Anúncio Publicitário

BGS 2019 – Marvel’s Avengers é mais do que parece

Testamos Marvel’s Avengers na Brasil Game Show 2019, e acredite: os receios iniciais sobre o jogo eram apenas receios. A gameplay da demo surpreendeu positivamente, apesar de ainda haver ressalvas sobre outros aspectos.

Produzido pela Crystal Dynamics, a nova aventura dos Vingadores é muito próxima de outros jogos do gênero de super-heróis, como os aclamados Marvel’s Spider Man e a série Arkham, do Batman. O que é um ótimo parâmetro, para quem já está habituado com esses jogos.

No evento, jogamos o que foi apresentado nos trailers: o encontro da equipe liderada por Steve Rogers com o Treinador. Foi uma experiência relativamente curta, levando em consideração o tamanho esperado do game. A ação do combate do jogo foge dos clichês apresentados em outros que nos foram apresentados anteriormente. Os comandos são clássicos: há ataques leves, ataques pesados e os especiais, porém, cada personagem possui um conjunto de habilidades que fazem com que sejam muito distintos entre si e que cada Vingador seja único na gameplay.

O Capitão América é versátil e parece ser o que possui o combate mais balanceado, fazendo o uso de ataques físicos e jogando seu escudo nos inimigos, além de bloquear ataques com ele; o Homem de Ferro possui a habilidade de planar e acaba sendo a melhor opção para lidar com inimigos voadores, com seus blasters disparando à longa distância; a Viúva Negra possui ataques ágeis e furtivos, tendo o combate mais veloz entre os personagens controlados pelo jogador na demo; com Hulk, nós literalmente encarnamos o meme de ‘’bater nesse filho da p* com outro filho da p*”, usando os inimigos e objetos do cenário para esmagar todo o resto; Thor arremessa e até prende os inimigos usando o Mjolnir, enquanto invoca raios para dar dano em área, se mostrando o mais destrutivo dos personagens ao lado do Gigante Esmeralda.

Um ponto que ainda precisa ser ajustado é o controle da câmera, como o combate está dinamizado, as vezes fica fácil se perder na movimentação. Uma trava na câmera seria perfeita para as lutas. Tomara que a função seja implementada na versão final do jogo.

O jogo se sustenta na já citada diferença dos heróis. Isso pode ser o suficiente para agradar quem quer conhecer a história enquanto conhece TODOS os personagens, quanto quem quer dominar o seu herói preferido enquanto conhece a história.

Um ponto que ainda pesa negativamente são os gráficos. Apesar da visível melhora nos personagens principais após o primeiro trailer mostrado ao público, há momentos em que fica gritante a diferença entre os protagonistas do jogo e os NPCs ou o cenário. Resta a esperança de que melhorem esse quesito até o lançamento oficial do jogo.

O jogo Marvel’s Avengers será lançado no dia 15 de maio para PS4, Xbox One e PC.