Publisher Theme
I’m a gamer, always have been.

5 grandes filmes de herói que não saíram do papel

0

No dia 18 e Março deste mês foi lançado a tão esperada Snyder Cut, a versão com o corte do diretor Zack Snyder do filme da super equipe Liga da Justiça. Esse foi um enorme feito entre o cinema de super-herói, pois algo que foi retirado do papel e acabou indo para as telas e fez com que esquecemos de vez o longa de 2017.

Tomando isso como gancho, vamos apresentar neste presente artigo cinco filmes de super-heróis que prometiam ser grandes, mas que infelizmente não saíram do papel.

Leia Também: Snyder Cut | Veja como seria a sequência do filme da Liga da Justiça

Filmes
Foto Reprodução: Hbo Max

“Liga da Justiça: Mortal” de George Miller

Como a inspiração deste artigo foi por conta de um filme da Liga da Justiça, nada melhor que começar a lista com um filme da própria Liga da Justiça.

O projeto ambicioso do começo dos anos 2000 queria aproveitar o hype que a série animada Liga da Justiça: Sem Limites e teria como o grande idealizador dele o lendário cineasta – criador de Mad Max – George Miller.

Contudo, por conta de vários contra tempos, principalmente pela greve dos roteiristas que ocorreu no ano de 2007, ela acabou não saindo do papel.

O longa teria um grande elenco, formado por: Armie Hammer como Batman, Megan Gale como Mulher Maravilha, D. J. Cotrona como Superman, Adam Brody como Flash, Santiago Cabrera como Aquaman, Common como Lanterna Verde, dentre outros.

Leia Também: Snyder Cut | Conheça mais sobre a Equação Anti-Vida

filmes
Foto Reprodução: Omelete

“Doutor Estranho” de Neil Gaiman e Guillermo Del Toro

Apesar de que muitos acharem que o potencial do filme poderia ser melhor, o longa solo de 2016 do Doutor Estranho conseguiu agradar muitos fãs do universo cinematográfico da Marvel.

Depois de ter roteirizado 1062 e Eternos para a Marvel, Neil Gaiman foi indicado para fazer o roteiro de um filme do Doutor Estranho. Após ele ter visitado o set do filme Hellboy 2, acabou trazendo o diretor Guillermo Del Toro para o projeto também.

Entretanto, meses após o convite de Gaiman, Del Toro acabou assinando contratos para dirigir a trilogia de filmes O Hobbit – que ele acabou abandonando e deixando para o Peter Jackson depois – e o filme do mago da Marvel foi simplesmente deixado de lado.

Leia Também: WandaVision | Cumberbatch fala por que Doutor Estranho não apareceu na série

Filmes
Foto Reprodução: Feededigno

“Homem de Ferro” de Quentin Tarantino e Tom Cruise

Em 1999, a Fox (que tinha os direitos do Homem de Ferro nessa época) tinha um interesse de realizar um filme do herói milionário da Marvel e queria que ele fosse protagonizado pelo Tom Cruise e dirigido pelo lendário diretor Quentin Tarantino, que anteriormente tinha chamado bastante atenção por dirigir os filmes Cães de Aluguel e Pulp Fiction.

Contudo, depois de três ano enrolando na produção, o diretor acabou desistindo de querer trabalhar no filme e devolveu todos os direitos do Homem de Ferro para a Marvel Studios.

filmes
Foto Reprodução: Cine Pop

“Homem Formiga” de Edgar Wright

Quando estavam planejando o atual universo cinematográfico da Marvel, o filme do Homem Formiga estava nos planos. Para o longa, estava cotado o diretor Edgar Wright que tinha uma ideia bem autoral para a produção.

Contudo, a demora para produção e os confrontos criativos entre ele e a Marvel fizeram com que o diretor de Baby Driver deixasse a direção do longa e passasse essa responsabilidade para o cineasta Peyton Reed.

Filmes
Foto Reprodução: Rolling Stone

“O Justiceiro” de Kurt Sutter

Durante o início dos anos 2000 foi um período bastante complicado para os filmes de herói, apesar de X-Men e Homem-Aranha conseguirem obter muito sucesso, outras várias adaptações foram bastante fracassadas em sua missão.

Entre as adaptações fracassadas teve o filme do Justiceiro (2004), protagonizado pelo ator Thomas Jane. Apesar disso, Kurt Sutter, o criador da série Sons of Anarchy, desenvolveu uma espécie de reebot para o personagem no cinema Contudo, essa ideia não foi para frente.

Com o cancelamento desse filme, foi desenvolvida uma sequência para o filme de 2004, intitulado como O Justiceiro: Em Zona de Guerra (2007), que ainda teve uma recepção mais negativa que o primeiro longa.

Recentemente, durante uma entrevista ao site ComingSoon.net, ele comentou sobre sua experiência com a elaboração do roteiro do filme, e de como acabou descaracterizando alguns elementos importantes do anti-herói mais famoso da Marvel. Confira aqui abaixo:

“Foi um processo muito interessante e eu nunca havia trabalhado com a Marvel antes. E você sabe, eu acho que no meu rascunho do filme, no final das contas tomei muitas liberdades, e foi uma reescrita. Não me pediram para fazer tanto assim. Acabei vendo a história de uma maneira diferente. Então, no final das contas, eu escrevi o roteiro e eles disseram que não queriam isso.”

filmes
Foto Reprodução: Legião Dos Heróis

Fontes utilizadas neste artigo: Omelete, O Vício e Legião dos Heróis.

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More