Anúncio Publicitário

Frozen faz turismo superpopular a cidade de Hallstatt

Filmes como Frozen, assim como qualquer grande filme da Disney, são fenômenso culturais. Essas produções tem um poder de movimentar a economia e influenciar as pessoas de maneiras previstas ou imprevistas. E para os habitantes de Hallstatt, uma pequena cidade história em uma região dos Alpes localizada na Áustria, essa influencia está causando um grande rebuliço na cidade.

Image result for hallstatt

A cidade, com suas casas de cores pastéis ao redor de um lago brilhante e cercada por enormes montanhas com os picos cobertos de neve, sempre foi um atrativo para turistas, com sua beleza pitoresca e vida pacata. Mas a pequena cidade de apenas 778 habitantes está sofrendo problemas causados pelo turismo como nunca antes.

De acordo com Rachel Kennedy, do Euronews, a cidade recebe mais de um milhão de turistas todo ano, chegando a marca de 10 mil visitantes por dia em algumas épocas do ano. Muitos desses visitantes acreditam que Hallstatt inspirou o reino de Arendelle, do filme Frozen. O diretor de arte do filme, no entanto, afirma que o filme tomou inspiração de cidades no Canadá e na Noruega.

hallstatt frozen

Cidade que lembra os cenários de Frozen sofre com excesso de visitantes

O excesso de visitantes, claramente muito mais que a infra-estrutura da pequena cidade pode suportar, como afirma o próprio prefeito, Alexander Scheutz, que deu entrevista a Euronews.

“Esse fluxo constante de visitantes deteriorou a qualidade de vida dos habitantes locais. Os turistas que nos visitam de todos os lugares do mundo são bem educados e muito amigáveis”, ele afirma, “mas são muitos.”

A situação ficou tão grave que algumas igrejas e cemitérios tiveram que contratar seguranças para impedir que os visitantes atrapalhassem as missas e funerais. Diversas placas ao redor da cidade proíbem o uso de drones e marcam lugares como propriedade privada, numa tentativa de afastar os visitantes mais barulhentos.

Image result for hallstatt

A cidade, que é considerada patrimônio da humanidade pela Unesco, está tomando medidas mais drásticas para conter o fluxo gigante de turistas. A partir de maio, um máximo de 50 ônibus poderá chegar a cidade por dia, e eles terão que ser registrados na secretaria de turismo da cidade. Além disso, os visitantes terão que passar um tempo mínimo pela cidade, para garantir que eles visitarão lojas e restaurantes locais. Atualmente, muitos turistas passam pela cidade apenas para tirar fotos. Talvez agora os fãs de Frozen precisem procurar outros destinos para viver seus sonhos gelados.

Para mais notícias sobre Frozen e outras curiosidades, fique de olho em nosso site e redes sociais. E não esqueça de seguir o 1 Real no Twitter e Instagram!

Fonte Euronews