Arrow – Aprendendo com os pecados do passado | Review

| Yago Feitosa |

Desde a execução da terceira temporada rola uma história pela internet a respeito da série conhecida como “O conto da temporada melhor”.

Esse ano resolvi dar minha última chance a série que havia perdido o rumo após o episódio 10 da 3ª Temporada. Os primeiros episódios ganharam minha atenção ao demonstrar uma melhoria nas lutas, o fim de Olicity, e uma trama mais urbana e com menos cenas de novela. Além disso a temporada teve uma proposta diferente ao trabalhar a ideia de recrutar de novos vigilantes. Foi arriscado, mas foi até bem executado.

SPOILERS ABAIXO

Anuncio Publicitário

Após a revelação de Tobias Church como um vilão coadjuvante e a apresentação de Prometheus, a série iniciou uma sequência de fatos que me prenderam numa expectativa dos próximos episódios. Dessa vez o vilão estava sempre a vários passos à frente do Arqueiro Verde. A revelação da identidade do assassino da estrela foi uma das maiores sacadas de toda a série. A participação do Vigilante, além de uma ótima apresentação do personagem, serviu em especial para nos distrair. A trama não mexeu apenas com Oliver Queen, mexeu com os espectadores, que também se sentiram enganados!

Arrow – aprendendo com os pecados do passado | review
Que vilãozão da porra!

Dessa maneira, os flashbacks se iniciaram sem, aparentemente, ter ligação com o presente, mas, na verdade, não! O ultimo ano de lembranças serviu pra mostrar o fim da trajetória de Oliver Queen em sua transformação para “algo diferente”. Konstantin Kovar, interpretado por Dolph Lundgren, mostrou-se um grande obstáculo que compeliu Oliver a tomar decisões que repercutiriam em sua vida até os dias atuais.

Arrow – aprendendo com os pecados do passado | review

Adrian Chase usou desse passado de Oliver como uma arma, e o quebrou de uma maneira que nenhum vilão havia conseguido. Prometheus é, talvez, o melhor vilão da série, rivalizando fácil com Slade Wilson, que por sua vez teve um papel importante no desfecho dessa temporada. A postura tomada pelo personagem é o que o Arqueiro precisava pra perceber que segundas chances são válidas, e que ele, se quisesse, também poderia tê-la!

Anuncio Publicitário

Pela primeira vez Oliver Queen observa os pecados de seu passado e toma uma decisão com a intenção de não repeti-los! Um aprendizado não só de Oliver, mas também da produção da série! Espero que mantenham o nível na próxima temporada!

E agora bicho?

E esse final ai? Quem morreu?

Anuncio Publicitário

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud