O filme da Liga da Justiça teve uma grande(boa) unanimidade, o Flash, interpretado pelo Ezra Miller. Além do carisma e da atuação, a voz do dublador, Charles Emmanuel, foi bem aceita pelo público. Ele já dublou Ron Weasley na série Harry Potter.
“Eu já amava o personagem no desenho da Liga. Eu era apaixonado por ele, porque sempre curti personagens velozes. Pode ser simples, mas sempre foi uma admiração. E, por isso, o maior desafio de dublar o Flash foi eu agradar primeiro a mim, tentar fazer mais que o melhor possível, porque eu sei que não era só eu que estava esperando esse personagem no cinema”, Disse o dublador.

Charles Emmanuel

Emmanuel confessou ter ficado inseguro quando recebeu o convite para dublar o herói:“O dublador sempre deve contar com seu diretor. Nesse caso, quem dirigiu a dublagem foi Guilherme Briggs, que dirige todos os trabalhos com carinho e atenção, levando o dublador a fazer seu melhor. E eu pedi pra ele não me dar nenhuma colher de chá. Eu queria que esse fosse o meu trabalho mais bonito do ano. Eu, até esse momento, ainda não assisti o filme. Mas confio no apoio que o Briggs me deu pra fazer esse personagem. Ele me deu uma elogiada, vamos ver se ele não estava me zoando”.
Nascido no Pará, ele dubla desde 1996 e já emprestou a voz para a DC Comics: foi o dublador do Mutano no desenho animado dos Jovens Titãs:“Acho que os fãs do Flash esperam ele usando seus poderes já no máximo, talvez. Além de esperarem algumas piadas, porque ele é um personagem carismático e piadista”, diz Emmanuel, que também dublou Death Note e Apenas um Show.
Quando analisou a voz de Ezra, percebeu algo rouco e com um tom desafinado:“Ele consegue fazer variações, acho que sem perceber. É natural”, diz o dublador. “Eu tentei acompanhar algumas dessas variações. Acho que elas que me deixaram apreensivo no início da dublagem. Mas meu nervosismo foi passando com a ajuda e o apoio da direção. Eu fiz esse trabalho com um carinho e um cuidado muito grande, com uma direção de igual ou maior carinho e cuidado. Sei que as pessoas vão amar esse personagem. Vamos ver se elas vão curtir o meu trabalho também. Espero estar à altura”.

Liga da Justiça já está em cartazes no Brasil.

 

Gustavo Amaja

Gustavo Amaja

A casual weeb. Apaixonado por Persona, Berserk e praticamente todas as obras Japonesas existentes.
Gustavo Amaja