Confira a Primeira Gameplay de Baldur's Gate 3!

Quando foi anunciado que a Larian Studios havia feito uma parceria com a Wizards of the Coast para produzir Baldur’s Gate 3, confesso que fiquei ridiculamente ansioso. Como não ficar ridiculamente ansioso quando se descobre que a continuação para a franquia mais importante da história dos CRPGs estaria nas mãos dos criadores de Divinity: Original Sin 2, que muitos consideram ser o melhor CRPG da atualidade?

No evento PAX East 2020, finalmente tivemos nossa curiosidade saciada por uma revelação bastante substancial a respeito do que podemos esperar da próxima aventura ambientada no mundo mais icônico da franquia Dungeons & Dragons.

Além do vídeo de abertura logo acima, a Larian nos trouxe mais de uma hora de gameplay de Baldur’s Gate 3, onde podemos ver a altíssima qualidade dos gráficos e das diversas mecânicas apresentadas.

O Que Esperar de Baldur’s Gate 3?

O vídeo de abertura mostrado na PAX East mostra que uma nova ameaça está à espreita na Costa da Espada: os Illithid (ou Esfoladores de Mentes). Muitos anos se passaram desde que os heróis originais derrotaram o diabólico Jon Irenicus ao final de Baldur’s Gate II: Shadows of Amn, e o novo capítulo será situado na era atual da ambientação Forgotten Realms.

Antigos governantes do Plano Astral desde tempos imemoriais, os aterrorizantes Illithid se tornaram habitantes do Underdark após serem expulsos de seu império milenar pelos Githyanki.

Após muitos anos no exílio, os Esfoladores de Mentes redescobriram o segredo por trás das colossais embarcações Nautiloides e resolveram partir na ofensiva para reconquistar o que é deles por direito.

Naturalmente, os humanos e demais raças que habitam a superfície vão ficar no fogo cruzado e serão usados como alimento e matéria-prima para produzir novos Esfoladores de Mentes. É aí que você entra, como parte da “matéria-prima” que conseguiu escapar da conversão.

No momento que você vai criar um personagem, notamos que a Larian está aplicando um pouco da própria experiência disponibilizando personagens pré-montados com Origin Stories específicas para si, bem semelhante ao que vimos em Divinity: Original Sin 2.

Para quem prefere fazer um personagem totalmente novo, Baldur’s Gate 3 possui um sistema de criação bastante detalhado, tanto no que diz respeito aos atributos e habilidades que se espelham na Quinta Edição de Dungeons & Dragons, quanto nas questões estéticas que tiram vantagem da alta fidelidade gráfica.

Baldur's Gate 3
Sim, você pode jogar como um Tiefling e deixá-lo assustadoramente parecido com o personagem de Tim Curry no filme “A Lenda”.

Por falar na Quinta Edição de D&D, vale mencionar que esse sistema irá permear todas as facetas da experiência no jogo: o combate baseado em turnos, as mecânicas de diálogo com NPCs, interação com objetos no cenário, tudo que você faz em Baldur’s Gate 3 envolverá os sistemas com os quais você está acostumado no RPG de mesa.

Por fim, a Larian Studios se certificou de fazer com que todas as linhas de diálogo fossem acompanhadas pelo melhor que o estúdio pode oferecer em questão de dublagem e captura de movimento. Antes que vocês pensem que isso é apenas uma promessa vazia, eu gostaria de lembrá-los que Divinity: Original Sin 2 foi lançado com cerca de 74.000 falas totalmente dubladas por alguns dos melhores dubladores e atores teatrais no Reino Unido.

Baldur’s Gate 3 será lançado na Steam ainda esse ano através do programa de Acesso Antecipado. Para mais notícias sobre esse jogo e muito mais a respeito da cultura pop, fique atento ao nosso site e às nossas redes sociais!