O filme que seria uma inovação do gênero Terror, se mostrou capaz de suprir grande parte das promessas feitas ao público. Chris (Daniel Kaluuya) é um jovem negro que está em uma viagem para conhecer os pais de sua namorada caucasiana Rose (Allison Williams), ao chegar na casa da família, o jovem percebe que algo está por trás de acontecimentos bizarros.

A junção de Terror com pitadas de comédia foi o “fator x” do filme. Jordan Peele conseguiu equilibrar a tensão, as críticas sociais e os momentos de comédia de uma forma espetacular e com certeza esse foi o diferencial. Talvez seu nome ainda não seja tão conhecido, mas anotem, pois ainda ouvirão muito sobre o trabalho dele.

As atuações são muito importantes também, cenas de desespero ficaram por conta de Daniel Kaluuya que mostrou todo o seu potencial como ator, desde expressões faciais até mesmo expressões corporais, tudo extremamente calculado. O potencial de Allison Williams, Bradley Whitford, Caleb Landry Jones e Catherine Keener também não ficam por fora, mostrando sempre tranquilidade em cenas horrendas e de terror psicológico, os integrantes da família Armitage mostram que são monstros, tanto em cena quanto na atuação por trás deles.

Com críticas raciais, quebra de esteriótipos racistas, teorias da conspiração, Corra! é um filme excelente. Com pouco mais de uma hora e meia de duração, o filme te prende e te surpreende a cada virada de roteiro.

Corra! já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Ynaê Couvo