Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

A Violenta e Maravilhosa Arte de Vagabond

Vagabond, de Takehiko Inoue conta a história de Shinmen Takezo, que se torna o maior Samurai da história do Japão, Miyamoto Musashi. Além de contar a história de uma pessoa que realmente existiu na Era Feudal Japonesa, é uma incrível jornada de um Samurai que tem o principal objetivo de ser o mais forte de todos. E o mais impressionante disso tudo, é a excelente arte que o mangá possui.

Advertisement

Com uma dose de violência incrível e uma história pesada e densa, Vagabond te coloca dentro de uma jornada violenta em busca da força maior. O uso do bico de pena para desenhar o mangá adiciona o tom pesado do traçado para poder impactar certas cenas. Assim, o mangá se torna uma obra de arte que deve ser apreciada com um cuidado incrível para perceber cada nuance do traço do autor e como ele monta cada cena. Cada quadro desse mangá é uma bela obra de artes que só vai melhorando com o tempo. O pouco que já foi lançando no Brasil (o mangá está sendo lançado pela Panini mais uma vez, agora em formato idêntico ao Japonês) mostra que a aventura de Miyamoto Musashi em seu caminho para se tornar o maior Samurai já vivo é algo a ser admirado, lido e apreciado.

Para você que vai na onda de Berserk, Gantz, Elfen Lied e outros animes e mangás adultos, Vagabond é um mangá que mescla elementos históricos com uma arte tão incrível e ao mesmo tempo sangrenta. Musashi tem um caminho de transformação de um rapaz descontrolado e inconsequente em uma figura icônica e histórica do Japão. A trama em si é algo que até agora é simples e muito bem executado, que é caminhar pelo Japão enfrentando Mestres de Dojos e estilos diferentes para provar sua força e sua capacidade como um Samurai, aprendendo também a controlar sua fúria e seus demônios interiores para conseguir então trilhar o caminho da espada da forma certa. O mangá se passa em alguns momentos nesses capítulos inciais na floresta, com isso, os detalhes de sombra, folhas e árvores é absurdo. Uma das coisas que me impactou e me fez querer falar sobre o mangá, é do quão bem desenhado ele é. São poucos os mangás lançados atualmente quem tem uma arte tão adulta, tão pesada assim saindo no Brasil. Por isso que Vagabond é um ponto fora da curva e que te cativa desde a primeira edição quando você começa a conhecer os personagens, que também são tão interessantes quanto o principal, porém eles só servem como um plano de fundo para movimentar a história de transformação dele. E vale a pena demais acompanhar o caminho de Takezo para se tornar uma das maiores lendas da história do Japão.

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud