5 versões alternativas do Superman no Multiverso DC

Kalel – Calvin Ellis

Criado por Grant Morrison, o Superman da Terra -23 tem sua pele escura e vem de uma ilha de Krypton, que essencialmente faz dele uma versão negra do personagem. Com o consentimento do presidente Barak Obama, esse Superman da Terra-23 tem uma identidade secreta chamada de calvin Ellis, presidente dos Estados Unidos da América. O personagem apareceu pela primeira vez em Final Crisis # 7, mas ele tem suas próprias aventuras pós reboot dos Novos 52 em Action Comics. Mais tarde ele foi um personagem principal em Multiversity, que reúne heróis de todo o multiverso para salvar o dia.

.

.

.

.

.

.

Em 1998 na série limitada “The Nail” (O Prego) , a caminhonete de Jonathan e Martha Kent ficam com o carro no prego (por causa de um prego), e isso os impedem de encontrar nave espacial do bebê Kal-El. Sem estragar toda a história, a premissa da história em quadrinhos é que o bebê Kal não se tornou um super-herói, e a Liga da Justiça se forma sem ele. Sem a presença de Superman, Metropolis vira um lugar feio, muitos dos super-heróis conhecidos da DC foram incapacitados ou mortos durante os ataques dos vilões, e o público não é muito interessada em metahumanos. E para não dar mais spoilers, vamos apenas dizer que muitas coisas ruins acontecem porque Superman não está lá.

Claro, a história revela onde Kal-El acabou, e enquanto o próprio personagem não era particularmente interessante, ele faz a nossa lista de super-homens suplentes favoritas simplesmente porque ele demonstra muito bem o quão importante é Superman para o Universo DC.

Sem ele lá, muita coisa ruim pode acontecer no DCU.

Ame-o ou deixe-o, este aqui virou-herói-vilão que representa o egoísmo humano e o que imaturidade poderia fazer para uma pessoa jovem que possuía o nome e os poderes do Super-Homem.

Superboy-Prime é da Terra-Prime, onde super-heróis são apenas ficção de histórias em quadrinhos. (Terra Prime, que foi introduzida pela primeira vez em 1968 pelo escritor Cary Bates, foi concebida para representar a nossa Terra). Seus pais lhe deram o nome de Clark Kent, mesmo sabendo sobre o Superman fictício com o mesmo nome. Mas acontece que ele também era de Krypton, e ele desenvolveu poderes como seu homônimo.

Logo depois de se tornar um herói, ele foi pego em “Crise em Várias Terras” de 1985, que eliminou multiverso da DC. O mundo de Superboy-Prime foi destruído, e ele foi embora com um punhado de outros personagens da DC para uma “dimensão paraíso.” Vinte anos mais tarde, em Crise Infinita, Superboy-Prime evoluiu para um vilão, e ele desempenhou um papel contraditório em vários eventos de alto perfil da DC nos anos seguintes.

Eventualmente, Prime (como ficou conhecido) acabou sendo uma personificação da raiva que os fãs de quadrinhos sentiam sobre quando as histórias não iam do jeito que  eles queriam. Em uma de suas últimas aparições no pré-52, ele realmente foi para os escritórios da DC Comics para reclamar.

Nessa série Superman: Identidade Secreta, o adolescente Clark Kent existe no nosso mundo, e ele está de saco cheio de ser provocado sobre o seu nome. Mas, de repente, ele descobre que tem superpoderes, e ele tem que decidir como ele vai usá-los.

OK, OK, isso pode soar um pouco como o nosso herói-vilão Prime (e o escritor Kurt Busiek admitiu que ele foi inicialmente inspirado pelo Superboy Prime), mas este “menino-com-poderes” faz parte de um cenário muito mais otimista do que a versão Prime .

Em Identidade Secreta, Clark é imensamente agradável e se sente muito familiar, como alguém que se poderia viver ao lado. Nós estamos dando-lhe um lugar nesta lista para lidar com todas as tropass de super-heróis familiares de uma forma muito realista e pessoal que fez o conceito de “Superman” notavelmente ser relacionável com outras pessoas.

.

No vídeo game Injustice: Gods Among Us, Superman assumiu a Terra depois da destruição de Metropolis e da morte de Lois Lane.
Decidir governar a Terra pode soar como um movimento de vilão, mas os motivos de Superman são (ou pelo menos eram) altruístas – ele só quer acabar com o crime. Como resultado, ele está praticamente eliminado o crime na Terra. (Claro, isso é só porque qualquer um que ameace a paz está morto.)

Evolução do Superman de alto chanceler para “governante do mundo” não é apenas assustador, mas compreensível, graças à introdução do jogo e o Injustice: Gods Among Us nas histórias em quadrinhos. É algo para nos lembrar que Superman é um ser quase todo-poderoso, e as pessoas no DCU são realmente sortudas por ele ter a cabeça no lugar. Ele agora pode ser um super-idiota, como temos salientado, mas isso não significa que ele não é interessante para conhecer um pouco mais dessa versão.

Futuramente eu postarei mais 5 versões do Superman que são bem legais também. Mas não se preocupem, não falaremos do SUPERDUPERMAN!