Publisher Theme
I’m a gamer, always have been.

Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi: Primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 Real o Anime

0

Iniciando uma nova seção do 1 Real a Hora, começaremos a trazer análises e comentários sobre os novos animes da temporada.

Sem mais delongas, confira a nossa análise e comparação do primeiro episódio de Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi, Redo of the Realer.

Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi – Redo of the Realer

Antes de mais nada, esteja avisado que este artigo contém spoilers gigantes de todo o primeiro episódio do anime e também de diversos capítulos do mangá.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Foto reprodução: Um dos frames da abertura de Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi

Controverso desde o lançamento de seu mangá, subestimado por uns, superestimado por outros, já tem quase 1 semana desde o lançamento do primeiro episódio da adaptação em anime de Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi.

O anime já começa com uma cena deveras interessante. A dita “heroína” da história em roupas íntimas e rasgadas sendo ameaçada por um atiçador de lareira brilhando quente.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Foto reprodução: Anime Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi

Essa primeira sequencia de cenas dura cerca de 22 segundos e se passa no futuro, um que nós ainda não conhecemos.

Os proximos cortes mostram um incendio num dos quartos do castelo que tem uma transição para flores queimando dentro do aposento, onde podemos ver Keyaru, o protagonista, segurando a princesa Flare pelos cabelos.

O fogo consome a cena e tem inicio a abertura.

https://www.youtube.com/watch?v=V682bFDQv80
Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi

Se considerarmos isso uma adaptação do “capítulo 0”, temos algo completamente diferente do mangá.

Este conta com dez páginas que revelam a trama e o teor da história.

Na sequencia temos Keyaru sendo recrutado por Flare em sua doce e amigavel fachada que, logo nas paginas seguintes, cai por terra, quando é mostrada abusando do garoto.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Recortes do mangá de Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi

Nesse momento Keyaru jura vingança contra Flare e todos que abusaram dele. Em seguida vemos uma cena um tanto confusa.

Aparentemente, ainda na mesma linha do tempo, Keyaru teria fugido do calabouço tentando se livrar de seus maus tratos. Flare conversa com um capitão da guarda preocupada em perder sua “poçao de cura ambulante”.

Nos é revelado, então, que, na verdade, esta já era a segunda linha do tempo, quando o capitão da guarda retira a pele de seu rosto se revelando Keyaru, agora a sós com a princesa e prestes a atacá-la.

Tem-se então a cena que corresponderia a adaptação logo acima.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Foto reprodução: Recortes do mangá Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi. Melancia é três por dez

Apesar do início do anime ser completamente diferente do mangá, eu acredito, particularmente, que esta foi uma boa maneira de se começar esta produção.

Para conhecedores do mangá, esses meros 20 segundos de cortes antes da abertura, já te são o suficiente para esboçar um leve sorriso: A coisa vai ser boa (ou pelo menos promete).

Espectadores que estejam tendo o primeiro contato com o anime… Bem… Provavelmente ficarão confusos ou assustados, mas terão uma ideia vaga do que está por vir.

Quando comparamos, o início do mangá tem bem mais estilo de uma produção escrita do que animada.

Depois da abertura

Vamos para o mangá dessa vez, invés de para o anime.

O primeiro capitulo continua o capitulo 0, mostrando uma cena futura em que Keyaru rasga as roupas de Flare se preparando para, você sabe, fazer carinho nela.

O mangá então corta, para a batalha final entre um grupo de heróis, do qual ambos fazem parte, contra o rei demônio. Basicamente a batalha final contra o mal.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Recorte de Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi

Por outro lado, no anime Keyaru acorda em sua cama sonhando com essa batalha a qual nunca participou. Além disso ele, frequentemente ouve uma voz sussurrando em seu ouvido dizendo que precisa ficar mais forte.

Encurtando a história, assim como no mangá, Keyaru é órfão e foi criado pela vizinha fofinha Anna que vem toda manha ver como ele está. Nesta manhã o garoto completa 14 anos o que revelará sua classe de herói no mundo.

Enquanto está apanhando maçãs em sua plantação, Keyaru ouve, mais uma vez a voz sussurrar algo para ele, algo sobre obter a visão de toda criação.

Guiado por essa voz, o garoto caminha por horas até escurecer e chegar em um lago dentro da floresta onde recita um encantamento e é recebido pelo Espírito das Estrelas, que inclusive foi vítima de “waifuzação”.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Comparação entre os Espíritos das Estrelas no anime e no mangá de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

O garoto conversa com o espírito e pede para receber a visão de toda a criação. Neste momento, Keyaru olha para o rio e pode ver a cena de batalha que participaria se continuasse vivendo normalmente.

Esta batalha é bem animada apesar de algumas inconsistências:

  • No mangá esta luta é bem gráfica. Todos se ferem, todos sangram e um personagem morre perfurado por uma grande pedra. Tudo isso foi cortado na animação.
  • A arma do atirador era, originalmente, um canhão e foi transformado em uma metralhadora. Nada muito relevante, mas vale mencionar.
  • O rei demônio foi “waifuzado” ficando cerca de 60% da batalha em forma de loli humanoide.
  • A roupa de Keyaru também foi mudada, sendo que no mangá ele aparece vestindo trapos e na animação de capa e com capuz sobre o rosto.

Tanto no anime quanto no mangá, o jovem usa seus poderes de cura combinados com outros poderes que adquiriu ao curar outras pessoas, derrota o rei demônio e obtém a pedra filosofal.

Neste momento, é revelado que Flare ainda tinha 1 poção de vida sobrando e, de pé, aplaude Keyaru e tenta convencê-lo a entregar a pedra filosofal.

O garoto recusa e imediatamente usa seus novos poderes para “curar” o mundo, retornando ele a seus estado original de cerca de quatro anos atrás, onde ele ainda não havia se tornado o herói da cura.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Comparação de “curar o mundo” na animação e no mangá de Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi

Após essa cena, no anime, Keyaru agora se lembra de tudo, enquanto que no mangá ele acorda em sua cama já se lembrando antes mesmo de pegar a visão de toda criação.

Agora que o mangá e o anime estão na mesma linha temporal e pararam de ficar indo e vindo é bem mais fácil de comparar.

No mangá é dito que Keyaru passa os 5 dias restantes até a vinda de Flare à sua aldeia na floresta, treinando e se alimentando de cogumelos venenosos e alucinógenos a fim de conseguir melhorar suas capacidades de cura e resistência a venenos e drogas.

No anime, ele come os cogumelos, mas o efeito foi levemente amenizado para o público. Além disso ele não parece passar os cinco dias na floresta.

Inclusive, nessa hora de provação, o garoto se lembra de todos os maus tratos que sofreu nas mãos de seus “futuros” companheiros, coisa que não é retratada no anime.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Flashbacks de Keyaru no mangá de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

Quando Flare finalmente chega, no mangá ela vem com uma carruagem fechada, pronta para levar o novo herói com ela. No anime, ela chega montada em um unicórnio e trás uma carruagem aberta para o novo herói.

Achei meio broxante, mas…

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Comparação da chegada de Flare à vila de Keyaru no anime e mangá de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

Outro diferencial do mangá que não foi adaptado é que o rapaz constantemente pensa consigo mesmo e mostra certa repulsa por Flare.

Talvez pela dificuldade em representar isso na adaptação, todo o conteúdo foi cortado, dando uma impressão muito superficial do encontro deles e dos sentimentos do rapaz, do início do encontro até o fim da conversa.

Essa conversa que eles tem também é diferente.

Enquanto desfilam, Keyaru conta a história de como a cidade recebe suprimentos, dinheiro e tecnologia de povoados menores como forma de imposto, além de que toda a região pertencia a híbridos de humanos e animais e como todos foram mortos ou escravizados.

No mangá esta conversa já revela a classe de herói do garoto para a princesa, que imediatamente reage negativamente. No anime a classe dele só foi revelado quando eles chegaram na presença do rei.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Reação de Flare no mangá de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

Inclusive, não é possível perceber o desapontamento de Flare no anime, pois ela mal reage à essa informação na adaptação.

Uma coisa que esqueci de mencionar: No mangá, a visão de toda a criação de Keyaru também revela os status e níveis, força, velocidade, magias, etc, de todos que ele observa.

Esse recurso não foi trazido para a animação, mas acredito que tenha sido melhor assim.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Comparação do rei no mangá e no anime de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

Depois que fica claro ao rei a classe de heroi de Keyaru ele solicita a ajuda do mesmo. Uma espadachim muitíssimo habilidosa foi ferida em combate e teria perdido seu braço. Essa seria a primeira vez que o garoto usaria seus poderes.

Após isso, a transição leva o protagonista para seu quarto no castelo onde está cansado após todo o treino durante o dia. E é aqui que as coisas ficam interessantes, mas nem tanto.

Uma empregada invade o quarto, fica nua num instante e parte pra cima do garoto.

No mangá Keyaru se lembrava disso. Na primeira de suas vidas talvez não soubesse o que aquilo significava, mas agora, com todo o conhecimento, sabia que estava apenas sendo usado.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Recortes do mangá de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

Meio aleatória essa forma de “subir de nível”. Enfim.

Keyaru tentou resistir, mas havia acabado de se tornar um herói, estando nivel 1, sem muito treinamento. Podemos lembrar que ele também tinha acabado de completar 14 anos?

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Recortes do mangá de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

Sem ter como reagir, sendo até segurado na cama em algumas cenas, Keyaru sofre esse abuso mas decide que não será como da outra vez.

Usando seu conhecimento ele começa a roubar experiencia da empregada toda vez que é abusado.

Uma semana se passa e, sem sombra de dúvidas, fica provado que a empregada não tinha qualquer sentimento pelo jovem. Repare na mudança de comportamento depois que o tempo de estadia do garoto no castelo acabou.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Recortes do mangá de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

Voltando a atenção para essas cenas no anime, a parte do abuso foi retirada totalmente.

Keyaru lembrava do que acontecia como uma boa memória e já havia decidido se aproveitar das empregadas, que inclusive, na adaptação são várias e não apenas uma.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Foto Reprodução: Anime De Kaifuku Jutsushi No Yarinaoshi

Não que essa mudança altere a história de forma gigantesca, mas ela servia para mostrar como ninguém tinha qualquer afeto pelo garoto.

Na animação as empregadas foram transformadas em vadias tolas. Perdeu-se a frieza desse momento e o que ele representava.

No lado positivo, vale mencionar que o estúdio teve culhões para não cortar completamente essas cenas de sexo, bem animadas inclusive.

Seguindo adiante.

Chega a famosa espadachim que perdeu seu braço durante uma batalha: Kuhera.

No mangá, Kuhera tem uma página inteira dedicada a contar sua história e seus feitos com a espada. Ela é representada como séria e cordial no mangá além de ter o apelido de “Santa da Espada”.

No anime, porém, ela parece gentil demais. Logo na primeira cena está sorrindo para o nada e depois para Keyaru. Uma mudança de personalidade numa adaptação nunca é coisa boa.

Outro fato interessante é que o seu braço cortado foi completamente censurado no anime.

No mangá ela usa uma armadura de batalha e possui um cotoco de braço enfaixado, enquanto que no anime ela veste roupas confortáveis de manga comprida.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Comparação de Kuhera no anime e mangá de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

E não é só isso. No mangá, Keyaru pede que a moça retire sua armadura para que ele possa tocar suas costas e no anime ele apenas toca em seu cabelo.

Essa foi uma das cenas que mais me incomodou, particularmente.

A forma como Kuhera se comporta no anime, toda fofinha, como uma onee-san não se parece nada com a Kuhera severa e rígida do mangá.

Mas ao mesmo tempo, é impossível só falar mal dessa cena. O momento em que Keyaru cura o membro da espadachim e absorve toda sua dor e suas lembranças é um dos melhores momentos desse episódio.

Por fim, ambas demonstram preocupação com Keyaru que acabou desmaiado depois de usar a magia. Particularmente, acho que eles estão pegando muito leve com as representações de dor do herói em comparação com o mangá.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Comparação anime e mangá de Kaifuku jutsushi no yarinaoshi

Tanto no anime quanto no mangá, Kuhera se mostra muito agradecida e diz ter uma dívida com Keyaru, saindo logo em seguida. O protagonista ainda permanece no chão.

Nessa parte, o mangá enfatizou o interesse do sacerdote que os acompanhava no evento. Ele estava realmente empolgado e interessado nos poderes do rapaz, mas não de uma forma positiva.

O anime não faz a coisa na mesma intensidade que o mangá mas não omite o interesse do sacerdote.

Após isso, podemos ver Flare mostrando seu lado podre uma última vez antes de Keyaru reafirmar sua sede de vingança pela princesa.

Kaifuku jutsushi no yarinaoshi: primeiro episódio e comparação ao mangá – 1 real o anime
Comparação Anime E Mangá De Kaifuku Jutsushi No Yarinaoshi

Por fim, temos a ending do episódio, onde podemos ver diversas personagens não apresentadas até o momento, nem no mangá, nem no anime.

Conclusão

Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi Carrega a promessa de ser um anime polêmico. Nesse primeiro episódio pudemos ver diversas diferenças entre o mangá e o anime.

Nada que mudasse drasticamente a experiência de nenhuma das duas produções. Tanto o mangá quanto o anime possuem seus momentos.

As duas principais mudanças criticadas nesta postagem são a cena de abuso sofrido por Keyaru e a “foficação” de Kuhera.

Ainda que seja compreensível a empresa optar por não animar uma cena de abuso sexual, transformá-la em uma cena de sexo consensual não só vai contra o objetivo original como nem parece certo no final das contas.

Além de que o envolvimento dos personagens nas cenas foi completamente modificado na adaptação. Esta cena poderia ter sido amenizada de uma outra forma que não fosse banalizando toda a situação e o contexto original.

Já a cena da espadachim Kuhera, não vejo motivos para torná-la uma personagem tão diferente do original. Bad move.

No final das contas, Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi, Redo of the Healer, cumpre com a proposta. Por enquanto. Resta saber se os próximos episódios da adaptação serão fieis e bem adaptados.

Se tiver gostado dessa publicação, deixe um comentário. Tentaremos trazer conteúdo de diversos animes nesse e em outros formatos.

Se a repercussão for positiva, quarta ou quinta-feira teremos uma nova publicação sobre o episódio 2 de Kaifuku Jutsushi no Yarinaoshi.

Você também pode gostar de:

The Boys | Herogasm vai acontecer na série

The boys | herogasm vai acontecer
Kaifuku Jutsushi No Yarinaoshi: Primeiro Episódio E Comparação Ao Mangá - 1 Real O Anime 1

É isso mesmo que você leu, o Herogasm vai acontecer e já tem até mesmo um episódio marcado para isso. Não sei se quero realmente ver essa cena, mas ela com certeza tem a minha atenção.

Você pode ler a matéria completa neste link.

Para notícias sobre animes, games e mais, fique ligado no portal 1 Real a Hora e no nosso Facebook.

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More