Em agosto de 2017, a Disney anunciou seu interesse em participar do mercado de streaming, anunciando um serviço próprio que tem lançamento previsto para 2019. Durante o anuncio, também foi confirmado pela companhia que filmes e séries da Disney e Pixar seriam removidos da Netflix.

Isso pode significar o fim das produções originais entre Netflix e Marvel, porque a empresa pretende lançar séries originais baseadas em Star Wars e Marvel já na estréia do serviço. De acordo com o The Wall Street Journal, as séries da Marvel também devem virar exclusivas do futuro serviço da Disney. Fontes indicam que essa mudança implicaria na Disney abrindo mão de mais de US$ 300 milhões por ano.

De acordo com o site Deadline, a plataforma também vai disponibilizar uma série inspirada em Monstros SA e uma live-action com base em High Scool Musical. A empresa já confirmou que o serviço da Disney vai incluir próximos lançamentos como Toy Story 4, o live-action de O Rei Leão e mais.

Magic Camp e Noelle — dois filmes que estão em fase de pós-produção atualmente — também serão disponibilizados no serviço de streaming. A expectativa da gigante do entretenimento, de acordo com a reportagem citada, é produzir entre quatro e cinco filmes originais apenas no primeiro ano.

Matheus Silva

Matheus Silva

Auxiliar de cortador de cana em 1 Real a Hora
Eu não corto cana, mas é como se eu cortasse cana.
Matheus Silva