Por Cris Serena


Não quero só beijos, abraços
e conversas fúteis jogadas ao ar.
Eu quero um olhar mais profundo,
descobrir o mundo e me fascinar.
Palavras são contraditórias, eu vejo na história,
quase sempre irreal.
Os atos não condizem com elas, é tudo balela,
 uma mentira afinal.
Os ouvidos, no amor são iludidos,
por pequenos bandidos que roubam a razão.
Os olhos não usam disfarce,
revelam o mais íntimo de um coração.
A leitura perfeita da alma,
só é completa com a contemplação
de olhos que assim se encontram
buscando no outro verdadeira visão.
Sem medo, a alma desnuda
seus sonhos perdidos por antiga dor
Apenas a sinceridade dos olhos
permite vislumbrar o amor.