Após 13 anos Samurai Jack finalmente retornou com uma quinta temporada para dar uma conclusão digna para a história. Tudo isso graças à Genndy Tartakovsky, o criador da série animada, em parceria com o Adult Swim.

A animação foi exibida pela primeira vez no Cartoon Network em 2001 e desde então a comunidade de fãs cresceu bastante, ainda mais nesses últimos dois anos desde que a última temporada foi anunciada.

A premissa é bem simples. Aku, mestre das trevas, liberta as forças do mal, mas um guerreiro samurai com sua espada mágica opõe-se a ele. Antes do combate final o samurai é jogado em um portal no tempo e vai parar no futuro dominado por Aku. Em sua jornada para voltar ao passado ele conhece novos lugares, faz novas amizades e ajuda vários povos em perigo.

[SPOILERS ABAIXO]
A quinta temporada se passa cinquenta anos depois da última. Jack não envelhece porém fica desesperançoso e está constantemente lutando contra sua própria consciência que o incentiva a cometer suicídio. Enquanto isso uma nova seita surge, As Filhas de Aku. Elas cresceram com o único objetivo de matar o samurai com isso trazer orgulho para o mestre das trevas. Durante sua fuga Jack lhes dá a oportunidade de escolher entre ir embora ou sofrer as consequências.

As Filhas de Aku morrem, porém resta uma sobrevivente, Ashi. No começo ela é uma garota hostil mas Jack lhe mostra o caminho da luz e que tudo que lhe foi ensinado estava errado. Os dois vão em busca da espada de Jack para que ele possa derrotar o mestre das trevas, durante o caminho eles se apaixonam e se tornam um casal. Eis que Aku encontra os dois e já que Ashi tem a sua essência ele faz com que ela enfrente Jack contra sua vontade.

Eis que Jack salva Ashi da escuridão pela segunda vez e com seus poderes ela cria um portal no tempo para leva-los de volta ao passado e acabar com Aku de uma vez por todas. Mas como tudo tem um preço Ashi deixa de existir já que com a destruição de seu pai ela nunca teria nascido. Embora Jack tenha perdido o amor de sua vida ele alcançou seu objetivo.

Samurai Jack é uma das maiores obras de Tartakovsky. Scott Wills é um ótimo diretor de arte, o estilo artístico é icônico, os cenários são maravilhosos, a dublagem é ótima e a trilha sonora é espetacular. Alguns episódios e personagens são bem memoráveis, Aku pode ser um vilão cruel porém ele é bem engraçado e carismático. Os temas trabalhados são maduros e trazem ensinamentos. É uma série que vai deixar muita saudade no coração dos fãs.