Publisher Theme
I’m a gamer, always have been.

Annabelle 2 – A Criação do Mal é mais que sobrenatural! | Review

Annabelle 2 – A Criação do Mal é um filme norte-americano de terror – e muito suspense – do ano de 2017, escrito por Gary Dauberman, produzido por James Wan e dirigido por David F. Sandberg. Apesar de ser o segundo filme da franquia, a história se passa antes de “Annabelle 1”, explicando a produção da boneca e a origem de todo o seu poder (como é explícito no nome).  O filme será lançado em 17 de agosto nos cinemas do Brasil.

Embora eu me decepcione muito com continuações de filmes de terror – o que de fato não aconteceu dessa vez – ainda sim, criei certa expectativa para a história. Acredito que o trabalho exercido por David F. Sandberg na direção do longa-metragem sobressaiu-se quando comparado ao de John R. Leonetti, afinal, por se tratar de uma origem trágica e assustadora, a boneca se tornou bem mais interessante, algo que Leonetti não conseguiu impor em seu trabalho. Além disso, Sandberg utiliza cenas impactantes e comoventes bem no início do filme, fazendo com que o público crie um maior apego e consequentemente sofra por cada personagem.

Conforme o desenrolar da história, é incrível como ocorre certo “rodízio de protagonismo” entre as atrizes Lulu Wilson (que interpreta Linda) e Talitha Bateman (interpretando Janice), por mais que sejam bem novas, suas atuações no filme foram espetaculares. Por outro lado, com uma leve exceção de Philippa Coulthard (Nancy), o restante do elenco foi bem discreto, mesmo que, não cheguem a ser apresentações ruins.

Gostaria de ressaltar também o ótimo trabalho do diretor de fotografia Maxime Alexandre, dando todo o suporte necessário para que as cenas mais assustadoras viessem de lugares inesperados e além disso, juntamente com Sandberg, não deixaram que a boneca Annabelle se transformasse em um “Chucky”, posicionando-a sempre corretamente de maneira que não fosse visível ao público.

De fato, Annabelle 2 foi bem superior ao primeiro filme. Assisti em uma sala 4dx, e talvez isso tenha melhorado muito a minha experiência, inclusive acho altamente recomendável que assista em uma dessas salas caso tenha uma oportunidade.

Comments are closed.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More