Estúdio Ufotable deve 400 milhões de ienes em impostos!

Mais um capítulo da novela envolvendo o estúdio Ufotable veio à tona, para quem ainda não sabe o que está ocorrendo, o estúdio Ufotable conhecido por produzir excelentes colírios para os olhos como a saga Fate e a promessa da temporada Demon Slayer está sob investigação por sonegação fiscal, ou seja, fraude no imposto de renda. 

A revista Weekly Bunshun Digital de Bungeishunju informou na última sexta-feira que o estúdio de animação ufotable supostamente deve 400 milhões de ienes (cerca de US$ 3,57 milhões) em impostos, de acordo com uma fonte do Departamento de Tributação Regional de Tóquio. O relatório também indicou que o estúdio ufotable é suspeito de apropriar-se indevidamente de fundos arrecadados de um leilão de caridade para o terremoto de Tōhoku em 2011, uma violação do Código Penal que leva uma sentença de prisão não superior a 10 anos.

Weekly Bunshun Digital também citou uma fonte de dentro do estúdio que o fundador da empresa, diretor representante e presidente Hikaru Kondo ficou em casa e consultou seu advogado todos os dias após o relatório original da investigação.

A revista semanal Bunshun Digital informou há três semanas que o Escritório Regional de Tributação de Tóquio conduziu uma busca nos escritórios do estúdio em 12 de março como parte da investigação. As buscas foram conduzidas nos cafés da empresa em Kōenji e Tokushima, bem como no estúdio de animação em Shimoigusa. De acordo com o relatório, Kondo supostamente recebeu diretamente parte da receita obtida com as vendas de mercadorias do estúdio.

Se quiser entender mais detalhes, clique aqui.