O recém lançado Esquadrão Suicida, faturou na última quinta feira US $ 20,5 milhões, superando os US $ 11,2 milhões, que Guardiões da Galáxia faturou em seu recordista primeiro final de semana, há dois anos.

Essa abertura de $ 20 milhões, é 61% melhor do que Deadpool fez na quinta-feira, antes de de suas sessões terminarem com US $ 132 milhões. É também mais de 80% do que Capitão América: Guerra Civil ganhou em suas projeções de quinta-feira a noite, antes que o filme chegasse a US $ 179 milhões quando terminaram suas as sessões. Em sua semana de estréia, Batman v Superman: A Origem da Justiça ganhou $ 27.7 milhões a caminho de um total de $ 166 milhões.

Atualmente, Esquadrão Suicida é esperado para faturar cerca de US $ 140 milhões neste fim de semana, que iria bater Deadpool e dar um bom lugar entre as maiores aberturas de 2016. O problema, são as injustas críticas que fizeram com o filme, assim como fizeram com Batman v Superman, provavelmente fazendo com que o filme tenha uma queda na sua segunda semana.

maxresdefault[1]

Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das “convocadas” por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar o amor de sua vida: Arlequina.