Pandemia do Coronavírus pode fazer a indústria de games crescer 45% em 2020

0

A necessidade do isolamento social causada pela pandemia de Coronavírus fez com que muitas pessoas buscassem alternativas de lazer em casa. Uma dessas alternativas foram os games de consoles, computador e celular.

O segmento já vinha crescendo de forma exponencial, mas a quarentena pode contribuir para que a receita desses jogos cresça 45% neste ano, segundo consultorias especializadas.

Em 2019, um relatório da SuperData mostrou que os jogos digitais de computadores, videogames e mobile geraram uma receita de US$ 109,4 bilhões, sendo US$ 29,6 bilhões dos PCs, US$ 15,4 bilhões de videogames e US$ 64,4 bilhões de aparelhos mobile, como os smartphones.

Games de celular ganham espaço

A alta significativa no segmento mobile é fruto da facilidade do acesso e custos. Segundo a pesquisa da Newzoo, eles têm a menor barreira de entrada, já que mais de 2/5 da população mundial possui smartphones e, aliado a isso, muitos dos jogos para a plataforma são gratuitos, diferente dos jogos para PC e videogames.

“Hoje, você consegue ficar o dia inteiro conectado à internet pelo seu smartphone, as operadoras oferecem os planos e ainda tem o Wi-Fi. Então facilita jogar por meio dele”, afirma Dennis Ferreira, que é diretor para a América Latina da Razer Gold.

Segundo o executivo, o chamado “gamer casual”, usa mais o celular, mas recentemente surgiram também jogos competitivos pelos smartphones, como é o caso do jogo de tiro Free Fire, que tem até competições com prêmios.

Games

“A pandemia não é, sozinha, a causa do crescimento desse segmento. Mas de fato, quando você junta todos esses fatores e mais o isolamento social, aí você tem a fome com a vontade de comer, a coisa voa em um crescimento até maior do que aquilo que estava planejado”, afirma Ferreira.

Ele afirma, no entanto, que a divisão de games para PC e videogame não ficou menor por conta do crescimento dos smartphones. “A gente não vê uma queda no PC e console, os ‘gamers’ continuam usando essas plataformas”, afirma.

Segundo o executivo, as vendas tanto de equipamentos, como fones e mouses, quanto o uso da carteira digital da Razer Gold cresceram “significativamente” de março até agora. “Os volumes de vendas subiram muito, tanto em hardwares como na divisão de serviços de pagamentos. Foi muito acima do esperado”, afirma.

De acordo com o levantamento da Newzoo, o mercado de jogos seguirá crescendo nos próximos anos e deve ultrapassar os US$ 200 bilhões de faturamento no final de 2023.

Não se esqueçam de seguir o 1 real a hora pelo Facebook, Twitter e Instagram também.

Fonte: Newzoo