Exatamente isso que você leu, The Witcher já foi levado para as telonas num filme que em inglês ganhou o nome de “The Hexer” (Wiedźmin em Polonês) e foi lançado em 2001. Fazendo uma micro resenha, o Geralt de Rívia é até um personagem bem caracterizado – com exceção dos olhos, que ficaram parecendo os de um demônio de Supernatural -, mas as lutas são horríveis e canastronas, dignas de uma Sessão da Tarde ou Cinema em Casa. Até mesmo os efeitos se assemelham mais a obras dos anos 70 que do século 21. Ainda bem tem a Yennifer pagando uns peitinhos numas cenas mais calientes pra dar uma aliviada, pois o filme é arrastado de ruim. O efeito daquele dragão e de outros bichos perdiam feio para o que foi feito em O Beijo do Vampiro, no ano seguinte. Deixo o trailer aqui com vocês e procurem o filme se quiserem perder 2 horas de suas vidas…

 

 

Tiago Amorim
Deus é top

Tiago Amorim

Responsável por não deixar a máquina do 1 Real a Hora parar. Ao invés de atacar de DJ nas baladinhas tops, ataco de escritor e tento finalizar um livro há éons de eras.
Tiago Amorim
Deus é top