Deadpool: Meus queridos presidentes é uma aventura sensacional de um “herói” muito do sem noção, juro que quando vi a própria capa do encadernado eu pensei: @!#$* eu tenho que ler isso, dito e feito. Uma história sensacional que me prendeu do início ao fim, principalmente pelo fato de que eu não tinha realmente parado para ler nenhuma outra aventura do mercenário tagarela, eu tinha uma visão totalmente errada do personagem que infelizmente é a mesma visão que muitos tem, pela fama atual dele.

Capa do encadernado de Deadpool: Meus queridos presidentes
Capa do encadernado de Deadpool: Meus queridos presidentes

Não vou contar muitos detalhes para não spoilar já que eu espero que vocês comprem e leiam esse encadernado pois é realmente legal pra @#$%!$*, voltando ao enredo, o que posso dizer é que um cara muito viajado e 100% patriota cansou de ver o seu país dividido politicamente e teve a “brilhante” ideia de fazer um ritual para reviver todos os ex-presidentes dos EUA, nem preciso dizer que isso deu ruim né?! Então, o problema foi que esses presidentes voltaram totalmente insanos e querendo acabar com os americanos de qualquer jeito, claro que o Deadpool não foi o primeiro a ser chamado para cuidar do caso, a pessoa que apareceu para tentar colocar ordem na casa foi o Capitão América, o que foi péssimo, já que ele é um símbolo do país, nem tem como o cara matar os tão endeusados ex-presidentes, sendo assim a Agente Preston entrou em contato com o mercenário para ele fazer o trabalho sujo (e põe sujo nisso). O que esperar de um encadernado de 131 páginas do Deadpool? Sangue, muito sangue, realmente é sensacional o modo que o personagem reage nas situações de dor e sofrimento.

A aventura conta com uma participação especial não só dos Vingadores, mas também com a She-Hulk, a Sue do Quarteto Fantástico e outras, infelizmente nenhuma delas chegam aos pés da participação do Doutor Estranho, sério, foi risada do início ao fim, principalmente quando o Deadpool tira sarro do Wong.

Você vai rir, talvez até chorar, mas de certeza você vai chorar de rir, vai entrar muito na onda do personagem (principalmente quando ele pede para você por tal música para tocar enquanto lê). Quero deixar aqui minhas sinceras desculpas por um dia ter realmente julgado mal o personagem, como a maioria das pessoas fazem atualmente e espero de coração que quem nunca leu uma HQ dele, que procure e leia, melhor ainda se for essa aqui, minha visão do Mercenário tagarela é totalmente diferente da que eu tinha só com o filme de base.

 

Deadpool: Meus queridos presidentes em 5 palavras: Sangue, palavrão pra @#$%*!@, crises de riso, muitas referências e uma visão extraordinária do verdadeiro Wade Wilson.

 

 

O encadernado custa R$18,00 e você pode comprar clicando aqui