De acordo com o  The Hollywood Reporter, a Warner já está pensando em um futuro após o filme do esquadrão suicida, um spin-off da Arlequina.

Além de ser a estrela do filme, Robbie diz que está produzindo um filme ainda não titulado,  “Mas em uma reviravolta interessante, o projeto não é um filme solo da Harley” disse o THR. “Pelo contrário, ela iria incidir sobre vários dos heróis e vilões do sexo feminino da DC.”

Quem poderia fazer parte desse filme? Vários nomes vieram a tona, principalmente Batgirl e Aves de Rapina, mas ainda não tem tanta capacidade para algo assim.

Já existe um roteirista por trás desse projeto, mas ainda não temos um nome, só sabemos que é uma mulher.

E como isso tudo aconteceu? Algumas fontes dizem que Margot foi o impulso para isso acontecer, pois quando conseguiu o papel, ela mergulhou de cabeça nos quadrinhos para aprender o máximo possível da sua personagem. Ela trouxe uma ajuda para a escritora desenvolver o projeto e mostrá-lo para a Warner que abraçou a ideia.

23 anos atrás, Arlequina fez sua estréia em Batman: A série animada. A equipe criativa por trás do show, Paul Dini e Bruce Timm, criaram a ajudante feminina borbulhante e ultrajante do coringa. O mais engraçado é que eles só tinham planejado usá-la uma vez, mas ela imediatamente se tornou um sucesso e entrou para a história.

 

fonte: comicbook