• Início
  • Games
  • A chama do E-sports foi reacesa em Forteleza!
| Tiago Amorim | ,

A chama do E-sports foi reacesa em Forteleza!


Desde 2014 o cenário nordeste de e-sport parecia ter apagado completamente, algumas estrelas sempre foram descobertas aqui, porém rapidamente movidas para região sul do país, afinal e lá onde as maiores empresas dão atenção ao mais novo esporte eletrônico, tivemos Matheus PicocaTavares, ThúliosirT” Carlos e MathuesYetz” Vieira como exemplos de grandes talentos nordestinos do nosso cenário Brasileiro.

Advertisement

Voltando a 2014 o CBLOL foi um grande sucesso, de longe uma das melhores finais do Campeonato Brasileiro de League of Legends, porém nesses dois anos que se passaram não tivemos muitos olhares pra capital do Ceará. Agora o Desafio do Invocadores vem chamando a atenção das mídias com um mega evento no Centro de formação olímpica de fortaleza, e nós da 1realahora não podíamos perder a oportunidade de estar lá e trazer um pouco desse evento pra vocês.

                                                        
Casa lotada, e animação fazendo a arquibancada tremer de emoção com a entrada dos jogadores, Pain Gaming versus INTZ, uma melhor de cinco valendo tudo ou nada, aos vencedores vinte mil reais, e não podia se esperar desempenho melhor das duas equipes.

                               

A Pain Gamming começou trazendo LeBlanc nas mãos do Gabriel “KamiBohm que mostrou que é sim um dos melhores Mid Laners do brasil e junto ao seu Jungle, SirT, acabou com o jogo, rápido e limpo, e com direito a roubo de dois Barões, mas a verdade é que ainda vinha muita coisa por aí!
Na segunda partida mais uma vez a Pain vinha como um trator, em dezesseis minutos de jogo a diferença de outro era de mais de sete mil e a Intz ainda não tinha pegado nem uma Kill, todos pensavam que o jogo acabaria ali aos vinte minutos quando a Pain começou a fazer o Barão em busca de finalizar o jogo, então o melhor Jungle do Brasil, Gabriel “Revolta”, Henud faz uma jogada linda com o campeão Olaf roubando o objetivo e rapidamente tomando as rédias do jogo, uma virada epica que parecia ter abalado os nervos da equipe da Pain Gamming.
Os jogos seguiram cada vez mais disputados, e pra que não ficasse em branco Yang no quarto jogo sozinho solou três jogadores da equipe inimiga mostrando o porquê de ter sindo tão reconhecido lá fora.
A última partida a Intz mostrou que apesar de terminar esse ano com a saída de seus principais jogadores, Yang e Revolta ainda dominava o cenário brasileiro de League of Legends.
A Pain Gamming em nem um momento fez feio e mostrou que próximo ano virá faminta pelo título de campeã do CBLOL.

Agradecemos desde já ao Desafio Invocadores por nos permitir cobrir esse maravilhoso momento pro cenário do E-sport em fortaleza, e ficaremos de olhos aberto pra tudo que estiver por vir daqui pra frente no Nordeste referente aos Esportes Eletrônicos.

Algumas fotos desse maravilhoso evento:

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud