o fato do tão glorificado Mewtwo ter sido criado à partir do material genético de uma criaturinha encontrada na Floresta Amazônica.

Mew. Logicamente, a Amazônia não se restringe somente às terras brasileiras, mas, certamente, era no Brasil que os produtores estavam pensando quando inventaram essa história!

3. Michiko & Hatchin

Michiko e Hatchin é um anime claramente problemático cheio de clichês de quem não conhece o Brasil. Esse anime ele é inspirado no Brasil, inclusive aparecendo várias cidades como Rio de Janeiro, Olinda e Recife.

Anuncio Publicitário

A história conta que Michiko é uma mulher selvagem que consegue escapar de uma prisão de segurança máxima após inúmeras tentativas. Após isso ela resgata Hana dos seus pais adotivos, pois ela diz conhecer seu pai biológico.

Apesar de se passar em um país fictício, Michiko e Hatchin faz inúmeras referências ao Brasil, por ter letreiros em português, paisagens, trilha sonora e até a aparência da moeda. Isso porque a diretora Sayo Yamamoto e os produtores visitaram algumas cidades brasileiras em busca de inspiração.

Anuncio Publicitário

4. Super Onze

Inazuma Eleven ou mais conhecido aqui no Brasil como Super Onze, tem um episódio onde há uma seleção brasileira, em que disputa a semifinal com o Japão. Pela imagem, dá pra ver claramente em quem o capitão foi inspirado.

seleção brasileira super onze

Mac Roniejo é capitão do time “O Reino” foi cobaia de um programa que controlava a mente das pessoas criado pelo vilão Garshield, por isso não podia jogar seu futebol de verdade, mas depois ele ficou livre desse controle mental e pode fazer seus gols e sambar pra comemorar. É mais um personagem extrovertido que ama futebol. Destaque para sua técnica especial: “Strike Samba”.

Anuncio Publicitário

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud