Cá estava eu, o jovem Tiago, farmando algumas caixinhas no evento de Overwatch quando apareceu a notificação em meu celular. Era meu amigo Simão, que utilizou de todos os métodos possíveis para me tirar da concentração do joguinho. Dava pra perceber a euforia do rapaz, e o motivo era válido: Saiu o trailer da nova série da Brazzers. Power Bangers veio com a intenção de se agarrar no sucesso do filme da LionsGate, que por sinal, foi um ótimo filme de origem de super heróis, respeitando toda a nostalgia envolvida.

O primeiro episódio lançado mostra o encontro dos cinco jovens numa festa na casa de Jason, que convida Kimberlly, que, assim como no filme, também é interesse amoroso do personagem. O ranger preto agora é uma mulher, mas não sei se vão utilizar o nome Zack ou algo do tipo – o resto dos rangers permanece com os nomes originais. Outra mudança é que o Billy não será o nerd do grupo, mas sim a Kimberlly. Depois desse resumo, vamos ao que interessa: REVIEW DE PORNOOOOOO PORRA!!!

É muito engraçado como a Brazzer retrata ainda os nerds em suas produções. A pessoa aparece tímida na festa e ainda veio da porra de uma biblioteca com um caralho de vestido mega apertado rosa (sem surpresas até aqui) e ainda SEM SUTIÃ! Eu acredito que um dia as empresas pornográficas irão entender que a gente gosta mesmo é de ver uma atriz que não tem cara de atriz pornô se vestindo igual uma pessoa condizente com seu papel para depois ter a surpresa no strip pré-coito. Isso é básico, mas confesso que ficou engraçada a forma como fizeram a cena na primeira interação dos cinco rangers. Jason vai ser um personagem popular, Kimberlly a nerd, Billy um cara mais centrado e as outras duas serão só duas vadias mesmo.

A cena de ação entre Jason e Kimberlly revela outro problema da Brazzers, já que ninguém nesse inferno de mundo usa calcinha ou cueca. PRELIMINARES IMPORTAM, DONA BRAZZERS, ELAS SÃO IMPORTANTES PRA CACETA! A nerdzinha se solta e já pede pra chupar o pau do maluco com a sede de mil dromedários no rio Nilo. É um começo meio nojento, mas recompensador nas próximas posições. O casal tem uma sincronia bacana e pra um episódio de pouco mais de vinte minutos, tá até bom demais da conta.

Até então tivemos pouco de Power Rangers de verdade, porém, enquanto estamos no final da cena de oral entre Jason e Kimberlly, um meteoro cai na terra, fazendo os dois correrem pra fora da casa – a garota sai pra fora limpando a gala na boca e eu ri muito nessa parte. Não fiquem surpresos ao encontrarem os outros três futuros rangers lá fora, do lado do buraco de meteoro mais fake da indústria pornô de 2017 com uma caixinha brilhante. Ao abri-la, eles não só descobrem as moedas do poder, como também libertam Rita Repulsa, que ficou presa ali por mil anos. É bom eles aprenderem a morfar logo, porque essa atriz é gostosa demais pra esses dois rangers magrelas, mas se juntar as outras três acho que pode sair algo interessante para os próximos episódios. Foi um começo legal, dentro da média do aceitável e gerou uma certa expectativa para a continuação.

ESSES UNIFORMES KKKKJJJ
Tiago Amorim
Deus é top

Tiago Amorim

Responsável por não deixar a máquina do 1 Real a Hora parar. Ao invés de atacar de DJ nas baladinhas tops, ataco de escritor e tento finalizar um livro há éons de eras.
Tiago Amorim
Deus é top