Anúncio Publicitário

007: Sem Tempo Para Morrer é adiado para NOVEMBRO devido ao Coronavírus

Não, você não leu errado. 007: Sem Tempo Para Morrer, a última aventura de Daniel Craig como o icônico espião James Bond, acaba de ser adiada em SETE MESES devido a preocupações a respeito da epidemia do Coronavírus. O filme já está basicamente finalizado e teria sua estreia no início de abril desse ano.

O adiamento foi informado pelo twitter oficial da franquia e os motivos citados são basicamente o que qualquer um pode esperar: bilheteria. É um fato notório que a China, país onde se originou epidemia do Coronavírus, é basicamente o maior mercado para a indústria cinematográfica ocidental, e grandes produções dos últimos anos têm feito diversas concessões (tanto na frente das câmeras quanto atrás delas) para cair nas graças desse mercado.

A decisão de adiar o lançamento de Sem Tempo Para Morrer não foi abrupta, visto que duas semanas atrás tivemos a notícia de que tanto a premiere do filme em Beijing, capital da China, quanto a turnê promocional que seria feita pelo país haviam sido canceladas pelo mesmo motivo. Como todos os cinemas chineses foram fechados devido à epidemia, não há nada mais natural para os grandes estúdios do que simplesmente adiar a estreia e não correr o risco de perder mais de 20% da bilheteria mundial.

007
Daniel Craig como James Bond

Se quiserem saber mais sobre as concessões feitas pela indústria em nome da bilheteria chinesa, recomendo esse breve artigo do South China Morning Post listando nove filmes onde tais concessões foram especialmente óbvias.

Sobre 007: Sem Tempo Para Morrer

Sem Tempo Para Morrer é o vigésimo-quinto filme da franquia 007 e, como dito anteriormente, marca a última vez que Daniel Craig interpretará o personagem-título. Situado cinco anos após James Bond se aposentar no final de 007 Contra Spectre, o filme mostra o espião voltando à ativa após seu velho amigo Felix Leiter (Jeffrey Wright) vir a ele pedindo ajuda para encontrar um cientista da CIA desaparecido. Como se pode esperar de toda situação onde Bond se mete, essa busca o levará a enfrentar uma ameaça em uma escala nunca antes vista.

Craig estreou como Bond em 2006 no aclamado Casino Royale, que também marcava um reboot da franquia em todos os aspectos (mas manteve Judi Dench como M porque sim), e então estrelou em mais três filmes do icônico espião britânico, incluindo o fenomenal Operação Skyfall em 2012.

O novo filme dirigido por Cary Joji Fukunaga (criador da ótima minissérie Maniac da Netflix) marca o retorno de Lea Seydoux e Christoph Waltz aos seus papéis de 007 Contra Spectre (respectivamente, a doutora Madeleine Swann e o vilão Ernst Stavro Blofeld), e introduz Rami Malek (protagonista da série Mr Robot) como o sinistro e misterioso antagonista Safin.

Ana de Armas (que contracenou com Craig em Entre Facas e Segredos) e Lashana Lynch (a Maria Rambeau em Capitã Marvel) também irão interpretar personagens inéditas na franquia.

007: Sem Tempo Para Morrer terá sua estreia (se não acabar ocorrendo outro imprevisto) em algum momento não-especificado de novembro de 2020.