Eu me lembro de uma frase do cineasta Mel Brooks sobre a diferença entre comédia e tragédia:

“Tragédia é quando eu corto MEU dedo. Comédia é quando VOCÊ  cai no esgoto e morre.”

Essa frase resume perfeitamente o tipo de série que é “Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku wo!”  (a tradução seria algo como “A bênção da deusa nesse mundo maravilhoso!”) ou simplesmente “Konosuba”. O foco do anime é no protagonista Kazuma Sato, um Hikikomori viciado em vídeo games, que morre “heroicamente” em um “acidente” ao tentar salvar uma garota. Assim que acorda ele se depara uma garota de cabelo azul chamada Aqua,  uma deusa arrogante e sarcástica que ridiculariza Kazuma mas oferece a ele a chance de ser transportado para mundo de fantasia, igual a de um video game e RPGs, ela também oferece a oportunidade de levar consigo qualquer coisa que possa ajuda lo em sua jornada, como um item mágico ou qualquer outra coisa que venha em sua mente. Entretanto Kazuma, irritado pela forma que Aqua o ridicularizou, decide escolher ela como “objeto” e acaba arrastando a deusa consigo. Agora, ambos devem conviver e sobreviver nesse mundo novo…

konosuba-ep-2-7
O sofrimento deles apenas começou….

Para aqueles que não assistiram ao anime e apenas leram esse resumo, podem ter criado a impressão que a Konosuba é um anime genérico, com um amontoado de referencias e clichés. Mas logo no inicio essa série supera expectativas e acaba se destacando pela forma que consegue usar clichés como piadas e também como veículos narrativos, maioria das referencias possuem grande importância na trama de cada episódio e servem como pontes para os próximos capítulos. Logo no primeiro episódio é exibido uma montagem de treinamento, que é sem duvida uma das minhas partes favoritas do todo o anime, ela funciona tanto como parodia do uso desse tipo de ferramenta como também como serve para desenvolver a historia e a relação entre os personagens.

Uma das maiores virtudes do anime é o fato que as referencias possuem importância como elementos narrativos (muitos comuns em cenários de mundos de fantasia medieval) e os torna em parte do universo. As referencias e os clichés são ridicularizados e ao mesmo tempo glorificados. Da para ver que os criadores não subestimam a audiência e esperam que o publico possam entender as piadas sem ter que parar a historia para fazer explicações.

Como a vida é cruel….

 

Grande parte do humor da série é causado pelo infortúnio dos personagens. Definitivamente nenhum deles pode ser considerado como exemplos de vida. Kazuma é uma pessoa interesseira e bastante indiferente, quase não se importa com quem esta a sua volta, ao mesmo tempo é o único membro funcional do grupo e provavelmente o mais normal. Aqua, a deusa toda-poderosa com grandes poderes divinos, mas ela consegue ser pior que Kazuma em tudo, sem falar que ela não é muito inteligente. Ela acaba sendo o bode expiatório da série e vitima de maioria das piadas. Com o passar do tempo os dois recrutam mais personagens para seu grupo, uma delas é Megumin, uma maga com grande potencial, mas ela prefere gastar todo seu tempo e energia em um tipo de magia, a de explosão, ela é capaz de criar uma enorme explosão, mas após usar essa habilidade ela fica esgotada e tornasse completamente inútil  (isso me lembra de algumas partidas de Dungeons&Dragons onde alguns membros preferiam gastar todas as magia em feitiços de destruição ao invés de ter um arsenal de magias variadas que realmente pudesse ajudar o grupo em qualquer situação, não apenas no combate) Embora seja adorável ela é tão útil quanto um saco de areia preso a uma granada de mão. E por ultimo, Darkness, uma paladina completamente ineficaz em combate, incapaz de acertar o alvo ou causar dano ao inimigo. Mas pelo fato dela ser uma masoquista, ela serve como grande escudo humano, tarefa que ela faz com muita alegria.

Konosuba-Second-season
Darkness, Aqua, Kazuma e Megumin.

Os personagens possuem muitos defeitos e quase nenhuma qualidade, eles são considerados como os piores dos piores e isso os torna tão interessante e mais relacionáveis. O fato deles serem completos “losers” cria uma certa personalidade e da carisma e humanidade ao grupo. Sem falar que as situações tornasse mais humorísticas ao ver esse grupo de desajustados falharem miseravelmente, da mesma forma que chega a ser emocionante testemunhar as raras vitoria… Mesmo que elas sejam seguidas por mais tragédias.

O grupo de Kazuma  pode não ser perfeito, mas a historia não seria tão divertida se todos os personagens fossem “badasses” ou “overpowered” capazes de resolverem seus problemas com mais facilidade, afinal grande parte das piadas é devido a arrogância e ao sofrimento causado pelas ações deles mesmos.  Como mencionei no inicio desse review, é a tragédia deles que se torna uma comédia para outros.

Agora, em termos técnicos, a animação não possui grandes detalhes, provavelmente a verba para o estúdio não deveria ser a das maiores (isso explicaria o motivo de haver apenas 10 episódios) mas isso não atrapalha a experiência. Claramente os envolvidos nesse projeto se esforçaram bastante,  o resultado final comprova.

Konosuba consegue ser memorável sem ser pretensioso e os visuais dos personagens e do mundo, optam por um estilo mais simples, deixando de lado grandes detalhes estéticos para focar no humor, cumprindo o papel de uma comédia que consegue ser legitimamente engraçada (uma tarefa que muitos não conseguem fazer). Mesmo com um estilo simples, o visual consegue ser complexo suficiente para que cada personagem seja facilmente distinguível sem parecer exagerados, algo muito raro, já que personagens de anime devem ter características visuais fortes para que sejam distinguidos um do outro, muitas vezes artistas apenas mudam a cor de um cabelo e se esquecem do resto, criando esse tipo de situação.

Em resumo, se você possui interesse em mundos de Fantasia, RPGs, Games ou Animes, Konosuba é definitivamente uma ótima investida de seu tempo.

konosuba
Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku wo!

1ª Temporada: 10 episódios  e 1 especial OVA.

Produção: Half H.P Studio e Nippon Columbia.

Estúdios: Studio Deen.

Origem: Adaptação de Light novel.

Género:  Aventura, Comédia e Fantasia.

BónusMEGUMIN IS BEST GIRL!!!!

12718211_247400375611358_5257974032446624778_n