Autor: Victor

Azusa rp: o primeiro mmordg na steam

Azusa RP: O primeiro MMORDG na Steam

Totalmente inspirado em Cavaleiros do Zodíaco, Azusa RP Online é o primeiro MMORDG (Multi Massive Online Roleplay Driven Game) a fazer parte da Steam. O foco de Azusa é permitir que o jogador possa ter total liberdade dentro do jogo, ou seja, você pode construir sua história e seu personagem da forma que você desejar (podendo ser desde um padeiro até um Deus). Em suma, somos apresentados a um universo com infinitas possibilidades.

O jogo segue o conceito do Role play, onde você cria seu personagem e interpreta sua própria história como se fosse um RPG de mesa com o auxílio de administradores para ver se tudo está progredindo como deve. Você pode criar seu personagem da forma que quiser para ser o que desejar, inclusive evoluir para algo maior caso queira. Por exemplo, você pode começar como um simples fazendeiro e se tornar um guerreiro. Para progredir dentro do jogo, é necessário aprender técnicas, treinar o modo de combate com o seu personagem e realizar outras atividades, além, é claro, de matar inimigos e upar de nível.

Uma coisa muito interessante é que, conforme ocorre o progresso do seu personagem, ele também envelhece e pode morrer. Por conta disso existe o sistema de reencarnação, onde você pode redistribuir os pontos ganhos com o antigo personagem no seu novo.

Anuncio Publicitário

A mecânica do jogo funciona com os RPP’s (Role Play Points), que são pontos ganhos conforme você joga e interage com a história e com os outros jogadores, podendo ser usados para comprar pontos de atributos, mais cosmo, masterização de meditação, aprendizado de alguma técnica de treino aleatória, dentre outras opções – como resultado, isso acaba incentivando ainda mais a interação no jogo. Como classes, temos: Fighter, Master e Civilian. O Fighter acaba sendo voltado para o combate, o Master para o treino de combate e o Civilian para a construção de cidades, itens e desenvolvimento da economia de uma região. Vale ressaltar que nesse jogo nenhuma classe é melhor do que a outra.

Além disso, o jogador poderá participar de eventos e trials que podem estar pré-definidos para o desenvolvimento da história ou não – o que torna tudo bem mais interessante, visto que a qualquer momento um administrador do jogo pode criar um evento aleatório para que ocorra maior interação dos players.

Caso você seja fã de um bom RPG de mesa, Azura ZP Online pode ser o jogo sensacional para você. Com uma mecânica inédita e desenvolvido totalmente aqui no Brasil, o jogo chega amanhã no Steam e deve custar em torno dos 28-38 reais. Caso esteja interessado em saber mais do jogo e de sua mecânica, confira a página no Steam.

Anuncio Publicitário
Ccxp 2018 | confira o que rolou no painel da paramount

CCXP 2018 | Confira o que rolou no painel da Paramount

Hoje (06/12/2018) foi o primeiro dia da Comic Con Experience 2018! E tivemos o painel da Paramount, no qual conferimos diversos lançamentos da empresa.

bumblebee-2018-movie-me-2778823-4594909

O principal foi Bumblebee, filme solo do autobot que irá lançar dia 25 desse mês. Durante o painel, nos foi apresentado uma cena inédita do filme, onde vimos o primeiro contato da protagonista com o robô. Basicamente, a cena mostra a rotina de Charlie (interpretada por Hailee Steinfeld) e, após isso, vimos ela indo para uma espécie de feira de carros, onde ela encontra o fusca amarelo no qual Bumblebee se transformou para fugir dos Decepticons. É mostrado que, durante uma luta com eles, ele é ferido, quase morto e por conta disso perdeu sua memória. Charlie compra o fusca e o leva para a casa e, então, ele se revela como um transformer. De cara já sentimos a química entre Charlie e Bumblebee (nome dado pela personagem, já que ele não se lembrava de como era chamado). Outra cena mostra a vilã do longa, a decepticon Shatter, onde é revelado que eles dizem ser ”salvadores” e, por conta disso, o personagem de John Cena confia neles.

O produtor do longa, Lorenzo di Bonaventura, conversou com os fãs sobre como Bumblebee é um filme nostálgico, que nos lembra bastante os desenhos antigos de Transformers.

Anuncio Publicitário

Além disso, a Paramount revelou também um vídeo mostrando os seus próximos lançamentos, junto com o visual de Sonic em seu filme live-action e de trechos da continuação de Top Gun, onde vimos flashbacks do filme original. Também foi revelado a logo oficial de Um Lugar Silencioso 2 e teasers de Bumblebee, O Cemitério Maldito e Rocketman. Futuramente, o conteúdo deve acabar sendo divulgado na internet.

A CCXP 2018 acontece entre os dias 6 e 9 de Dezembro, fiquem ligados aqui no site e em nosso Instagram e confiram a cobertura do evento!


Anuncio Publicitário
Red dead redemption 2 codigos

red dead redemption 2 codigos

Foi lançado ontem para Playstation 4 e Xbox One o tão aguardado jogo da Rockstar Games, Red Dead Redemption 2. E como já é de costume entre os jogos da empresa, o game possui códigos para conseguir alguns benefícios durante a jogatina ou até mesmo para a tornar mais divertida que de costume.

red-dead-2-1264738-2161018

Para ativar os códigos, é só apertar o botão de pause durante o jogo e ir em configurações. Lá, terá a opção de ativar o cheat, e então é só digitar o código desejado. Pode ser necessário completar algum objetivo para ter acesso ao cheat. Confira abaixo a lista com os códigos e suas determinadas funções no jogo:

  1. I shall be better: Desbloqueia Olhos da Morte Nível 3
  2. I seek and I find: Desbloqueia Olhos da Morte Nível 5
  3. Better than my dog: Chama cavalo de qualquer lugar
  4. Run! Run! Run!: Gerar cavalo de corrida
  5. A fool on command: Modo bêbado
  6. You flourish before you die: Preenche todas as barras
  7. Keep yourdreams simple: Gera carroça
  8. Abundance is the dullest desire: Munição infinita (compre New Hanover Gazette No. 27 em Valentine)
  9. Greed is an American virtue: Desbloqueia armamento pesado (compre jornal no Capítulo 3)
  10. You long for sight but see nothing: Mapa revelado (compre jornal no Capítulo 3)
  11. Virtue unearned is not virtue: Honra aumentada (compre Saint Denis Times #48)
  12. You seek more than the world offers: Fortalece barras (compre Hanover Gazette #36)
  13. You are a beast built for war: Gera cavalo de guerra (compre Blackwater Ledger #72)
  14. The lucky be strong evermore: Stamina infinita (jornal desconhecido)
  15. Would you happier as a clown?: Gera carroça de circo (compre Blackwater Ledger #72)

Vale lembrar que, enquanto o código estiver ativo na jogatina, o jogador não poderá desbloquear conquistas ou troféus até que o mesmo seja desativado. Boa diversão!

Anuncio Publicitário

Créditos: The Enemy.

Confira a descrição da cena exibida na nycc de x-men: fênix negra

Confira a descrição da cena exibida na NYCC de X-Men: Fênix Negra

Durante a New York Comic Con foi exibida uma cena inédita de X-Men: Fênix Negra em seu painel, revelando um pouco mais sobre a Jean Grey e como os poderes da fênix despertam nela. Confira a descrição da cena, traduzida do Cinema Blend:

sophie-turner-as-jean-grey-in-x-men-apocalypse-2808747-9968621

A cena começa durante o lançamento da missão espacial Endeavor, em 1992. A base de controle da missão nota uma anomalia antes de perder contato com a nave. Por sorte, os X-Men estavam vendo o lançamento pela TV, se preparam para entrar em ação. O Professor X pergunta para o Fera se o novo jato é capaz de voar no espaço e ele tenta dissuadir o líder do grupo, mas Xavier recebe uma ligação do presidente e a missão de resgate é iniciada. Os X-Men são agora um grupo de heróis conhecido, com direito a merchandising próprio, e o mundo passa a acompanhar seu trabalho. A equipe de resgate é formada por Noturno, Ciclope, Tempestade, Fera, Mercúrio, Jean Grey e Mística. Logo eles encontram a Endeavor girando sem controle próxima a uma nuvem dourada. Ciclope consegue diminuir o movimento da nave ao acertar um dos motores usando um dispositivo que permite com que use suas habilidades de dentro do jato. Noturno e Mercúrio se teleportam para a nave e recolhem a tripulação enquanto Tempestade usa suas habilidades para que a nave permaneça estável. O comandante da nave é deixado para trás e Mística quer dar a volta para retornar à Terra. Xavier diz que Jean pode manter a nave inteira para que a equipe possa encontrá-lo. Porém, Jean diz que precisa estar dentro da nave para fazer isso. Noturno a teleporta e resgata o comandante, mas precisa retornar antes de encontrar Jean. A nuvem dourada toma conta da nave e depois se dissipa. Os X-Men recolhem o corpo de Jean, acreditando que ela está morta, entretanto ela acorda como se nada tivesse acontecido.

X-Men: Fênix Negra chega aos cinemas em 7 de Junho de 2019.

Anuncio Publicitário
Vício em videogames é classificado como transtorno mental pela oms

Vício em videogames é classificado como transtorno mental pela OMS

Nesta segunda-feira (18/06), foi decidido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que o vício em videogames é classificado como um transtorno de saúde mental. Ano passado, a organização já havia anunciado que isso iria acontecer através da primeira versão do texto atualizado da Classificação Internacional de Doenças (CID), sendo esta a décima primeira edição do artigo – sua última versão é de 1992.

De acordo com o texto que afirma isso, o transtorno é caracterizado por fazer com que as jogatinas sejam mais importantes do que outros detalhes da vida pessoal do indivíduo, como por exemplo estudos, relacionamentos, profissão e com a persistência do mesmo na sua jogatina mesmo que esteja ocorrendo consequências negativas em sua vida por conta disso.

Segundo a OMS, classificação do transtorno do videogame poderá ajudar os pais e outras autoridades a identificar os sintomas, enquanto a ONU afirma que esses casos são raros (sendo menos de 3% dos jogadores). Em uma entrevista à BBC, Richard Graham disse que a classificação é importante por identificar algo que deve ser levado a sério e é importante para a criação de tratamentos mais especializados. O médico britânico afirma que essa medida pode acabar deixando alguns pais confusos aos acharem que seus filhos estão doentes, enquanto eles só são jogadores empolgados com seus hobbies e as novidades sobre esse mundo.

Anuncio Publicitário
0-4-9684976-5617212

A classificação indica que para alguém ser diagnosticado com o transtorno, os sintomas precisam estar explícitos em um período de 12 meses. São fatores para o diagnóstico a falta de controle na frequência, a prioridade dada aos jogos, a duração e a intensidade das jogatinas e por aí vai. Também foi classificado pela OMS um padrão de comportamento, chamado de Jogatina Arriscada – onde o indivíduo tem risco de causar danos físicos e psicológicos a si próprio ou a outros ao seu redor por conta dos jogos. Como exemplo, temos os casos no qual o indivíduo deixa de consumir água ou alimentos para continuar na jogatina.

The pokémon company anuncia novidades da franquia em conferência

The Pokémon Company anuncia novidades da franquia em conferência

Durante uma conferência para jornalista, que está ocorrendo em Tóquio, a The Pokémon Company anunciou hoje (29/05) que dois jogos da franquia Pokémon serão lançados em breve.

Ainda esse ano, teremos um novo jogo de Pokémon para o Nintendo Switch: trata-se de Pokémon Let’s Go.

https://www.youtube.com/watch?v=q9xb-DCHXUM

A empresa deixou claro que não se trata de um novo título da franquia ou coisa do gênero, mas sim uma versão reimaginada de Pokémon Yellow – porém, com uma história nova. O jogo terá duas versões: Pikachu e Eevee. Uma novidade que a empresa falou a respeito do novo game é que os Pokémons capturados em Pokémon GO poderão ser transferidos para o jogo.

Anuncio Publicitário
deaifnev0aa9gbl-5884503-3726486

Junto com Pokémon Let’s Go, será lançado uma pokébola que funcionará como controle e terá interação com o jogo. Confira o tweet na qual a empresa faz o anúncio do dispositivo:

Pokémon Let’s Go deve ter mais detalhes divulgados na E3 2018. Enquanto isso, sabemos que a previsão de lançamento está para 16 de Novembro.

Anuncio Publicitário

Outro game da franquia anunciado hoje foi Pokémon Quest, que será lançado gratuitamente para o Switch e para celulares e segundo o que foi revelado, ele será uma aventura de exploração e terá total interação com o novo console da empresa.

Segundo o tweet acima, o game será para todas as idades e que será um jogo free-to-start, ou seja, o seu download é gratuito mas para continuar jogando você precisará pagar algum valor. Porém, ainda não foram divulgados como irá ocorrer as transições dentro do título. Além disso, outros detalhes divulgados no twitter de Pokémon foi que o jogo vai ser focado na construção e na exploração de um novo mundo, com novos pokémons e easter eggs escondidos pelo mapa.

Anuncio Publicitário

Sobre Pokémon GO: o executivo da The Pokémon Company comentou que o jogo bateu 800 milhões de downloads, contados desde o dia que ele lançou em 2016.

Para encerrar as novidades do dia, a Nintendo anunciou que o novo título da franquia Pokémon será lançado em 2019, com uma nova geração de pokémons, para o Nintendo Switch. Agora, só nos resta esperar mais detalhes – que possivelmente virão na E3 2018.

Anuncio Publicitário
deagyn_uqaagiqf-2004396-6058949

Vingadores: guerra infinita | confira as primeiras reações ao longa

Vingadores: Guerra Infinita | Confira as primeiras reações ao longa

Nessa segunda-feira (23/04), Vingadores: Guerra Infinita foi exibido em Los Angeles pela primeira vez. Além de atores e outros famosos da indústria, o evento contou também com alguns jornalistas que compartilharam um pouco do que acharam do filme no Twitter – visto que as críticas só serão liberadas para o público a partir de hoje a noite.

Alguns descrevem o filme como o melhor da Marvel e não poupam elogios, outros ficaram um pouco decepcionados com o longa. Confira abaixo algumas reações:

Vingadores: Guerra Infinita coloca todas as cartas na mesa e destrói tudo. É mais sombrio que o normal, mas ainda há muito humor e entretenimento. Thanos é assustador e quebra tudo sem nenhum perdão. Tem ruído de blockbusters? Sim, mas há emoções ligadas a isso.

Tem problemas? Claro que sim, é uma festa de socos, mas eu gostei. Especialmente da dinâmica desses times inesperados. Quero ver um spin-off de comédia do Thor e do Rocket Racoon.

Eu vi Guerra Infinita no começo da noite e posso dizer que o filme entrega o que prometeu. Muitas interações divertidas entre personagens, alguns momentos legais, como os poderes do Thor e a armadura do Homem de Ferro, e até alguns momentos emocionantes. O humor é ótimo, e o Capitão América também

Acabei de sair da première de Vingadores. O filme é incrível, é épico em outro nível. É tudo que você quer que ele seja. Homem de Ferro e Capitão América destroem tudo nos primeiros quinze minutos. Fãs da Marvel vão amar – facilmente um dos cinco melhores do estúdio.

Anuncio Publicitário

Guerra Infinita tem umas dez partes que vão te arrepiar. Mas é óbvio que se trata da parte um de um filme duplo, portanto eu sai da sala frustrado/insatisfeito. Assim que eu me sinto três horas depois de ver.

Agora, é só esperar até o dia 26 para conferirmos se o filme realmente é isso que estão dizendo. Enquanto Vingadores: Guerra Infinita não estreia, a Marvel lançou uma campanha contra spoilers em um vídeo bem humorado! #ThanosDemandsYourSilence

Anuncio Publicitário

Uma jornada cinematográfica sem precedentes produzida por dez anos através todo o Universo Cinematográfico da Marvel, Vingadores: Guerra Infinita traz para as telas a batalha definitiva e mais mortal de todos os tempos. Os Vingadores e seus super-heróis aliados precisam estar dispostos a sacrificar tudo em uma tentativa de derrotar o poder de Thanos antes que sua onda de devastação e ruína coloque um fim no universo.

Vingadores: Guerra Infinita chega aos cinemas brasileiros em 26 de Abril.

Fique de olho aqui no site e confira nossa crítica a respeito do filme!

Anuncio Publicitário
Teoria de fã comenta sobre o significado da cena deletada de liga da justiça

Teoria de fã comenta sobre o significado da cena deletada de Liga da Justiça

Na rede social Vero, um usuário chamado Nick Albright comentou recentemente sobre uma teoria que teve acerca da escolha feita pelo Homem de Aço na cena deletada de Liga da Justiça: a cena em questão é quando ele escolhe o uniforme vermelho e azul no lugar do preto.

https://www.youtube.com/watch?v=MxquS8JYUuY

Segundo o usuário, a escolha tem ligação com a fala de Jonathan Kent em Man of Steel sobre como Kal-El iria mudar o mundo e que algum dia ele teria que escolher entre proteger ou destruir a humanidade, e ao escolher o uniforme clássico ele decide proteger o planeta Terra.

Estou revendo O Homem de Aço e estou começando a pensar que originalmente a cena deletada de Liga da Justiça era para ser mais que um easter egg. Acredito que seria uma referência a essa frase de O Homem de Aço: ‘Todas essas mudanças que você está passando, um dia você as verá como uma benção. E quando esse dia chegar, você terá que fazer uma escolha: escolher se você continuará de cabeça erguida e orgulhoso na frente da raça humana ou não’. Clark deliberadamente escolhe voltar para seu uniforme clássico azul e vermelho ao invés do uniforme preto.”  – Disse Albright na rede.

Anuncio Publicitário

E o melhor de tudo isso é que o próprio diretor, Zack Snyder, confirmou essa suposição!

”É justamente isso (que você disse) e agora, de certa maneira, ele nasceu “duas vezes”. Uma em Krypton e outra na Terra. E é essa realidade que ele conhece agora e está refletindo conforme anda pela nave.” – Respondeu Snyder.

Você pode conferir a sequência das mensagens logo abaixo, em prints do aplicativo publicados pelo autor da teoria:

Anuncio Publicitário

O que podemos esperar do cinema em 2018?

O que podemos esperar do cinema em 2018?

2017 foi um bom ano para o cinema, com altos e baixos – porém mais acertos do que fracassos. Tivemos excelentes longas como Mulher-Maravilha, Dunkirk, Logan, IT: A Coisa, Planeta dos Macacos – O Confronto, Power Rangers, Blade Runner 2049 e muito mais. Enquanto outros, onde podemos citar Transformers: O Último Cavaleiro, Alien: Covenant, A Múmia, Death Note, Max Steel, merecem um Framboesa de Ouro. Com isso, temos uma pergunta em mente: o que podemos esperar do cinema em 2018?

Com tantos títulos promissores no calendário de lançamentos, já tivemos um bom começo com o lançamento de Jumanji: Bem-vindo a Selva que, diferente do que eu achava, foi um bom filme para assistir no início do ano. Nesse mês de Janeiro, também teremos Artista do Desastre, filme que reúne os irmãos Franco e conta com a direção e atuação de James Franco. O longa já foi exibido na 19ª edição do Festival do Rio, onde recebeu diversas críticas positivas. Outro lançamento muito esperado é do terceiro filme da série Maze Runner: A Cura Mortal, que adapta o terceiro livro da série de mesmo nome.

O destaque de Fevereiro fica para Pantera Negra, o primeiro filme de heróis do ano. No longa, acompanharemos T’Challa retornando para Wakanda após os eventos de Capitão América: Guerra Civil. O longa é dirigido por Ryan Coogler e tem no elenco Chadwick Boseman, Michael B. Jordan, Danai Gurira e Lupita Nyong’o, entre outros nomes. Além disso, temos a presença de Kendrick Lamar na trilha sonora do filme, que já teve sua primeira faixa revelada. Sem dúvidas, esse é um dos filmes mais esperados do ano por conta de sua forte representatividade.

Anuncio Publicitário

Nesse mesmo mês, temos Cinquenta tons de Liberdade – o terceiro longa baseado na franquia de livros E.L. James, Todo o Dinheiro do Mundo, A Grande Jogada e Trama Fantasma.

tomb-raider-alicia-vikander-1-5884301-6956123

Já em Março, temos três grandes filmes que são esperados por muitos, inclusive por mim: Tomb Raider – A Origem, Jogador nº 1 e Círculo de Fogo – A Revolta.

Em Tomb Raider, veremos a adaptação do jogo lançado em 2013. Na história, acompanharemos Lara Croft (interpretada por Alicia Vikander) em sua primeira expedição em uma ilha japonesa, com o objetivo de terminar o trabalho de seu pai e limpar o seu nome. Porém, o que era pra ser uma exploração arqueológica, se torna uma luta pela sobrevivência. Sinceramente? Essa adaptação parece ser promissora e estou torcendo para dar certo. Jogador nº1 é a adaptação, dirigida por Steven Spielberg, do livro de mesmo nome que acompanha Wade Watts em sua jornada dentro de uma realidade virtual para conseguir um prêmio.

Anuncio Publicitário
O que podemos esperar do cinema em 2018?

Abril nos trará um dos filmes mais esperados do ano, Vingadores: Guerra Infinita. Finalmente veremos o resultado dos 10 anos de trabalho do MCU. Como sabemos, o filme vai unir todos os heróis deste universo para enfrentar Thanos, em sua busca pelas joias do infinito.

Solo – Uma História Star Wars é o filme que contará mais sobre Han Solo e está previsto para chegar em Maio. Sinceramente? Não parece que será bom, tanto que até a própria Disney já espera um fracasso com esse filme. Afinal, houve muitos problemas durante sua produção e o elenco não parece ser dos melhores (eu espero quebrar a cara ao ver um bom filme – Han Solo é meu personagem favorito da franquia). Deadpool 2 chegará no final do mês, dia 31 de Maio, e tem tudo para dar certo. Afinal, o mercenário tagarela já provou para o que veio em 2016, no seu primeiro longa.

dqynjfevaaaen7q-2205504-5046280

Teremos Jurassic World: Reino Ameaçado em Junho, porém o destaque é de Os Incríveis 2 – finalmente, teremos a continuação do filme de 2004. Aparentemente, o filme começará do mesmo ponto onde o primeiro terminou e ainda não temos muitas informações sobre o longa, porém sabemos que teremos o Zezé descobrindo seus poderes. Dia 28 de Junho, poderemos ver o filme nos cinemas.

Anuncio Publicitário

Em Julho, teremos mais um filme da Marvel: Homem-Formiga e a Vespa, que é uma sequência do longa lançado em 2015. Não temos informações a respeito da trama. Alita: Anjo de Combate também estará presente nesse mês, onde veremos a história de Alita: uma ciborgue que trabalha como caçadora de recompensa enquanto descobre sobre seu passado. Também teremos, nesse mesmo mês, o sexto longa da franquia Missão Impossível.

Outubro nos trará o filme solo do Venom, que inclusive teve um dos melhores paineis na CCXP de 2017. Apesar de não esperar muito desse filme, estou curioso para assistir. A atuação de Tom Hardy está sendo elogiada pelos produtores e sabemos que o longa será baseado na HQ Protetor Letal, onde temos um acordo entre Venom e Homem-Aranha de que ambos se deixariam em paz desde que o anti-herói saísse da vida do crime.

O que podemos esperar do cinema em 2018?

Para encerrar bem esse ano, teremos em Novembro a continuação de Animais Fantásticos e Onde Habitam, intitulada de Os Crimes de Grindelwald. No filme, veremos a ascensão do vilão e teremos ainda a participação de Dumbledore – interpretado por Jude Law. Além disso: X-Men: Fênix Negra, Bumblebee, Bohemian Rhapsody, Homem-Aranha no Aranhaverso e Aquaman ajudam a fechar o calendário de filmes com chave de ouro (ok, talvez Bumblebee não ajude a fechar com chave de ouro, mas está aí).

Anuncio Publicitário

Aparentemente, 2018 promete ser um bom ano, afinal, ele já mostrou para o que veio logo na primeira semana com bons filmes lançados. Com mais filmes promissores do que bombas, podemos ter um ano positivo para o cinema.

Confira os lançamentos do ano no nosso calendário:

[ATUALIZAÇÃO]: Deadpool 2 e Os Novos Mutantes mudaram suas datas de lançamento. Enquanto a sequência de Deadpool chega dia 18 de Maio, Os Novos Mutantes será lançado só em 2019.

Anuncio Publicitário
Acredite no impossível com o rei do show | review

Acredite no impossível com O Rei do Show | Review

Eu nunca fui muito chegado a musicais, pra dizer a verdade só gostei de um musical a minha vida toda, que foi O Fantasma da Ópera de 2004 (além, é claro, de High School Musical). Entretanto, quando recebi o convite para a cabine de O Rei do Show, decidi dar uma chance ao gênero. Sinceramente? Não me arrependi e acabei saindo do cinema encantado com o filme.

O longa nos conta a história real de P.T. Barnum, onde vamos desde a sua infância na qual precisou sobreviver nas ruas após a morte precoce de seu pai, até sua vida adulta, onde vemos seu relacionamento com sua esposa, Charity, e suas filhas, seguida da sua ascensão no ramo do entretenimento. O roteiro do filme é bem objetivo: mostra o início da carreira de Barnum, sua ascensão, sua queda pela dedicação excessiva ao trabalho e sua posterior redenção. Com uma trama simples que funciona perfeitamente, o diferencial está em sua narrativa e fotografia, que são um show à parte.

Acredite no impossível com o rei do show | review

O elenco do filme, que conta com Hugh Jackman, Zac Efron e Zendaya, atua perfeitamente ao longo da trama, de forma que sentimos suas dores, suas alegrias e nos afeiçoamos por cada um deles. Não há como destacar um ou outro membro do elenco, todos estão de parabéns igualmente: Jackman e Efron tanto na atuação como nas músicas são sensacionais, Zendaya em suas cenas no trapézio que são de tirar o fôlego e todo o elenco que faz parte do grupo de apresentação do circo de Barnum, que possuem performances emocionantes. Um ponto que queria destacar também é sobre o figurino do longa: ele, em combinação com a trilha sonora e a fotografia, trás um ar mágico ao longa que eu de fato não sei explicar, é vendo para sentir.

Anuncio Publicitário

A trilha sonora e a fotografia são o que tornam o filme especial e o transformam em uma obra única, elas se casam de uma forma que é impossível não se emocionar. A música com uma tonalidade pop misturada ao clássico te cativam quase que instantaneamente. É impossível não se deixar levar pelas músicas durante a sessão. Inclusive, assim que sai da sessão já fui procurar a soundtrack do filme na internet e fui ouvindo no metrô enquanto voltava para casa. Jackman está de parabéns ao participar de maior parte delas e mostrar todo o seu talento (novamente) em um musical. Enquanto isso, a fotografia é repleta de luzes e cores, principalmente nas partes do show e nas danças, o que a torna vislumbrante.

mv5byjm2ymqxzwqtzjm2ny00nzgwlthjotktmtc2nmyxndu1ndi1xkeyxkfqcgdeqxvynjuwnzk3ndc-_v1_sy1000_cr0017721000_al_-9237037-7504550

O Rei do Show é um espetáculo nas telas do cinema. Com uma fotografia de tirar o fôlego e com músicas que são um espetáculo sonoro, é um filme que consegue te cativar e causar boas sensações logo de início, que emociona e empolga o espectador do começo ao fim. O objetivo do longa consegue ser alcançado: entreter e fazer com que o público esqueça seus problemas assim que o filme começa. Sem dúvida, esse filme fecha o ano com chave de ouro, e torço para que ganhe os prêmios que está concorrendo no Globo de Ouro, pois é merecedor. Sem dúvida alguma, esse filme entrou para o meu top 5 de melhores filmes de 2017.

Inclusive, vale a pena dar uma conferida na trilha sonora antes do filme pra saber o que lhe aguarda.

Anuncio Publicitário

“O Rei do Show” é um potente e original musical que celebra o nascimento do show business e o sentimento maravilhoso de quando sonhos se realizam. Inspirado pelo ambicioso e imaginativo P. T. Barnum, o filme conta a história do visionário que criou o hipnotizante espetáculo que se tornou uma sensação mundial. “O Rei do Show” é dirigido pelo apaixonado diretor Michael Gracey, que uniu músicas de Benj Pasek e Justin Paul (vencedores do Oscar por “La La Land”), e estrelado por Hugh Jackman no papel principal (indicado ao Oscar). Ainda no elenco: Michelle Williams (indicada ao Oscar), Zendaya, Zac Efron e Rebecca Ferguson.

Anuncio Publicitário

O filme estreia dia 25 de Dezembro nos cinemas, e terá sessões de pré-estréia a partir do dessa quinta-feira, dia 21.

Kylo ren e sua jornada para honrar vader e seu legado

Kylo Ren e sua jornada para honrar Vader e seu legado

AVISO: No texto, contém spoilers de O Despertar da Força e Os Últimos Jedi.

No episódio VII de Star Wars fomos apresentados ao novo vilão dessa trilogia, Kylo Ren, e muitos fãs acabaram não gostando do personagem. O principal motivo foi por ele não ser que nem Darth Vader, por ser mimado e descontrolado, com bastante raiva e conflito dentro de si. Mas, será que ele é mesmo ruim como dizem? Em Os Últimos Jedi, vimos que não.

star-wars-the-force-awakens-ph-film-frame-lucasfilm-2015-3649572

Primeiramente, é importante deixar claro quem Kylo Ren não foi criado para ser um Vader 2.0 ou substituto. Kylo usa as roupas pretas, a máscara, apenas para ter o mesmo respeito que o seu avô e ter ele como guia, um mentor. Sua devoção à imagem que Vader era o faz procurar ser igual através das vestimentas, talvez para acreditar em si mesmo, sem ter medo de não conseguir alcançar seu objetivo. Porém, no novo episódio vimos que ele larga a máscara para ter uma identidade própria, seguindo o que nos foi revelado em O Despertar da Força: ele não quer ser igual a Vader, ele quer ser tão poderoso quanto ele. E sim, ele tem potencial para isso.

Anuncio Publicitário

Nós já somos apresentados ao seu poder logo nos dez primeiros minutos de O Despertar da Força, quando ele consegue parar um tiro de blaster usando a força. Não só isso, ele também decide matar os aldeões de Jakku e, futuramente, tem força o suficiente para matar o seu próprio pai, para esquecer seu passado e conseguir seguir seu legado. Além disso, em Os Últimos Jedi, ele já provou ser um ótimo vilão ao matar Snoke só para tomar o lugar dele de líder supremo. Enquanto Vader era uma marionete de Palpatine, Kylo se voltou contra isso e cortou (literalmente) as cordas que o controlava. Também notamos que, em sua luta contra Luke, ele ataca com o intuito de matar o seu antigo mestre (antes de descobrir que ele era um holograma da força), ou seja, o tanto de ódio, raiva que tem dentro dele o torna forte o bastante para realizar seus objetivos.

khtuirejq0ny67lzfhvv-8689951-3024974

Na luta contra a Rey no episódio VII, Kylo estava ferido pela balestra wookie e podemos notar que o tiro incomodou várias vezes durante a luta, visto que ele se batia para remover o excesso de sangue no local. Outro ponto é o estilo de luta dele, que estava bem precário na hora, tanto que Snoke o chama para concluir seu treinamento. No episódio VIII, vemos que ele melhorou sua técnica de sabre durante a luta dele contra os guardas imperiais de Snoke. O maior problema de Kylo é sua raiva descontrolada, que acaba afetando bastante seu emocional. Esse ponto o torna diferente de qualquer vilão já visto na saga, se ele aprender a direcionar essa raiva, provavelmente se torna um dos melhores vilões de Star Wars.

kylo-ren-rey-luke-skywalker-in-star-wars-the-last-jedi-8d-1920x1080-7257108-4041836

Em suma, Kylo Ren ainda é um vilão em construção. Os surtos, a raiva descontrolada, as explosões sentimentais, tudo isso serve para mostrar que ele ainda está se moldando. E mesmo com esses surtos, ele conseguiu provar todo seu potencial nesse último filme da saga. O grande problema é que o público insiste em comparar o personagem com Vader, e isso não se resume só em Star Wars, se resume a tudo: as pessoas tem essa mania de comparar o novo com o velho, e acabam não querendo aceitar por não ser semelhante. Agora, só nos resta ver a evolução final desse personagem e torcer para que ele se torne tão icônico e reverenciado como Lorde Vader é até os dias de hoje.

Anuncio Publicitário
Ccxp 2017 | confira como foi o painel da warner no evento

CCXP 2017 | Confira como foi o painel da Warner no evento

Nesse último dia de Comic Con Experience tivemos a presença da Warner, em um grande painel.  Primeiramente, tivemos a apresentação de Jogador Número 1 com a presença de Tye Sheridan, protagonista do longa, e Simon Pegg no palco. Eles falaram um pouco sobre o longa e como foi o processo das filmagens. Após isso, fomos apresentados ao novo trailer que, inclusive, já foi disponibilizado online.

Tivemos um vídeo recapitulando os filmes de terror da empresa e mostrando as novidades que teremos ano que vem: A Freira (baseado em Invocação do Mal) e It: A Coisa 2. Dwayne Johnson apareceu em vídeo para promover seu novo filme, Rampage.

Sobre Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, tivemos um vídeo com Eddie Redmayne, protagonista do longa, e foi mostrado a imagem com todo o elenco que já vimos anteriormente. Além disso, falaram sobre a data de lançamento: 15 de Novembro de 2018.

Anuncio Publicitário
Ccxp 2017 | confira como foi o painel da warner no evento

A atração principal do painel foi a presença de Alicia Vikander, Lara Croft em Tomb Raider: A Origem. Ela falou em entrevista sobre o filme e as cenas de ação nas quais participou, ela também ficou bastante emocionada ao ser aplaudida de pé pelo público, dizendo que esse foi o primeiro momento que ela se sentiu como uma estrela. Ela foi super simpática e tirou uma foto com vários cosplayers que foram baseados no jogo de 2013.

dqtldnrx0aaktqt-6462059-4036216
Créditos: Omelete

A última atração foi voltada para a DC, onde Jason Momoa apareceu para divulgar Aquaman e mostrar as logos dos próximos filmes: Aquaman, Shazam!, Mulher-Maravilha 2, Esquadrão Suicida 2, Liga da Justiça Sombria, Tropa dos Lanternas Verdes, Flashpoint e Batgirl.

Anuncio Publicitário
Jurassic world fallen kingdom k

CCXP | Vimos o trailer de Jurassic World: Reino ameaçado; Confira a descrição

Tivemos nessa quinta, durante a Comic Con Experience, o painel da Universal Pictures, no qual fomos apresentados ao primeiro trailer de Jurassic World: Reino Ameaçado. Confira a descrição do trailer, que vai ao ar amanhã (08/12):

O trailer começa com Claire e Owen, este parecendo viver escondido. Eles conversam sobre o primeiro longa e ela pede que Owen retorne a ilha, pois há um vulcão ativo que está ameaçando os dinossauros. Owen é convencido ao saber que Blue – o velociraptor criado por ele desde filhote – também está em perigo. Cenas com os animais são exibidas e frases questionam se os dinossauros merecem a mesma proteção que os outros animais. Ian Malcolm aparece em um tribunal para discursar sobre a responsabilidade moral dos homem. Ele frisa, porém, que as criaturas estavam na Terra antes de nós, e salvá-los agora pode fazer com que os dinossauros permaneçam na Terra depois dos humanos. A Ilha Nublar não é mais um local de turismo, os animais vivem soltos.

Owen fica cara a cara com Blue e tenta repetir a cena do filme anterior, na tentativa de domar o animal, sem sucesso. O T-Rex aparece, anestesiado em um contêiner, e depois salvando os humanos. Um duelo de dinossauros diante do vulcão explodindo é mostrado.

Anuncio Publicitário

Enquanto os humanos são perseguidos e tentam fugir dentro de um giroscópio, a frase icônica da franquia é repetida na voz de Malcolm: “A vida encontra um caminho”. Os três humanos caem em um penhasco direto no mar ou em um lago, fugindo do fogo que se espalha pela ilha, e toda sorte de espécies de dinossauros, também em fuga, caem logo atrás.

O vídeo será divulgado amanhã e, assim que sair, será postado aqui! Confira a cobertura da CCXP 2017 no nosso Instagram.

Anuncio Publicitário
Critics choice awards anuncia os indicados de 2018

Critics Choice Awards anuncia os indicados de 2018

O Critics Choice Awards, premiação feita anualmente desde 1995 que honra as melhores realizações cinematográficas, anunciou hoje os indicados de sua nova edição. Entre os participantes, temos Patrick Stewart e Dafne Keen, que foram indicados por Logan.

Também temos na disputa o novo filme de Guillermo del Toro, que chama a atenção por estar em 14 categorias. Sobre séries: temos Fargo e Big Little Lies com cinco indicações. Confira a lista completa dos indicados:

CINEMA

Anuncio Publicitário

Melhor Filme

  • Doentes de Amor
  • Me Chame Pelo Seu Nome
  • O Destino de Uma Nação
  • Dunkirk
  • Projeto Flórida
  • Corra!
  • Lady Bird
  • A Forma da Água
  • Três Anúncios Para um Crime

Melhor Ator

  • Timothée Chalamet – Me Chame Pelo Seu Nome
  • James Franco – The Disaster Artist
  • Jake Gyllenhaal – O Que Te Faz Mais Forte
  • Tom Hanks – The Post
  • Daniel Kaluuya – Corra!
  • Daniel Day-Lewis – Trama Fantasma
  • Gary Oldman – O Destino de Uma Nação

Melhor Atriz

Anuncio Publicitário
  • Jessica Chastain – A Grande Jogada
  • Sally Hawkins – A Forma da Água
  • Frances McDormand – Três Anúncios Para um Crime
  • Margot Robbie – I, Tonya
  • Saoirse Ronan – Lady Bird
  • Meryl Streep – The Post

Melhor Ator Coadjuvante

  • Willem Dafoe – Projeto Flórida
  • Armie Hammer – Me Chame Pelo Seu Nome
  • Richard Jenkins – A Forma da Água
  • Sam Rockwell – Três Anúncios Para um Crime
  • Patrick Stewart – Logan
  • Michael Stuhlbarg – Me Chame Pelo Seu Nome

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Mary J. Blige – Mudbound
  • Hong Chau – Pequena Grande Vida
  • Tiffany Haddish – Girls Trip
  • Holly Hunter – Doentes de Amor
  • Allison Janney – I, Tonya
  • Laurie Metcalf – Lady Bird
  • Octavia Spencer – A Forma da Água

Melhor Ator/ Atriz Jovem

Anuncio Publicitário
  • Mckenna Grace – Gifted
  • Dafnee Keen – Logan
  • Brooklynn Prince – Projeto Florida
  • Millicent Simmonds – Sem Fôlego
  • Jacob Tremblay – Extraordinário

Melhor Elenco

  • Dunkirk
  • Lady Bird
  • Mudbound
  • The Post
  • Três Anúncios Para um Crime

Melhor Diretor

  • Guillermo del Toro – A Forma da Água
  • Greta Gerwig – Lady Bird
  • Martin McDonagh – Três Anúncios Para um Crime
  • Christopher Nolan – Dunkirk
  • Luca Guadagnino – Me Chame Pelo Seu Nome
  • Jordan Peele – Corra!
  • Steven Spielberg – The Post

Melhor Roteiro Original

Anuncio Publicitário
  • A Forma da Água
  • Lady Bird
  • Doentes de Amor
  • The Post
  • Três Anúncios Para um Crime
  • Corra!

Melhor Roteiro Adaptado

  • Me Chame Pelo Seu Nome
  • The Disaster Artist
  • Mudbound
  • A Grande Jogada
  • Extraordinário

Melhor Fotografia

  • Blade Runner 2049
  • Dunkirk
  • A Forma da Água
  • Mudbound
  • Me Chame Pelo Seu Nome

Melhor Design de Produção

Anuncio Publicitário
  • A Forma da Água
  • Assassinato no Expresso do Oriente
  • Dunkirk
  • Blade Runner 2049
  • A Bela e a Fera
  • Trama Fantasma

Melhor Edição

  • The Post
  • Em Ritmo de Fuga
  • Dunkirk
  • Blade Runner 2049
  • A Forma da Água

Melhor Design de Figurino

  • Blade Runner 2049
  • Trama Fantasma
  • A Bela e a Fera
  • Mulher-Maravilha
  • A Forma da Água

Melhor Cabelo e Maquiagem

Anuncio Publicitário
  • A Bela e a Fera
  • O Destino de Uma Nação
  • I, Tonya
  • A Forma da Água
  • Extraordinário

Melhores Efeitos Visuais

  • Blade Runner 2049
  • Dunkirk
  • A Forma da Água
  • Thor: Ragnarok
  • Planeta dos Macacos: a Guerra
  • Mulher-Maravilha

Melhor Animação

  • The Breadwinner
  • Viva – A Vida é uma Festa
  • Meu Malvado Favorito 3
  • LEGO Batman: o Filme
  • Loving Vincent

Melhor Filme de Ação

Anuncio Publicitário
  • Em Ritmo de Fuga
  • Logan
  • Thor: Ragnarok
  • Planeta dos Macacos: a Guerra
  • Mulher-Maravilha

Melhor Comédia

  • Doentes de Amor
  • The Disaster Artist
  • Girls Trip
  • I, Tonya
  • Lady Bird

Melhor Ator em Comédia

  • Steve Carell – A Guerra dos Sexos
  • James Franco – The Disaster Artist
  • Chris Hemsworth – Thor: Ragnarok
  • Kumail Nanjiani – Doentes de Amor
  • Adam Sandler – Os Meyerowitz – Família Não se Escolhe

Melhor Atriz em Comédia

Anuncio Publicitário
  • Tiffany Haddish – Girls Trip
  • Zoe Kazan – Doentes de Amor
  • Margot Robbie – I, Tonya
  • Saoirse Ronan – Lady Bird
  • Emma Stone – A Guerra dos Sexos

Melhor Filme de Ficção Científica ou Terror

  • Blade Runner 2049
  • Corra!
  • It: A Coisa
  • A Forma da Água

Melhor Filme em Língua Estrangeira

  • BPM (Beats Per Minute)
  • Uma Mulher Fantástica
  • First They Killed My Father
  • In The Fade
  • The Square
  • Thelma

Melhor Música

Anuncio Publicitário
  • Evermore – A Bela e a Fera
  • Mystery of Love – Me Chame Pelo Seu Nome
  • Remember Me – Viva: A Vida é uma Festa
  • Stand Up for Something – Marshall
  • This is Me – O Rei do Show

Melhor Trilha Sonora

  • A Forma da Água – Alexandre Desplat
  • Trama Fantasma – Jonny Greenwood
  • O Destino de Uma Nação – Dario Marianelli
  • Blade Runner 2049 – Benjamin Wallfisch, Hans Zimmer
  • The Post – John Williams
  • Dunkirk – Hans Zimmer

Televisão

Melhor Série de Drama

Anuncio Publicitário
  • American Gods
  • The Crown
  • Game of Thrones
  • The Handmaid’s Tale
  • Stranger Things
  • This is Us

Melhor Ator em Série de Drama

  • Sterling K. Brown – This Is Us
  • Paul Giamatti – Billions
  • Freddie Highmore – Bates Motel
  • Ian McShane – American Gods
  • Bob Odenkirk – Better Call Saul
  • Liev Schreiber – Ray Donovan

Melhor Atriz em Série de Drama

  • Caitriona Balfe – Outlander
  • Christine Baranski – The Good Fight
  • Claire Foy – The Crown
  • Tatiana Maslany – Orphan Black
  • Elisabeth Moss – The Handmaid’s Tale
  • Robin Wright – House of Cards

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama

Anuncio Publicitário
  • Bobby Cannavale – Mr. Robot
  • Asia Kate Dillon – Billions
  • Peter Dinklage – Game of Thrones
  • David Harbour – Stranger Things
  • Delroy Lindo – The Good Fight
  • Michael McKean – Better Call

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama

  • Gillian Anderson – American Gods
  • Emilia Clarke – Game of Thrones
  • Ann Dowd – The Handmaid’s Tale
  • Cush Jumbo – The Good Fight
  • Margo Martindale – Sneaky Pete
  • Chrissy Metz – This Is Us

Melhor Série de Comédia

  • The Big Bang Theory
  • Black-ish
  • GLOW
  • The Marvelous Mrs. Maisel
  • Modern Family
  • Patriot

Melhor Ator em Série de Comédia

Anuncio Publicitário
  • Anthony Anderson – Black-ish
  • Aziz Ansari – Master of None
  • Hank Azaria – Brockmire
  • Ted Danson – The Good Place
  • Thomas Middleditch – Silicon Valley
  • Randall Park – Fresh Off the Boat

Melhor Atriz em Série de Comédia

  • Kristen Bell – The Good Place
  • Alison Brie – GLOW
  • Rachel Brosnahan – The Marvelous Mrs. Maisel
  • Sutton Foster – Younger
  • Ellie Kemper – Unbreakable Kimmy Schmidt
  • Constance Wu – Fresh Off the Boat

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia

  • Tituss Burgess – Unbreakable Kimmy Schmidt
  • Walton Goggins – Vice Principals
  • Sean Hayes – Will & Grace
  • Marc Maron – GLOW
  • Kumail Nanjiani – Silicon Valley
  • Ed O’Neill – Modern Family

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia

Anuncio Publicitário
  • Mayim Bialik – The Big Bang Theory
  • Alex Borstein – The Marvelous Mrs. Maisel
  • Betty Gilpin – GLOW
  • Jenifer Lewis – Black-ish
  • Alessandra Mastronardi – Master of None
  • Rita Moreno – One Day at a Time

Melhor Minissérie ou Série Limitada

  • American Vandal
  • Big Little Lies
  • Fargo
  • Feud: Bette and Joan
  • Godless
  • The Long Road Home

Melhor Filme Para a TV

  • Flint
  • I Am Elizabeth Smart
  • The Immortal Life of Henrietta Lacks
  • Sherlock: The Lying Detective
  • The Wizard of Lies

Melhor Ator de Filme para a TV ou Minissérie

Anuncio Publicitário
  • Jeff Daniels – Godless
  • Robert De Niro – The Wizard of Lies
  • Ewan McGregor – Fargo
  • Jack O’Connell – Godless
  • Evan Peters – American Horror Story: Cult
  • Bill Pullman – The Sinne
  • Jimmy Tatro – American Vandal

A premiação acontece dia 11 de Janeiro, apenas quatro dias depois da entrega do Globo de Ouro. Fiquem ligados aqui, no 1 Real a Hora, para saber os resultados!

Fãs criam petição para a versão do diretor de liga da justiça

Fãs criam petição para a versão do diretor de Liga da Justiça

Um grupo de fãs da DC decidiu criar uma petição para que a Warner lance uma versão do diretor de Liga da Justiça, mostrando a visão que Zack Snyder tinha sobre o filme. Segundo o texto, a versão apresentada no cinema é a de Joss Whedon, que deixa de lado vários momentos e decisões criadas por Snyder.

zack-snyder-justice-league-set-photo-1913460-5183778

Outro ponto mostrado no texto é sobre a duração do longa, que é de 121 minutos. Os fãs dizem que isso é consequência dos cortes causados por Whedon, e que originalmente o filme seria mais longo. A trilha sonora também é dita como uma mudança radical, visto que anteriormente era composta por Junkie XL e não por Danny Elfman.

Confira abaixo trecho do abaixo assinado:

Anuncio Publicitário

”Fazemos essa petição, porque nos últimos meses o filme Liga da Justiça passou por algumas mudanças em termos de composição e duração. Zack Snyder, diretor do longa, exibiu Liga da Justiça para os executivos da Warner Bros. no início deste ano e eles ficaram satisfeitos com o filme, mas o próprio diretor sentiu que precisava de mais. Ele, então, chamou Joss Whedon, diretor de Vingadores e Vingadores: Era de Ultron, para escrever cenas adicionais com planos para filmá-los durante o verão, mas uma tragédia na sua família aconteceu e ele teve que se afastar. Seguindo a saída de Snyder, a Warner Bros. divulgou uma declaração dizendo que Liga da Justiça seria finalizado de acordo com a visão de Zack Snyder, porém uma semana depois o compositor Tom Holkenborg (Junkie XL) foi substituído por Danny Elfman, para o desagrado dos fãs, que ficaram preocupados com a mudança de elementos da trilha sonora de Homem de Aço e Batman Vs Superman.”

”No início de outubro, os cinemas confirmaram a duração de Liga da Justiça seria de duas horas, deixando muitos fãs chocados: ‘como um filme que tem seis protagonistas, mais personagens coadjuvantes, uma história sobre uma invasão alienígena, a terraformação da Terra e o retorno de um rosto familiar cabe em duas horas?”

Não se sabe ao certo se a Warner vai lançar a versão de Zack Snyder. Porém, ano passado, o diretor lançou uma versão estendida de Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Quem sabe isso pode acontecer novamente com Liga da Justiça? Basta torcer.

Anuncio Publicitário

Caso queira assinar a petição, é só clicar aqui.

Após a morte de Clark Kent/Superman em Batman vs Superman, o vigilante Bruce Wayne reavalia seus métodos extremos e passa a procurar heróis para formar um time de combatentes do crime que podem defender a terra de todos os tipos de ameça. Ao lado de Diana Prince/Mulher-Maravilha, Batman encontra o ex-atleta ciberneticamente modificado Vic Stone, o velocista Barry Allen e o rei e guerreiro de Atlantis Arthur Curry/Aquaman. Eles enfrentam o Lobo da Estepe, o braço direito do senhor da guerra alienígena, Darkseid, que está procurando três artefatos escondidos na terra.

Liga da Justiça conta com Ben Affleck (Batman), Gal Gadot (Mulher-Maravilha), Henry Cavill (Superman), Jason Momoa (Aquaman), Ray Fisher (Ciborgue), Ezra Miller (Flash), Amber Heard (Mera), Willem Dafoe (Vulko), J.K. Simmons (Comissário Gordon), Jeremy Irons (Alfred) e Amy Adams (Lois Lane) no elenco.

Anuncio Publicitário

O filme já está em exibição nos cinemas, e você pode conferir a crítica aqui no site!

O renascimento da esperança em liga da justiça | review

O renascimento da esperança em Liga da Justiça | Review

Quando Liga da Justiça foi anunciado, não acreditei. Era simplesmente um sonho sendo realizado: eu veria meus heróis preferidos, juntos pela primeira vez em live action. Claro que, nesse caminho, veio Homem de Aço, Batman vs Superman e Mulher-Maravilha. Filmes que só me deixavam mais animado para que tal evento acontecesse e, finalmente aconteceu. Infelizmente não como esperado, mas em um bom filme que agrada ao público.

A história de Liga da Justiça começa logo após os eventos de Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Nós vemos as consequências que a morte do Homem de Aço trouxe para o mundo e como as pessoas reagiram a ela. Com isso, Steppenwolf surge com o seu exército de parademônios e, diante dessa ameaça, Bruce/Batman e Diana/Mulher-Maravilha começam a recrutar pessoas dispostas a lutar para salvar o mundo. E, então, somos apresentados a Barry Allen/Flash, Arthur Curry/Aquaman e Victor Stone/Cyborg.

tumblr_p4v8n7duyh1r3741jo3_1280-3143393-1813666

Sobre os personagens, de cara já vemos um Bruce/Batman diferente do que nos foi apresentado no filme anterior: ele está mais maduro, por assim dizer. Mais esperançoso e se sentindo culpado pela morte do Superman. Com isso, ele faz de tudo para compensar essa perda. A evolução do personagem é notável e, sem dúvidas, uma das melhores do filme. Mulher-Maravilha continua com a postura vista em seu filme solo e rouba a cena na maior parte do filme, juntamente com o Flash. Falando em Barry Allen, esse é o alívio cômico do longa. A carga dramática está por conta de Cyborg, que está se recuperando do acidente que sofreu e se acostumando com sua nova condição meta-humana. Stone se acha um monstro e acaba odiando o pai pelo que foi feito com ele, porém, ao longo da película, ele vai aceitando seu novo eu. Já Aquaman, é aquele personagem durão com um coração mole. Infelizmente, o personagem acabou sendo deixado de lado após o primeiro ato. Enquanto Cyborg e Flash foram bem desenvolvidos nos atos restantes, Aquaman estava meio de lado, entretanto, protagonizou uma das melhores cenas, e isso já me deixou extremamente hypado para seu filme solo. A equipe, assim como o elenco, já mostraram em diversos eventos nos quais apareceram que tinham química e interagiam muito bem.

Anuncio Publicitário
tumblr_p4v8n7duyh1r3741jo5_1280-5913155-8402074

Durante todo o filme, Superman foi retratado como todos os fãs desejavam que tivesse sido desde o começo: como a Esperança. Finalmente, vimos todo o potencial de Henry Cavill para ser o Homem de Aço, vimos que ele conseguiu agarrar o legado deixado por Reeve e incorporar, não só o personagem, como a inspiração que ele deixa em cada um de nós. Também fomos apresentados a diversos personagens secundários, entre eles Mera e Comissário Gordon. Amber Heard e J.K. Simmons ficaram incríveis em seus papéis, tanto em questão de atuação como em questão de figurino. Estou extremamente hypado para vê-los futuramente nesse universo.

tumblr_p4v8n7duyh1r3741jo6_1280-8314114-3368411

O clima do filme mudou bastante desde BvS. Infelizmente, agora está mais leve, sem aquela carga pesada que o longa anterior trazia a todo o momento. Como todos sabem, houve uma troca na direção quando o filme estava prestes a ser concluído: Snyder saiu por problemas pessoais e quem entrou foi Joss Whedon – e muitos estavam receosos sobre as mudanças que estariam por vir. Whedon não respeitou muito o estilo que Snyder imprimiu na obra e infelizmente dá pra notar o que foi refilmagem e o que é parte da obra original. Outro grande problema do diretor foi querer encaixar piadas e momentos cômicos para amenizar o tom do filme e muita das vezes na hora errada, o que ocasionou um certo estranhamento ao longa. Alguns elementos do Snyder ainda estão lá, mas infelizmente não todos – o que faz com que os fãs queiram assistir a versão do diretor.

Agora, a fotografia do filme está sensacional, principalmente nos frames onde a equipe aparece reunida. A trilha sonora de Elfman não combinou muito com o longa, deixando a desejar em vários pontos. Sobre as cenas de ação, elas são de tirar o fôlego e os efeitos visuais, excelentes, com a ressalva de uma coisa: o CGI de Steppenwolf.

Anuncio Publicitário
steppenwolf-9740814-5302713

Falando em Steppenwolf, ou Lobo da Estepe, ele não é lá um grande vilão como foi Lex Luthor em BvS ou Zod em Man of Steel, contudo interpretou satisfatoriamente o seu papel no longa – que é reunir a equipe. O que acaba deixando a desejar é o seu CGI, que fica mal feito na maioria das cenas em que ele aparece, onde cada movimento seu parece retirado de um jogo. Felizmente, os parademônios não sofrem desse problema: o CGI deles é bem trabalhado. Tirando esse defeito, é um vilão bom para um filme introdutório: ele está lá, querendo destruir o mundo e tem seus minions para a Liga derrotar até chegar ao vilão final.

Em suma, Liga da Justiça é um bom filme de origem. Eu sinceramente me senti assistindo um episódio de duas horas do desenho, uma experiência que me fez lembrar do menino que eu era há alguns anos com os olhos grudados no SBT. Não é o longa que os fãs esperavam, mas é algo que agrada a todos – tanto os fãs como alguém que vá ter contato com o DCEU pela primeira vez.

Liga da Justiça estreia dia 16 de Novembro nos cinemas.

Anuncio Publicitário
Legends of tomorrow é o grande acerto da cw | review

Legends of Tomorrow é o grande acerto da CW | Review

Legends of Tomorrow é uma série da DC em parceria com a CW que começou em 2016 e, atualmente, está em sua terceira temporada. O seriado me deixou interessado desde que fora anunciado, porém só tive tempo de começar a assistir quando sua segunda temporada foi lançada na Netflix, então com isso a maratona finalmente rolou, e devo dizer que essa é a melhor série da parceria CW/DC. Ela é um derivado de Flash e Arrow que reúne personagens secundários de ambas as séries, sinceramente fiquei bem feliz com essa ideia, pois criei um apego enorme com a maioria dos personagens e achei eles bem mal aproveitados nas séries principais.

Na primeira temporada acompanhamos Rip Hunter, um ex-mestre do tempo, recrutando pessoas com habilidades únicas: Ray Palmer (Átomo), Dr. Martin Stein e Jefferson Jackson (Nuclear), Sara Lance (Canário Branco), Leonard Snart (Capitão Frio), Mick Rory (Onda Térmica), Kendra Saunders (Mulher-Gavião) e Carter Hall (Gavião Negro) para derrotar Vandal Savage e evitar a sua ascensão ao poder que, consequentemente, causa a morte de sua família. Para isso, eles embarcam na Waverider, uma máquina do tempo, com o intuito de caçar Savage em diferentes épocas da história.

Essa série acertou em tantos aspectos que nem sei como começar, mas vamos lá, o plot dessa temporada é sensacional, colocando os personagens em situações morais e que podem alterar completamente o tempo (coisa que Rip evita constantemente nos episódios). Tocando nesse ponto, a viagem do tempo na série é muito bem explorada, claro que tem alguns furos, mas é a consequência de se fazer algo que envolva viagem temporal. Durante toda a temporada vemos épocas como o Velho-Oeste (com a presença de Jonah Hex), Guerra Fria e por aí vai. Inclusive, tem umas referências bem legais como por exemplo Ray dando aula, nos anos 60, para Bill Gates. Tais menções também se estendem na segunda temporada. Os efeitos durante as cenas de ação estão bem medianos, porém isso vai melhorando de pouco em pouco com o passar dos episódios, e realmente dá pra ver que houve um investimento pesado nessa área. Uma coisa legal para se falar também é sobre como funciona a equipe, no começo eles julgam uns aos outros completamente e não conseguem trabalhar em equipe mas isso vai mudando conforme o tempo de convivência entre eles vão passando.

Anuncio Publicitário
dcs_legends_of_tomorrow_-_the_justice_society_of_america_-_h_-_2016-3387407-1443456

A segunda temporada nos apresenta novos personagens para a tripulação da Waverider, além de introduzir a Sociedade da Justiça na trama. Mas, também tivemos a saída de certos personagens, como a Mulher-Gavião e o Gavião Negro. A série, que já era muito boa na temporada anterior, sobe absurdamente de nível em seu segundo ano. A trama começa exatamente de onde a primeira temporada terminou, com o fim dos mestres do tempo, a equipe de Rip precisa proteger a linha do tempo de todas as ameaças existentes, e agora com novos membros como o historiador Nate (Capitão Gládio) e Amaya (Vixen). O grande vilão da temporada é Eobard Thawne, Flash Reverso, vulgo melhor vilão das séries da DC. Junto com ele, temos Malcom Merlyn e Damian Darhk e o objetivo deles é encontrar a lança do destino, artefato capaz de reescrever toda a realidade. Isso tudo para trazer Thawne de volta a linha do tempo, afinal, ele parou de existir depois da season finale da primeira temporada de Flash.

ray_palmer_moon-5786516-8205229

Nessa temporada, houve uma mudança na estrutura dos episódios: cada um apresentava um caso diferente, o que melhorou bastante o desenrolar da história. Inclusive, temos bem mais referências do que antes, como quando a equipe encontra George Lucas, ainda estudando cinema, e J.R.R. Tolkien lutando na guerra (eles ainda brincam na série como se as lendas tivessem influenciado a história de Senhor dos Anéis), e esses são só alguns exemplos. Durante a temporada, Rip Hunter está desaparecido e a equipe precisa aprender a se virar, nisso, Sarah Lance vira capitã e isso foi uma jogada genial! Eles conseguiram desenvolver bem a personagem nesse quesito, mostrando ainda que ela é melhor do que Rip no comando. Sobre os vilões: Eobard Thawne e Malcom Merlyn dispensam comentários, continuam excelentes que nem nas séries originais, agora Damian Dahrk consegue se recuperar de seu fracasso na quarta temporada de Arrow. Inclusive, eles formam a Legião do Mal e ainda possuem um quartel general idêntico de Super-Amigos (santa referência). Os efeitos especiais melhoraram muito da primeira temporada para essa. Inclusive, a reconstituição de periodos históricos foi sensacional, tanto em efeito especial como no figurino dos personagens.

Foi muito bom ver como a série evoluiu, inclusive tudo o que não ousaram fazer em Flash durante sua terceira temporada, eles decidiram nessa série. Posso dar vários exemplos dessa ousadia, porém seriam spoilers da reta final então, deixa baixo. A season finale dessa temporada foi bem construída, abrindo várias opções de trama para a terceira temporada da série.

Anuncio Publicitário
lgn208a-0307b-1481138453022_1280w-1566681-2023164

Em suma, Legends of Tomorrow é o grande acerto da CW e atualmente a melhor série da parceria entre a emissora e a DC. A cada episódio que eu assistia na Netflix, parecia que eu estava lendo uma página de algum quadrinho, e esse é o maior elogio que eu posso fazer a série.

A primeira e a segunda temporada podem ser encontradas na Netflix, enquanto a terceira está sendo exibida no canal da Warner e, talvez, ano que vem esteja disponível no serviço de streaming.

Anuncio Publicitário
Sairam as primeiras impressões de thor: ragnarok

Sairam as primeiras impressões de Thor: Ragnarok

Com estreia marcada para o dia 26 deste mês, Thor: Ragnarok já foi visto pela imprensa americana em uma exibição feita pela Marvel. As reações a respeito do longa estão positivas, ressaltando o humor, a participação de Hulk e dando destaque a personagem Valquíria, que rouba a cena. Confira:

Thor: Ragnarok é muito divertido! Uma história da Marvel fechada em si mesma, mas o trabalho de personagens é incrível e a aventura é empolgante. O melhor dos filmes do Thor.

Anuncio Publicitário

Hulk rouba a cena novamente e muito disso é porque ele finalmente pode falar. É incrível vê-lo de volta às telas.

Thor: Ragnarok é uma diversão simples. É hilário do começo ao fim, com performances peculiares e ação empolgante. Tessa Thompson é a melhor.

Anuncio Publicitário

Amei Thor: Ragnarok. Taika Waititi fez um trabalho incrível. O filme é carregado de seu humor característico. Ri do começo ao fim.

Tessa Thompson é facilmente a melhor parte de Thor: Ragnarok. Ela arrasa. Espero que ela seja uma nova Vingadora algum dia. Cate Blanchett também é divertida.

Thor: Ragnarok é tão divertido que quase não consigo aguentar. O melhor: filme de Thor, Cate Blanchett rouba a cena, Jeff Goldblum sendo Goldbum.

Anuncio Publicitário

Thor: Ragnarok absolutamente arrasa. Fiquei totalmente impactado pela história, ação, efeitos, performances e uma das melhores trilhas sonoras da Marvel.

Além de Chris Hemsworth, Tom Hiddleston e Mark Ruffalo, Thor – Ragnarok terá Idris Elba novamente como Heimdall e Anthony Hopkins aparecerá como Odin. A vilão Hela é vivida por Cate Blanchett e Tessa Thompson é uma das novidades no elenco como Valquíria, enquanto Jeff Goldblum vive o Grão-Mestre.

Anuncio Publicitário
https://www.youtube.com/watch?v=t9pEUhln7Ew

Thor está aprisionado do outro lado do universo, sem seu martelo, e se vê em uma corrida para voltar até Asgard e impedir o Ragnarok – a destruição de seu lar e o fim da civilização asgardiana – que está nas mãos de uma nova e poderosa ameaça, a terrível Hela. Mas primeiro ele precisa sobreviver a uma batalha de gladiadores que o coloca contra seu ex-aliado e vingador – o Incrível Hulk

Thor: Ragnarok estreia dia 26 de Outubro nos cinemas brasileiros.

Anuncio Publicitário
Como se tornar o pior aluno da escola é uma versão nacional de curtindo a vida adoidado | review

Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola é uma versão nacional de Curtindo a Vida Adoidado | Review

Baseado no livro lançado por Danilo Gentili em 2009, Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola é fruto da parceria entre Gentili e o diretor Fabrício Bittar e será lançado essa semana nos cinemas. Antes de começar a crítica, preciso contar a história de como surgiu a ideia para o longa: o livro escrito pelo apresentador não possui história, é só um manual e Bittar, enquanto trabalhava na MTV, queria muito fazer um filme inspirado nos que ele assistia nos anos 80, uma espécie de Karatê Kid da zoeira com o assunto que marcava aquela época, o Bullying. Nisso, rolou a parceria entre os dois e resultou em uma excelente comédia politicamente incorreta.

040099-4056449-1467504

Vamos lá, a história do filme gira em torno de Pedro, um aluno mediano que teve uma queda nas suas notas devido a morte de seu pai. Com isso, ele acaba zerando uma prova de matemática e precisa tirar um 10 na prova final para ser aprovado e passar para o Ensino Médio. O que acontece é que ele acaba encontrando um caderno com todos os ensinamentos necessários para se tornar o pior aluno da escola e, desesperado para passar de ano, ele e seu melhor amigo Bernardo acabam indo procurar o autor desse ”manual”. Uma curiosidade é que Daniel Pimenta, o ator que interpreta Pedro, tem 18 anos na vida real e seu personagem apenas 14, enquanto Bruno, que interpreta o Bernardo, possui apenas 13 anos. Aproveitando esse gancho, devo dizer que o elenco funcionou muito bem neste longa. Os dois garotos atuaram bem os seus papéis, mesmo que na maioria das vezes suas falas parecessem um tanto como robotizadas. Gentili funcionou bem como o mentor rebelde das crianças. Ainda temos a presença de Carlos Villagrán na equipe e, sinceramente, só por já ter o Quico do Chaves o filme merece sua atenção!

Durante a coletiva de imprensa, Gentilli contou que a oportunidade de trabalhar com Villagrán surgiu enquanto ele ainda estava na Band, apresentando o Agora é Tarde. Ele e Bittar já estavam trabalhando no filme naquela época, e quando o convidado do programa foi Carlos Villagrán, Fabrício disse que seria muito bom ter ele no longa. Quando começaram a rodar o filme em 2016, eles o convidaram e ele aceitou participar das filmagens.

Anuncio Publicitário
maxresdefault-7260935-6361030

Quando fui assistir ao longa na cabine de imprensa, esperava um filme com piadas sexuais envolvendo jovens no tempo da escola, mas eu realmente estava enganado. O filme possui um clima de Curtindo a Vida Adoidado, porém com sua própria identidade. Mesmo se passando nos tempos atuais, o filme tem uma atmosfera de anos 80, talvez seja pelo ambiente escolar mostrado. Na verdade, Como Se Tornar O Pior Aluno da Escola é de fato uma comédia politicamente incorreta, sem limite algum. Ou seja, o humor do filme varia de pessoa para pessoa, algumas podem achar graça durante o filme todo e outras apenas em algumas partes do longa (como foi o meu caso, em uma piada específica eu não consegui achar graça pois achei pesado demais o modo que o tema foi abordado, porém, a sessão riu). Então, em suma, a graça do filme depende do espectador. Achei o filme bastante engraçado, mesmo com essa piada que eu tenha desaprovado. Afinal, essa é a proposta do filme.

A direção de Fabrício Bittar merece destaque no filme, devido a seus cortes precisos e sua fotografia bem feita. Inclusive, esse é o primeiro filme dirigido por ele. Ainda há alguns erros, como por exemplo a rapidez de algumas cenas, porém dá para relevar. Ignorando todas as piadas do filme, ele toca num assunto muito bom de se criticar: o sistema de ensino que valoriza mais uma nota do que o aluno, o fato de um jovem de apenas 14 anos ter tantas responsabilidades e obrigações que não tem tempo de se divertir devido ao regime da escola e precisar, de alguma maneira, fugir dessa rotina autoritária. Esse assunto foi muito bem abordado no filme, afinal, é o tema principal do longa.

Em suma, Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola é um excelente longa nacional, uma comédia politicamente incorreta com seus altos e baixos no humor, porém que funciona bem no filme. Caso você vá assistir o filme, já adianto que ele tem uma cena pós-créditos e uma surpresa no final. Na coletiva de imprensa, Gentili e Bittar falaram sobre seus futuros planos, que incluem um filme trash no estilo Evil Dead onde um grupo decide caçar a Loira do Banheiro. Sobre uma possível continuação, Gentili disse que depende do rendimento desse filme, mas que já tem ideias sobre e que provavelmente será Como Se Tornar o Pior Aluno da Faculdade.

Anuncio Publicitário

Os estudantes Bernardo e Pedro têm dificuldades para cumprir todas as regras de uma escola que adota medidas politicamente corretas graças ao diretor Ademar. No banheiro do colégio, Pedro encontra um diário com dicas para instaurar o caos na escola sem ser notado.

Como Se Tornar O Pior Aluno da Escola estreia nos cinemas dia 12 de Outubro.

Anuncio Publicitário
My little pony: o filme e a magia da amizade nos cinemas | review

My Little Pony: O Filme e a magia da amizade nos cinemas | Review

O 1 Real foi convidado para a cabine do melhor lançamento de Outubro. Isso mesmo, de My Little Pony: O Filme! Finalmente podemos ver Rainbow Dash, Twilight Sparkle, Applejack, Fluttershy, Pinkie Pie, Rarity e Spike nas telas do cinema em um filme que vai agradar todos os públicos.

O filme começa com o festival da amizade e com as princesas Twilight, Celestia, Luna e Cadence cuidando de sua organização. De repente, uma ameaça chega a Equestria: Tempest Shadow aparece, sob ordens do Rei Storm, para estragar o festival e dar a ele poder para dominar todo o reino. Com isso, acompanhamos a jornada das pôneis que já conhecemos, juntamente com Spike, para salvar Equestria. Claro que, no meio do caminho, conhecemos novos personagens como Capitã Selena, Princesa Skystar, e muitos outros.

A fotografia do filme está muito bem feita, sendo uma mistura de 3D com o 2D do desenho que já conhecemos. Essa mistura resultou numa animação bem fluida e colorida. Infelizmente, as vezes essa mistura incomoda um pouco, mas nada que estrague a experiência do telespectador. A trilha sonora dispensa comentários, ela mantém a qualidade do desenho e ainda é viciante demais (sério, desde quando assisti o filme não consigo parar de ouvir no Spotify). Temos a presença da cantora Sia na trilha, com a música Rainbow. Inclusive, ela aparece no filme como uma personagem, a pop-star de Equestria: Songbird Serenade.

Anuncio Publicitário

A dublagem brasileira merece sua atenção, pois não peca em nenhum detalhe. Temos nomes já conhecidos como Bianca Alencar (Twilight Sparkles) e também convidados especiais como Mariana Rios (Tempest Shadow) e Sérgio Marone (Rei Storm). Inclusive, as músicas dubladas continuam com a mesma qualidade do áudio original.

songbird_serenade_arrives_mlptm-4201752-8240898

My Little Pony: O Filme é um episódio do desenho com duração estendida que mostra, finalmente, a magia da amizade nos cinemas! A animação vai agradar tanto o público adulto como as crianças, e vai fazer os fãs do desenho se sentirem em casa. Vale a pena conferir assim que lançar nos cinemas, no dia 5 de Outubro.

Em ordem para uma ameaça à terra de Equestria, Twilight Sparkle e suas amigas – Applejack, Rainbow Dash, Pinkie Pie, Fluttershy, Rarity e Spike – embarcam em uma jornada além de sua casa, conhecendo novos amigos e superando desafios no processo.

Anuncio Publicitário

My Little Pony: O Filme será lançado nos cinemas em 5 de Outubro.

1 Real a Hora

Encontre Sua Trilha No Mundo Nerd!
1 Real a Hora - 2020 | Desenvolvido por Vedrak | Mantido online e operante em parceria com a Nixem Cloud