Como de costume, a E3 nos presenteou com um gameplay de um jogo um tanto quanto aguardado pelos fãs de filmes de terror, ontem (12 de junho) nós tivemos o prazer de assistir 4 minutos do jogo. Aos olhos da maioria, é apenas um jogo simples, ou você é o Jason e mata as pessoas, ou você é uma das pessoas que fogem do Jason, basicamente isso.

Se você é fã do personagem, da franquia de filmes ou tem qualquer outro vínculo com o Jason, com certeza você deve saber a história do personagem, mas se você não conhece, ou não recorda, fique tranquilo, eu irei resumir para você.

Jason Voorhees era um menino muito especial, ele sofria de transtornos mentais, era filho de Pamela Voorhees e Elias Voorhees. Todos achavam que o menino tinha morrido quando se afogou no Crystal Lake por puro descaso de um casal de monitores durante um acampamento de férias, sua mãe que era a cozinheira desse acampamento acabou por enlouquecer e matou de forma fria e bruta todos os monitores e os adolescentes que estavam no acampamento, uma menina consegue esquivar da senhora Voorhees e acaba por decapitá-la com um machado, porém o menino Jason ressurge para vingar a morte de sua mãe e assim passa a ser esse homicida que assusta todos os jovens (principalmente os namoradores) da região do Crystal Lake.

Bom, voltando ao jogo, irei por aqui minhas observações cronologicamente:

  • O gameplay já começa com a mãe do Jason falando: “Eles estão aqui Jason, encontre-os, traga-os para a mamãe”
  • O lugar é aparentemente a região de “floresta” que existe próximo ao Crystal Lake
  • A jogabilidade parece ser a mais simples possível
  • Temos uma espécie de menu no canto inferior direito da tela, não consegui ver quais são todas as opções, mas entre elas existe o mapa do local e uma espécie de “visão noturna”
  • Nesse mapa nós podemos nos “teletransportar” de local em local, assim ficaria bem mais fácil dar aquele velho sustinho na nossa vítima
  • Ao que parece, a gente não tem muitas opções de escolha no hora de matar as pessoas, quando você segura o personagem pelo pescoço normalmente aparece uma “sombra” dos locais que vocês podem usar para matá-lo
  • O nível de sangue/gore é bem pouco, quase um GTA V, sem contar que o visual do sangue jorrando parece até um MK antigo.
  • Percebi que logo depois de matar alguém, a mãe dele fala frases de “efeito”, nessa cena quando o Jason mata a primeira menina, dá para ouvir um “Eles não pertencem aqui Jason, puna-os”
  • Existem casas e espécies de dormitórios no jogo, onde mais para frente irei falar sobre o esconderijo no caso de você jogar como uma das vítimas.
  • O Jason possui uma espécie de “sensor” que quando os personagens correm ou fazem barulho, aparece um sinal na tela como se fosse uma onda sonora e assim fica bem mais fácil de achá-los
  • Novamente após uma morte, a voz da senhora Voorhees fala: “hahahaha, esse é o meu garoto” e em seguida um “cace-os e faça eles pagarem”
  • Agora a história se inverte, no modo “vítima” você possui uma lanterna e no canto direito inferior da tela apenas um mini mapa simples
  • A jogabilidade me parece ser a mesma que com o Jason, achei que você jogando como vítima teria um acréscimo de velocidade mas não percebi isso
  • Você tem algo como um “sensor” de medo, quanto mais próximo o Jason estiver, a barrinha vai enchendo
  • Você tem a opção de se libertar quando o Jason te captura, assim você consegue ganhar mais tempo para correr
  • Existe uma certa interação com os objetos do cenário, você consegue trancar as portas, ligar o rádio, mudar a música
  • O genial é que você não precisa só correr pelo mapa fugindo, existem locais onde você pode se esconder, por exemplo, dentro do armário do dormitório, embaixo das camas…
  • Agora é assim, se você se esconder em um local e o Jason te achar, pode chorar porque pelo visto não existe escapatória.
  • Todas as cenas de mortes parecem cutscenes e isso ficou bem legal

Então, pelo jeito esse jogo será uma espécie de pega-pega macabro para jogar com seus amigos, desafiá-los ou coisas do tipo, sendo assim é realmente algo muito repetitivo e cansativo, sinceramente eu esperava muito mais quando o jogo foi confirmado, eu esperava algo com um modo história onde você pudesse conhecer mais o personagem, infelizmente não foi bem isso mas ainda estou afim de conferir esse tão esperado jogo.

Se você não viu o gameplay, você pode conferir aqui mesmo: